Arquivos Síria - Le Monde Diplomatique

O que os russos querem no Oriente Médio?

A intervenção militar da Rússia na Síria em 2015 era facilmente dedutível. Durante o primeiro ano do conflito (2011-2012), o Kremlin acreditava que o regime de Bashar al-Assad conseguiria superar a tempestade, desde que estivesse protegido contra ingerências externas. Essa ilusão se dissipou à medida que os confrontos se agravaram. Moscou tentou então tomar providências …

A guarda pan-arábica de Al-Assad

Desde maio de 2013, a Guarda Nacionalista Árabe (GNA) mobiliza centenas e centenas de voluntários oriundos do Magreb e do Oriente Médio em apoio às Forças Armadas sírias. O número exato dessa corporação é mantido em segredo, mas Bassel al-Kharet, seu representante em Alepo, reconhecia em fevereiro de 2017 a morte de 150 “mártires” nacionalistas …

Árabes na América Latina

Manifestante contra a guerra na Síria sobre a faixa de pedestre na Avenida Paulista O libanês de origem Michel Temer torna-se presidente do Brasil.” Em 1º de setembro de 2016, a manchete do An-Nahar, jornal conservador de Beirute, não fez a menor alusão a Dilma Rousseff, obrigada a ceder seu lugar àquele que até então …

O Estado profundo

Quando um chefe de Estado errático e desinteressado em aprender qualquer coisa que ele ignore comanda o mais poderoso Exército do mundo, todos ficam em alerta. Mas, quando Donald Trump ordenou que seus generais bombardeassem a Síria e se envolvessem em exercícios navais na Ásia, ele foi ovacionado pelos parlamentares norte-americanos, republicanos e democratas, bem …

Chuva de críticas sobre os capacetes azuis

Para muitos, a ONU são as operações de manutenção da paz (OMPs). Elas envolvem mais de 128 mil civis e funcionários uniformizados (policiais, militares e guardas) em 39 missões em quatro continentes. A tarefa se revela tão ampla quanto ingrata. As críticas são acerbadas e os erros, em particular quando se trata de abusos sexuais …

Moscou entra na decisiva batalha por Alepo

O principal objetivo da intervenção russa em setembro de 2015 foi rapidamente atingido: impedir uma derrota militar do regime sírio, que vinha perdendo terreno havia meses.1 A implicação de forças aéreas russas também tornou impossível a interdição de sobrevoo no território sírio. Em 2013, a diplomacia russa já havia evitado qualquer pretexto para uma intervenção …

O quebra-cabeça norte-americano em Mossul

O Iraque só vai renascer quando Mossul for libertada. Devemos nos apressar para atingir esse objetivo.” Assim falava o primeiro-ministro Haidar al-Abadi em setembro de 2014, após ter obtido o voto de confiança do Parlamento iraquiano para formar um governo de unidade visando desmontar a Organização do Estado Islâmico (OEI). De adiamento em adiamento, seria …

Ecologia ou barbárie

Em 6 de janeiro de 2014, os cantões do Rojava, no Curdistão sírio, federaram-se em comunidades autônomas. Eles adotaram um contrato social que estabelece democracia direta e gestão igualitária dos recursos com base em assembleias populares. Foi ao ler a obra política de Murray Bookchin e trocando ideias com ele em sua cela turca, onde …

Hezbollah, senhor do jogo libanês

Em cada rua de Dahiyeh, subúrbio ao sul de Beirute, e ao longo das estradas da Planície do Bekaa, no leste do país, os retratos de combatentes mortos na Síria agora fazem parte da paisagem. O Hezbollah paga um pesado tributo por seu envolvimento no conflito sírio. Atrás do balcão da pequena loja onde trabalha …

No Magreb, um apoio vigoroso a Bashar al-Assad

  Túnis, quarta-feira, 2 de março. Reunidos graças ao patrocínio do presidente Beji Caid Essebsi, os ministros do Interior da Liga Árabe1 ratificaram um texto que condena as “práticas e atos terroristas” do Hezbollah, acusado de pretender “desestabilizar alguns países árabes”. Esse questionamento frontal resultou de uma intensa pressão dos representantes das seis monarquias do …