Arquivos RIO+20 - Le Monde Diplomatique

Democracia, Princípio 10 e Sustentabilidade

Um novo impulso à democracia ambiental poderá  acontecer  a partir  da construção de um acordo entre os países da América Latina e do Caribe sobre os direitos à participação, à informação e à justiça em questões ambientais . O Brasil sediará, pela primeira vez, na próxima semana uma rodada oficial de negociações deste acordo, que …

Todos sabem como bloquear, mas ninguém quer liderar

O acordo final alcançado pelos governos na Rio+20 foi definido de forma quase unânime como bastante desapontador, um enorme fracasso ou simplesmente uma perda de tempo. Um documento órfão de visão e deficiente de ações. O documento não refletiu um ponto de vista comum sobre o que é desenvolvimento sustentável; não incluiu novas convenções ou …

Os desafios da “razão ambiental”

A questão ambiental está hoje polarizada entre duas posições: o adesismo verde ao capitalismo privado, que lança mão da ideologia da responsabilidade social corporativa e expressa o ponto de vista do capital, e uma abordagem com base na noção de justiça ambiental, que se estrutura na defesa dos direitos sociais e ambientais dos grupos que …

A biodiversidade do Equador nas mãos da solidariedade internacional

(Homem utiliza caixa de isopor para pescar no Parque Yasuní) Em junho de 2007, o presidente equatoriano Rafael Correa, eleito alguns meses antes, anunciou o lançamento de um procedimento qualificado como “revolucionário”: o projeto Yasuní-ITT. Este previa que o Equador renunciaria à exploração petroleira no coração do parque natural de Yasuní – onde já havia …

Lições fundamentais para fazer a diferença

Estamos a quase uma geração da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (Rio-92), realizada em 1992, e o mundo hoje está bem diferente. Ganhamos mais de 1,5 bilhão de novos habitantes. A maioria de nós agora vive em áreas urbanas. Assistimos à rápida globalização da economia, às ondas maciças de …

A “cidade olímpica” e sua [in]sustentabilidade

As políticas urbanas neoliberais, que conhecemos no Brasil há cerca de duas décadas, vêm sendo formuladas no âmbito de uma economia simbólica que afirma visões de mundo, noções e imagens, as quais acompanham as ações de reestruturação urbana. Operações para reconversão de territórios e megaequipamentos culturais ou esportivos são acionados para soldar as forças sociais …