Março 2010

Edição 32

R$14,90Comprar

O futuro das cidades

Para unir o urbano dividido

Cerca de um bilhão de pessoas vivem hoje em situação de extrema pobreza nas cidades. Para incluí-las, é preciso mais do que ampliar as suas capacidades de consumo. É necessário promover uma reconfiguração estrutural dos seus territórios, integrando as esferas políticas, econômicas, culturais e materiais da vida urbanaKazuo Nakano


O futuro das cidades

Saturação das metrópoles

A urbanização extensiva de regiões pobres e emergentes revolucionou os modos de ser e agir de grande parte da humanidade. Ao mesmo tempo origem e consequência das migrações que intensifica, ela cria novas estratificações sociais e acentua o movimento de transformação do ecossistema global pelo ser humanoPhilip S. Golub


O futuro das cidades

A luta por espaço

A chegada, aos bairros operários, de grupos sociais pertencentes às classes de maior poder aquisitivo é vista, com frequência, como uma invasão. Para a maior parte dos moradores afetados, essa mudança significa especulação financeira e imobiliária, o que acelera sua expulsão e substituição por cidadãos mais abastadosJean-Pierre Garnier


Cidades / Ásia

A (re)construção de Hanói

O Vietnã está em voga. Em 2008, os projetos imobiliários atraíram para o país mais de US$ 28 bilhões. Enquanto a demanda por habitação cresce de um lado, de outro os mega empreendimentos de construção bloqueiam o acesso à terra e provocam alta de preços dos imóveis, excluindo boa parte da populaçãoXavier Monthéard


Mobilidade urbana

Os motoboys no globo da morte

Guiada por lideranças sindicais emergentes, essa categoria atualiza sua força política no contexto da precarização no mundo do trabalho. É assim que os motoboys, usualmente donos dos corredores, tomam o asfalto e colocam a centralidade do emprego e do espaço como trunfo frente à ação das instâncias de poderRicardo Barbosa da Silva


Entrevista / Boaventura de Sousa Santos

Uma mudança nos rumos da esquerda

Para o sociólogo português Boaventura de Sousa Santos, algo está “diferente” na esquerda, em especial na latino-americana: “os movimentos estão reclamando a sua autonomia, suas agendas, e não passam o cheque em branco aos partidos”, analisa, ressaltando também a importância das organizações indígenas nesse novo cenárioVanessa Marx


Integração sul-americana

Novas configurações políticas

Nos países do Sul, muitas mudanças políticas recentes foram feitas com o propósito de promover a descolonização. Provavelmente, ainda estamos por conhecer uma nova estratégia conservadora de integração regional, que fará frente às iniciativas lançadas nestes últimos anosOscar Vega Camacho


Integração sul-americana

Saída regional para a crise

Um processo concreto de integração que tenha por fim reforçar as economias sul-americanas e promover maior bem-estar social não precisa se apoiar numa única ideologia. Quanto mais concretos os objetivos, mais fácil se torna a convergência de vontades dos líderes, sem que isso signifique renegar crenças individuaisJosé Carlos de Assis


8 de março

Até que todas as mulheres sejam livres

Em 2010, a Marcha Mundial de Mulheres realizará sua terceira ação internacional, que terá mobilizações em mais de 40 países em torno de quatro campos principais: trabalho das mulheres (por autonomia econômica); bem comum e serviços públicos; violência contra as mulheres; e por paz e desmilitarizaçãoMiriam Nobre


Haiti

Ajuda ou intervenção?

Sem cair num culturalismo caricatural e perigoso, é preciso “desocidentalizar” as intervenções externas em tragédias como o Haiti, evitando-se uma situação de monopólio e fugindo dos interesses das grandes potências, reafirmando, de maneira imperativa, o caráter não-governamental da ajudaPierre Micheletti