Guilhotina #133 — Dennis de Oliveira - Le Monde Diplomatique

Guilhotina

Guilhotina #133 — Dennis de Oliveira

Guilhotina | Brasil
9 de setembro de 2021
compartilhar
visualização

Bianca Pyl e Luís Brasilino recebem o jornalista Dennis de Oliveira, autor do livro “Racismo estrutural: uma perspectiva histórico-crítica”, lançado em junho pela editora Dandara. A obra analisa o racismo enquanto fenômeno político, portanto, para além de comportamentos preconceitos, desvios morais ou ainda “falta de educação”. Dennis explica como o racismo articula-se histórica e socialmente nas relações capitalistas a partir da formação do Brasil na periferia global. Ouça nessa postagem ou em seu tocador favorito!

Bianca Pyl e Luís Brasilino recebem o jornalista Dennis de Oliveira, autor do livro “Racismo estrutural: uma perspectiva histórico-crítica”, lançado em junho pela editora Dandara. A obra analisa o racismo enquanto fenômeno político, portanto, para além de comportamentos preconceitos, desvios morais ou ainda “falta de educação”. Dennis explica como o racismo articula-se histórica e socialmente nas relações capitalistas a partir da formação do Brasil na periferia global. Conversamos sobre os problemas de se procurar soluções conjunturais questões estruturais, o papel do neoliberalismo em impulsionar o racismo enquanto dimensão individual, as consequências da subalternização da questão racial pela esquerda, teoria marxista da dependência e a função do racismo na superexploração do trabalho em economias periféricas, as armadilhas deixadas pelas ações afirmativas e muito mais! Dennis é professor da Escola de Comunicações e Artes da USP, coordenador científico do Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação e pesquisador do Instituto de Estudos Avançados da USP; e do GT “Epistemologias decoloniais, territorialidades y cultura” do Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (Clacso). Ele também é professor visitante da Universidad Minuto de Dios, de Bogotá, e da Faculdad Latino-Americana de Ciencias Sociales, de Buenos Aires, integrante da Cátedra da Universidade Central do Vaticano e autor, entre outros, do livro “Jornalismo e emancipação: uma prática jornalística baseada em Paulo Freire” (Appris, 2017) e organizador da coletânea “A luta contra o racismo no Brasil” (Publisher, 2017).

Ouça em seu player de preferência ou dê o play:

*Trilha: Orquestra de Berimbaus do Morro do Querosene, “Toque de mestre”; e Elena Guarner, Ras Soto e Renato Gama, “Aquilombar” (Renato Gama).

 



Artigos Relacionados

Eleições 2022: a mídia como palanque

Internet abre espaço para a diversidade de perfis, mas impulsiona velhas práticas

Online | Brasil
por Tâmara Terso
A CRISE DA CULTURA

Lei Aldir Blanc: reflexões sobre as contradições

por Rodrigo Juste Duarte, com colaboração de pesquisadores da rede do Observatório da Cultura do Brasil
AMÉRICA DO SUL

A “nova onda rosa”: um recomeço mais desafiador

Online | América Latina
por Cairo Junqueira e Lívia Milani
CORRUPÇÃO BOLSONARISTA

Onde está o governo sem corrupção de Bolsonaro?

Online | Brasil
por Samantha Prado
CONGRESSO NACIONAL

Financiamento de campanhas por infratores ambientais na Amazônia Legal

Online | Brasil
por Adriana Erthal Abdenur e Renata Albuquerque Ribeiro
EDITORIAL

Só existe um futuro para o Brasil, e ele passa pela eleição de Lula neste domingo

Online | Brasil
por Le Monde Diplomatique Brasil
UMA ENCRUZILHADA SE APROXIMA

Os militares e a última palavra da legitimidade das urnas

Online | Brasil
por Julia Almeida Vasconcelos da Silva
ELEIÇÕES 2022

Voto útil: o chamado ao primeiro turno em 2022

Online | Brasil
por Luísa Leite e Alexsandra Cavalcanti