Últimas Publicações

Feliz ano velho

Jair Bolsonaro (PSL) assumirá a Presidência da República a partir de 1o de janeiro de 2019. Feliz ano velho: fantasmas antigos de um passado autori...

Que ano é hoje?

Alertas vermelhos dispararam ainda antes do impeachment da presidente Dilma Rousseff, em 2016. Turbulências depois, desembarcamos num 2019 com ares d...

‘Tem que mudar tudo isso que tá aí, tá ok?’

2018 foi marcado pelo resgate de termos como “fascismo” e “nazismo” no debate político brasileiro. À medida que os projetos das forças de e...

‘As instituições estão funcionando normalmente’

O futuro era outro. Em 2012, o Brasil ultrapassou o Reino Unido e se tornou a 6a maior economia do mundo, com estimativas para ser a 5a maior até 202...

‘Vote consciente!’

Um bom estudante de ensino médio saberia relacionar o termo coronelismo às aulas sobre a República Velha. Neste período do início do século 20, ...

Guilhotina #03 | Jessé Souza

Neste episódio, Luís Brasilino, Cristiano Navarro e Taís Ilhéu, da redação do Le Monde Diplomatique Brasil, e o jornalista convidado Igor Ojeda ...

Liberdade de imprensa ou liberdade de empresa?

Online | Brasil
Os dispositivos de comunicação, segundo Jesús Martin-Barbero, promovem coesão política e cultural. Para ele, existe uma complexa trama de mediaç...

Nova Constituição de Cuba

Online | Cuba
Cuba se prepara para aprovar uma nova Constituição que trará importantes novidades ao país, como mudanças importantes na estrutura do Estado, ent...

Da guerrilha na Alemanha às favelas brasileiras

Online | Alemanha
As memórias de Lutz Taufer, Atravessando fronteiras: da guerrilha urbana na Alemanha ao trabalho comunitário nas favelas brasileiras, constituem um ...

Por que os trabalhadores não percebem o ódio que Bolsonaro tem a eles

Online | Brasil
A imprensa, que vive através do conluio com o grande empresariado, jamais se posicionaria contrária às reformas trabalhistas e à venda do pré-sal...

João Grilo, os neoliberais e as contas públicas

Online | Brasil
João Grilo, sujeito desvalido de qualquer direito, pobre e arguto, no dia do seu traspassamento, afirma: “O senhor não repare não, mas de besta e...

Marx não tem culpa, mas não descansará em paz!

Online | Mundo
Dois mil e dezoito é um ano de intensas crises. Mais intensas do que as de 1818, ano em que nasceu Karl Marx, o Mouro. No entanto, é tão viva a lut...