Arquivos diversidade - Le Monde Diplomatique

O novo sempre vem

Em 1975, um grupo de mulheres organizou um evento na Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no Rio de Janeiro, sobre a situação das mulheres no Brasil. Foram mais de quatrocentas participantes, num movimento que deu início ao Centro da Mulher Brasileira (CMB), primeira organização feminista no país. Mais de quatro décadas depois, ocupamos o mesmo …

Disputas pelo poder político causam aumento da violência contra os povos indígenas

O Relatório Violência Contra os Povos Indígenas no Brasil relativo ao ano de 2016 abordará, com ênfase, os impactos de dois momentos da política indigenista, tendo em vista que o Estado foi administrado por governantes com perspectivas diferentes no que tange aos direitos constitucionais das comunidades. O governo da presidenta Dilma priorizava, em sua política, …

Novo massacre indígena no Maranhão

Os buracos de bala são as testemunhas na silenciosa e bucólica paisagem de um sítio na Baixada do Maranhão. Estão em troncos de árvores, nas paredes externas da casa. Traçam o caminho realizado por cerca de trinta indígenas do povo gamela, que haviam ocupado o local horas antes, recuando diante do avanço de 250 indivíduos, …

Mobilizados pela sobrevivência

Um Projeto de Decreto Legislativo (PDL) voltou a tramitar na Câmara Federal. Entre os mais de 100 envolvendo a questão indígena, a matéria em destaque pretende sustar a demarcação da Terra Indígena (TI) Taego Ãwa, do povo Avá-Canoeiro do Araguaia (TO). A Portaria Declaratória do Ministério da Justiça, publicada em 11 de maio de 2016, …

A conjuntura política brasileira, as terras e as vidas dos índios

Estes são tempos de vertigem. Desde que Michel Temer assumiu a Presidência, sucessivos eventos têm apontado para o recrudescimento da ofensiva contra os povos indígenas e para um retrocesso sem precedentes na garantia dos direitos territoriais desses povos. A aliança entre Temer e a bancada ruralista, selada assim que se consolidou o impeachment de Dilma …

Onde estamos e para onde vamos?

    além do que foi possível escrever na Constituição Federal de 1988, assegurando inúmeros dispositivos de garantia de acesso aos direitos e serviços públicos universais, o povo brasileiro, em qualquer lugar do país, sabe e conhece o que são serviços públicos, onde eles estão, como se apresentam e o que podem significar na vida …

O continente desconhecido da esquerda

Em 20 de junho de 2013, no Rio de Janeiro, muitos gritavam “sem partido” e “sem vandalismo” na avenida. Quando, no final da marcha, a aglomeração começou a aumentar na frente da prefeitura, as barreiras policiais se abateram sobre a manifestação, com chuva de balas de borracha, cortinas de gás lacrimogêneo, explosões e muita violência. …

O laisser-faire é libertário?

Um é um filósofo que ganhou status de referência na contestação antiprodutivista. O outro, um acadêmico de menos de 30 anos que comanda um seminário na École Normale Supérieure. Certamente brilhantes, seus respectivos trabalhos parecem abranger os dois polos entre os quais tateia a esquerda francesa. Jean-Claude Michéa e Geoffroy Lagasnerie discordam sobre quase tudo. …

É tudo tão comum!

(Celebração da Fundación Comunidad de Productores em Artes – Compa – em El Alto, Bolívia) “Uma notícia está chegando lá do exterior / Não deu no rádio, no jornal ou na televisão” Em minhas centenas de viagens aos pontos de cultura pelo interior do país, sempre cantarolava a música “Notícias do Brasil”, de Milton Nascimento …

Marchas e contramarchas diante da arbitrariedade governamental

(Protesto contra a construção de uma estrada no Parque Indígena Isiboro Sécure, realizado em 25 de abril de 2012, na capital La Paz) No fim de 2011, o governo boliviano enfrentou uma de suas piores crises ao insistir em construir uma estrada amazônica que não conta com os pré-requisitos técnicos, ambientais e sociais estabelecidos pela …