Arquivos Angola - Le Monde Diplomatique

O mundo de Pepetela

“O Mayombe tinha aceitado os golpes dos machados, que nele abriram uma clareira. Clareira invisível do alto, dos aviões que esquadrinhavam a mata, tentando localizar nela a presença dos guerrilheiros”, diz as primeiras linhas do romance “Mayombe” publicado em 1980 e escolhido como o primeiro livro de um autor africano no vestibular da FUVEST. Escrito …

Metamorfoses da dívida africana

Na euforia das independências, conquistadas nos anos 1960, os países da África subsaariana quiseram romper com a divisão internacional do trabalho que lhes dava o papel de exportadores de matérias-primas e importadores de bens manufaturados. Eles se esforçaram para diversificar suas economias pela industrialização e ampliação de suas capacidades produtivas, mas se chocaram imediatamente com …

África, o futuro presente

(Imagem do filme Distrito 9, de Neil Blomkamp -2009) Longe dos radares midiáticos, um grupo de jovens artistas africanos, netos das independências, negros e brancos, conectados por alguns blogs e por um punhado de novas revistas pan-africanas, provoca uma revolução cultural no continente ao ocupar um território até então reservado às imaginações ocidentais, o da …

No ritmo do kuduro

(Show de kuduro da banda Psirico e do grupo Dog Murra durante o carnaval de Salvador, Bahia) Quando tem vontade de escutar sua cidade, Arlindo Barbeitos, de 71 anos, deixa seus livros, desce os andares de seu prédio velho onde o elevador já não funciona e passeia os ouvidos pelo bairro de Malanga, em Luanda. …

Angola socorre Portugal

Terceira maior economia da África subsaariana, logo atrás da África do Sul e Nigéria, Angola já se vê como um país emergente.1 Dotada de importantes reservas de hidrocarbonetos, às quais se acrescentam promissoras prospecções – prolongamento geológico das riquíssimas bacias brasileiras já em exploração –, o país é um dos maiores produtores africanos do ouro …

Petróleo, miséria e sonhos em Luanda

 “O maior símbolo da modernidade angolana está em construção.” É assim que as incorporadoras do país se referem à Torre Angola, que em breve dominará o horizonte de Luanda. Lançada em janeiro passado, terá a forma da letra “A” e será a mais alta do continente africano, com 380 metros. São setenta andares, que abrigarão …

O petróleo da reconstrução

“O maior símbolo da modernidade angolana está em construção”. É assim que as incorporadoras do país se referem à Torre Angola, que em breve dominará o horizonte de Luanda. Lançada em janeiro passado, terá a forma da letra “A” e será a mais alta do continente africano, com 380 metros. São 70 andares que abrigarão …