Agosto 2013

Edição - 73
944740_10151611103492449_1663871864_n
  • Claudius
    yq0qy4c44c4yc4c
    EDITORIAL
    Ousar mais
    É preciso aproveitar a força das ruas, a brecha que ela cria para a negociação com as forças políticas. Há muito tempo que o[...]
    por: Silvio Caccia Bava
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • CASO SNOWDEN
    A história social das escutas telefônicas

    Ninguém se surpreendeu com a notícia de que Washington possui um poderoso sistema de espionagem, mas a revelação de sua amplitude por Edward Snowden criou um escândalo planetário. Nos Estados Unidos, a novidade foi recebida com apatia. Estão distantes os dias em que as escutas telefônicas provocavam a ira da população

    por: David Price
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • ENTREVISTA
    A institucionalidade participativa
    As mobilizações das últimas semanas evidenciaram as aspirações da população pela ampliação da democracia no Brasil. Para debater as institucionalidades participativas existentes, entrevistamos Anna[...]
    por: Francele Cocco
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • REFORMA POLÍTICA
    Uma nova oportunidade

    Essa é a oportunidade para promover uma reforma política que dê consistência programática e ideológica aos partidos, combata a corrupção, promova a equidade na disputa eleitoral, aproxime o eleito de seus representados e, facilite a participação popular direta no processo de formulação das políticas públicas

    por: Antônio Augusto de Queiroz
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • Claudius
    yq0qy4c44c4yc4c
    EDITORIAL
    Ousar mais
    É preciso aproveitar a força das ruas, a brecha que ela cria para a negociação com as forças políticas. Há muito tempo que o[...]
    por: Silvio Caccia Bava
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • REFORMA POLÍTICA
    O lugar da comunicação

    Há pelo menos quatro problemas graves no sistema comunicacional brasileiro: o quase monopólio na TV aberta, a concentração de poder em virtude do grande número de políticos que detêm concessões, a desigualdade no acesso à internet e as ameaças à liberdade na rede. Uma reforma teria de se concentrar pelo menos nos dois

    por: João Brant
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • O URBANISMO PRIVATISTA E O DIREITO À CIDADE
    A cidade como mercadoria

    A vida nas cidades se transformou numa mercadoria. O espaço público se fragmentou, se privatizou, a segregação se impôs. Bairro rico de um lado, com todos os tipos de serviços públicos disponíveis. Bairros pobres e favelas de outro, ocupações com habitações precárias autoconstruídas, sem esgoto e muitas vezes sem água

    por: Silvio Caccia Bava
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • ABORDAGEM ARTÍSTICA, ESTRATÉGIA EMPRESARIAL OU DESEJO DE CONTROLE
    Marketing sonoro invade as cidades

    “Escolha a música de fundo da sua estação!” O convite, lançado em maio pela companhia ferroviária da França, dissimula uma intenção menos aparente: os concertos de Mozart ou Chopin visavam afastar jovens e sem-teto. Ainda engatinhando, a modelagem do universo sonoro suscita uma série de iniciativas… e de questões

    por: Juliette Volcler
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • CIDADES REBELDES
    É a questão urbana, estúpido!

    A vida nas cidades brasileiras piorou muito a partir dos últimos anos da década passada. Considerando que a herança histórica já não era leve, o que aconteceu para torná-la pior?

    por: Ermínia Maricato
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • ESCOLA INSPIRADA NA PSICOLOGIA COMPORTAMENTAL
    A “nova” ciência econômica

    Por muito tempo, os economistas clássicos elaboraram modelos como se os humanos fossem máquinas de calcular. Falharam. Já a economia comportamental, baseada na psicologia, estuda nossas reações e decisões a fim de se antecipar. E nos influenciar

    por: Laura Raim
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • CASO SNOWDEN
    “Eu, presidente da Bolívia, sequestrado em um aeroporto europeu”

    A revelação, por Edward Snowden, do caráter tentacular da espionagem norte-americana não suscitou nada além de reações cautelosas dos dirigentes europeus, os quais, pelo contrário, não hesitaram em cercar o avião do presidente boliviano Evo Morales, suspeito de transportar o técnico em informática fugitivo

    por: Evo Morales
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • REFORMA POLÍTICA
    Como e o quê?

    Uma reforma que amplie as possibilidades e oportunidades de participação, e seja capaz de incluir e processar os projetos de transformação que sujeitos políticos historicamente excluídos dos espaços de poder trazem para o cenário político. Foi essa a principal lição que as manifestações de junho nos colocaram

    por: José Antonio Moroni
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • FIM DA IDADE DO OURO EM LIMA
    A especulação imobiliária e os pobres no Peru

    Em Lima, como em toda a América Latina, os esforços de planejamento urbano se resumem frequentemente à integração gradual de novos assentamentos espontâneos. Enquanto antes esse processo se organizava de modo a favorecer a emergência de verdadeiros bairros, atualmente ele não visa a nada além da especulação imobiliária

    por: Elizabeth Rush
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • EGITO
    O caminho da rua

    Primeiro, os EUA apoiaram a Irmandade; depois, mantiveram sua ajuda militar ao Cairo quando o presidente Morsi foi “deposto”.

    por: Serge Halimi
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • EGITO
    A revolução egípcia à sombra dos militares

    Golpe? Levante popular? Nova fase da revolução? Como classificar o movimento maciço contra Morsi e a destituição do primeiro presidente civil democraticamente eleito do Egito? Se a Irmandade Muçulmana carrega responsabilidade pelo fracasso, a sombra dos militares e do antigo regime se ergue por trás dos manifestantes

    por: Alain Gresh
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • ARTE E POLÍTICA
    Os cisnes do Cairo

    Criado segundo o modelo do Bolshoi graças à intensificação das relações entre o Egito e a União Soviética nos anos 1950, o balé da Ópera do Cairo luta para sobreviver e se adaptar a uma paisagem política movediça

    por: Mona Abouissa
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • MUTAÇÕES
    O silêncio e a prosa do mundo

    Ao relacionarmos silêncio e prosa, queremos, com isso, fazer o elogio da fala. É certo que a banalidade nos domina; mas é certo também que, sem a fala, seremos reduzidos a seres sem política, sem tolerância, sem poesia; em síntese, sem o humano

    por: Adauto Novaes
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • CHILE, 40 ANOS APÓS O GOLPE
    Mobilizações cidadãs em ano eleitoral

    Os estudantes voltaram às ruas em 2013: mais de 200 mil pessoas participaram da manifestação em 11 de abril em Santiago e em outras regiões, repetindo 2011. Nesses novos levantes, cresce a participação de trabalhadores e associações sociais

    por: Victor de la Fuente
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • CONTRA A AUSTERIDADE PERPÉTUA
    Sair do euro, mas como?

    “Na verdade, nós já saímos da zona do euro”, admitiu Nicos Anastasiades, presidente do Chipre, um país onde as notas já não têm o mesmo valor que na Grécia ou na Alemanha. A explosão da moeda única começou? Contra o cenário de caos, a ideia de uma saída do euro concertada e organizada trilha seu caminho

    por: Frédéric Lordon
    01/08/2013
    Leia Mais →
  • CURSO PARA REFUGIADOS
    Reeducação capitalista na Coreia do Sul

    Trata-se de uma passagem obrigatória para os norte-coreanos que, com a vida em perigo, conseguem chegar ao Sul: uma estadia de três meses no centro de recepção de Hanawon, concebido para lhes ensinar as regras que regem seu novo universo. Isso antes que eles deem seu grande salto para o mundo real…

    por: Martine Bulard
    01/08/2013
    Leia Mais →
EDIÇÕES ANTERIORES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *