DESFILESCRACHO CORDÃO DA MENTIRA

O Primeiro de abril e o “País da Mentira”

O Cordão da Mentira se apresenta como um bloco carnavalesco de intervenção estética que, de modo bem humorado e radical, versa e canta sobre temas cruciais para uma real transformação da sociedade brasileira.

30 de março de 2017

Nó próximo sábado, primeiro de abril, o  Cordão da Mentira desfilará pelas ruas de São Paulo pelo sexto ano seguido . Com o tema, “O País da Mentira” os organizadores prometem  carnavalizar “as farsas de nosso cotidiano como a mentira da democracia, a mentira do país de todos, a mentira do Estado de direito, a mentira da meritocracia, a mentira da democracia racial, a mentira do pensamento livre, a mentira do país do futuro” . O evento terá início às 16 horas partindo do MASP

O que é?
O Cordão da Mentira se apresenta como um bloco carnavalesco de intervenção estética que, de modo bem humorado e radical, versa e canta sobre temas cruciais para uma real transformação da sociedade brasileira. Formado por sambistas, grupos de teatro, coletivos culturais e artísticos, militantes e movimentos sociais, o Cordão desfilou pela primeira vez em 2012 discutindo as heranças da ditadura em nosso cotidiano. Desde então vai para as ruas anualmente discutindo a violência de Estado e a opressão contra as classes populares no Brasil, sempre no dia 1 de abril, dia da Mentira, dia do golpe de 1964.

EVENTO: DESFILESCRACHO DO CORDÃO DA MENTIRA com o tema “O País da Mentira”
Data: 1/4/2017 – Horário: 16h

Página no Facebook: https://www.facebook.com/cordaodamentira

Evento no face: https://www.facebook.com/events/267034400389417/


EDIÇÕES ANTERIORES

2 Comments

  • O país não é livre e não existe democracia, já está na hora das comunicações alertar o “povo”. Executivo, Judiciário e Legislativo não são os três poderes, se fossem, estaríamos numa ditadura, eles representam a Empresa, Governo e o Trabalho. Porém, não existe independência entre os poderes, o trabalho é subordinado aos demais poderes. O governo jamais poderia fazer uma reforma trabalhista. A única maneira de separar os 3 poderes é isentando todas as empresas do pagamento dos tributos, tributar com base do consumo anual da pessoa física. Estamos sob o jugo de uma ditadura e corrupta. Nicolae Ceausescu. Não caiu a ficha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *