NA EUROPA, MENOS CONSTITUIÇÃO, MAIS DEMOCRACIA

Quando a justiça dilui o eleitorado

A justiça da União Europeia tornou-se um novo terreno de confronto para empresas e governos, tendo como pano de fundo a construção do Mercado Comum. Desse modo, elaborou-se toda uma jurisprudência que contribui para deslegitimar a UE. Contudo, desde os anos 1970, a Corte Constitucional alemã detectou tal déficit democrático

por: Dieter Grimm
5 de julho de 2017
Crédito da Imagem: Daniel Kondo
Conteúdo apenas para Assinantes
Clique aqui para fazer o login como Assinante


Não é Assinante? Acesse nossa Loja e faça sua Assinatura hoje mesmo.

LEIA TAMBÉM...

EDIÇÕES ANTERIORES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *