ARTISTA DO MÊS: MARCO OLIVEIRA - Le Monde Diplomatique

ARTISTA DO MÊS: MARCO OLIVEIRA

Março 5, 2015
compartilhar
visualização

O entrevistado de março é o quadrinista Marco Oliveira, criador do blog Overdose Homeopática (www.overdosehomeopatica.com).

 

Há quanto tempo você faz quadrinhos? Como tudo começou?

Começou com um blog de humor, em que eu publicava textos, montagens, imagens da internet, e foi nele que comecei a criar alguns quadrinhos, ainda sem nenhuma experiência gráfica. Em 2009 criei o blog Overdose Homeopática, aí comecei a levar a sério.

 

Sempre pensou em ser quadrinista?

Sempre. Não queria ser astronauta nem jogador de futebol. Eu queria mesmo era fazer as tiras de jornal, mas, como não tinha jornal para publicar e muito menos internet, não levei adiante.

 

Quais são suas influências dentro do universo dos quadrinhos?

Os tiristas foram os que mais me influenciaram: Adão, Angeli, Fernando Gonsales, Laerte…

 

Você lê muito quadrinho? Qual foi o último que leu e gostou?

Não leio muito e, do que leio, quase tudo é nacional e independente. Compro alguns quadrinhos em feiras de que participo e alguns que acompanho pela internet. Gostaria de ler mais. O último que li foi Vida de prástico, do Ricardo Coimbra, absurdamente divino, como tudo o que ele produz.

 

Como é seu método de trabalho, sua rotina?

Tenho uns caderninhos com ideias, que anoto para não esquecer. De vez em quando dou umas folheadas e sempre tem uma que acaba dando certo para o momento. Mas não sigo nenhuma rotina. Sai tirinha quando consigo derrotar a preguiça.

 

O que você usa para desenhar?

Papel sulfite grosso, lápis, borracha e caneta nanquim. Raramente saio disso.

 

Em sua opinião, qual é a função do humor?

Mais do que fazer rir, o humor tem como função maior despertar a inteligência. O humor do Chaplin não é de causar gargalhadas, mas é dos mais geniais e consegue despertar algo nas pessoas.

 

Você tem algum projeto novo que possa contar?

Estou trabalhando no Mute, meu próximo livro de quadrinhos mudos e com um pouco de experimentação gráfica. Deve ficar pronto no meio do ano.



Artigos Relacionados


Edições Anteriores