Arquivos Rússia - Le Monde Diplomatique

Como o Russiagate cega os democratas

Os bombardeios franco-americano-britânicos na Síria, na sequência do envenenamento de um ex-espião russo e de sua filha no Reino Unido, mergulharam as relações entre a Rússia e o Ocidente em abismos inéditos. No entanto, alguns, pouco sensíveis a essas tensões, chegam a ver nisso razões para ter esperanças, a começar pelo New York Times. Comentando …

O que os russos querem no Oriente Médio?

A intervenção militar da Rússia na Síria em 2015 era facilmente dedutível. Durante o primeiro ano do conflito (2011-2012), o Kremlin acreditava que o regime de Bashar al-Assad conseguiria superar a tempestade, desde que estivesse protegido contra ingerências externas. Essa ilusão se dissipou à medida que os confrontos se agravaram. Moscou tentou então tomar providências …

Autorização para matar

A polícia estima que a investigação vai levar “vários meses”, mas a primeira-ministra britânica, Theresa May, já identificou o culpado: a ordem para matar Sergei Skripal teria vindo do Kremlin. Para o ministro das Relações Exteriores, Boris Johnson, o “comportamento perigoso do presidente Vladimir Putin” constitui de fato a “linha vermelha” que liga a tentativa …

Quando a revolução hesita

Para os historiadores de direita, ávidos por desqualificar a própria ideia de revolução, o verme estava no fruto: “A repressão de massa não foi um acidente nem uma resposta a uma situação difícil, mas um componente do projeto leninista”, afirma Dominique Colas.1 Seus colegas de esquerda, ao contrário, enfatizam as circunstâncias que levaram os bolcheviques …

Stálin e Hitler: irmãos gêmeos ou inimigos mortais?

Acontecimentos históricos e categorias teóricas   Na atualidade, com base na categoria de “totalitarismo” (a ditadura terrorista do partido único e o culto ao líder), Stálin e Hitler são considerados as máximas encarnações desse flagelo, dois monstros com características tão semelhantes a ponto de parecer gêmeos. Não por acaso – argumenta-se –, ambos se uniram …

Um trunfo geopolítico para a Rússia

O presidente chinês, Xi Jinping, pode se congratular pelo sucesso do primeiro fórum destinado ao projeto das novas rotas da seda, aberto no dia 14 de maio de 2017 em Pequim. Fora a Índia, que boicotou o evento por se opor à construção de uma autoestrada no Planalto de Doklam (em chinês, Donglang), disputado pelo …

Anos loucos

A seus olhos a tempestade passou, a eleição de Donald Trump e o Brexit estão quase conjurados. A ampla vitória de Emmanuel Macron entusiasmou os meios dirigentes da União Europeia, e um de seus colunistas juramentados ronronou inclusive que se trataria da “primeira interrupção decisiva da onda populista”.1 Aproveitar o momento para fazer ser aprovada …

O Estado profundo

Quando um chefe de Estado errático e desinteressado em aprender qualquer coisa que ele ignore comanda o mais poderoso Exército do mundo, todos ficam em alerta. Mas, quando Donald Trump ordenou que seus generais bombardeassem a Síria e se envolvessem em exercícios navais na Ásia, ele foi ovacionado pelos parlamentares norte-americanos, republicanos e democratas, bem …

A reunificação das Coreias é possível?

Monumento pela reunificação das Coreias em Pyongyang Comoventes reencontros entre coreanos do Norte e do Sul na famosa estação do Monte Kumgang, na República Popular Democrática da Coreia (RPDC – Norte). Mistura de lágrimas e sorrisos: homens e mulheres, às vezes bastante idosos, puderam rever um irmão, uma irmã, a mãe, o pai, um filho ou …

Democracia na China, só quando o povo amadurecer…

De um lado, os “democratas”, defensores de um governo pelo povo e para o povo; do outro, os “autoritários”, partidários da ditadura do partido único: essa é a paisagem política chinesa desenhada pela maior parte dos meios de comunicação ocidentais. Na realidade, os dois campos não se mostram tão distantes. Tanto os primeiros como os …