Agadèz, o muro anti-imigração da Europa

Um suave torpor envolve a rodoviária de Agadèz nesta manhã de quarta-feira. A estação quente se aproxima. No amanhecer, um véu de poeira caiu sobre a cidade. Mas não é a meteorologia que explica a escassez de viajantes. “Não há mais viajantes há muito tempo”, lamenta um atendente. “As pessoas que vão para o norte …

“A qualidade do alimento orgânico é igual ao alimento convencional”

Não é. E para mostrar isso é possível analisar, pelo menos, quatro aspectos. O mais impactante é a toxicidade. Orgânicos são isentos não só de agrotóxicos, mas também de fertilizantes químicos sintéticos, sementes transgênicas, drogas veterinárias e, se forem industrializados, não têm aditivos químicos sintéticos (corantes, aromatizantes, conservantes, emulsificantes etc), e não sofrem irradiação. O …

Manifesto Comunista em quadrinhos

Manifest der Kommunistischen Partei (Manifesto do Partido Comunista) foi encomendado a Karl Marx como uma declaração de princípios pelo grupo socialista Liga dos Justos, em junho de 1847, sem nenhuma expectativa do que seria seu significado para humanidade. Peça fundamental na estruturação do pensamento marxista e sua crítica ao capitalismo, o curto documento, assinado por Marx …

Venenos na agricultura: quem ganha com isso e como diminuir?

Ganha quem tem interesses financeiros em manter o agronegócio e a produção de patentes e insumos agropecuários. Em 2018, a campanha em defesa da lei pró-agrotóxicos, apoiada no Brasil pela bancada ruralista e pela frente parlamentar agropecuária – a mais coesa e representativa do Congresso, com 44% de deputados e 33% de senadores no momento …

“O agronegócio é que produz comida”

O agronegócio produz commodities, PIB, promove exportação e cria laços mercadológicos. É, enfim, uma dinâmica de caráter econômico; não produz comida (e saúde ao mesmo tempo) e muito menos segurança e soberania alimentar. No Brasil, são os agricultores familiares e campesinos, indígenas, quilombolas, ribeirinhos, neorruralistas, extrativistas, agrofloresteiros, pescadores e os integrantes dos movimentos sem terra …

“Alimento orgânico é uma questão de esquerda e é inacessível para a maior parte da população”

Temos aqui um incômodo paradoxo. Entre 1964 e 1991 (época que incluiu a ditadura militar), o consumo de agrotóxicos no país aumentou 276,2%, frente a um aumento de 76% na área plantada. No período entre 1991 e 2000 (governos de Fernando Collor, Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso), observamos um aumento de quase 400% no …

Sobre o espólio do mal: o nazismo é de esquerda?

Duas estratégias para lidar com o legado do nazismo têm ganho corpo na extrema direita. Ambas são calcadas num revisionismo histórico e acalentam o relativismo, mas se orientam por caminhos distintos. A primeira estratégia é simplesmente negar o que torna a experiência do nazismo, segundo Arendt, o mal radical, a saber: o holocausto. Relativiza-se, neste …

Sob as Leis do não-índio

É sabido, pela experiência histórica, que grandes e profundas guinadas políticas pelas quais passam as sociedades contemporâneas são refletidas, quase que de imediato, na estruturação jurídica disciplinadora das aventadas sociedades. Ora como veículos restritivos de direitos; ora como vias ampliativas das garantias humanas fundamentais e inclusivas de populações vulnerabilizadas e marginalizadas, tanto na esfera dos …

Ditadura militar e Bolsonarismo: política doméstica e relações internacionais

A eleição de Jair Bolsonaro, potencializada pela difusão de fake news por meio de mídias sociais, redefiniu o pacto político da Nova República (1985-1989) e sucumbiu a polarização política entre PT e PSDB, vigente em seis eleições presidenciais. Foi sufragado nas urnas um projeto de poder fortemente conservador nos costumes, radicalmente liberal na economia e …

Os educadores – Bolsonaro, 100 dias

Dois eixos de disputa organizam o debate sobre a educação no Brasil. O primeiro se refere ao caráter público ou privado do ensino. Nas últimas décadas, o mercado da educação no país cresceu e se internacionalizou, aumentando as pressões dos interesses privatistas. Reforçou-se o discurso de desqualificação do ensino público, por meio de rankings descontextualizados …

Os cientistas – Bolsonaro,100 dias

Nos últimos anos, os orçamentos destinados à ciência e à tecnologia pelo governo federal foram drasticamente reduzidos. Uma expressão cristalina desta assertiva é que o orçamento de 2019 para C&T equivale, se corrigido pela inflação, à metade do executado em 2013. Ora, não há desenvolvimento possível sem recursos. É enganoso, portanto, certo discurso de matiz …

As políticas culturais – Bolsonaro, 100 dias

Para compreender o significado do fim do Ministério da Cultura (MinC) é importante voltar ao início, às origens da Nova República. A criação do MinC ocorreu em 1985 logo após a retomada da democracia no País, o que parecia sinalizar novos tempos para a delicada relação entre Estado e cultura. O passo seguinte foi consagrar …

Livro: Paixão e Razão

livropaixaoerazao

Revoltas na periferia da Europa

A Sérvia está oferecendo a si mesma uma nova primavera no inverno. Como em 1996-1997, quando dezenas de milhares de cidadãos protestaram contra o regime de Slobodan Milošević, os cortejos serpenteiam pelas ruas de Belgrado todos os sábados. Surgido em 8 de dezembro de 2018, o protesto contra a política autoritária e antissocial do presidente …

Chegar ao fundo do poço… e continuar cavando?

“O pior ainda não aconteceu a ponto de podermos dizer: isto é o pior.” Nos dias que correm, a diplomacia francesa lembra esse verso de Rei Lear. No fim do quinquênio de François Hollande, acreditávamos ter chegado ao fundo do poço;1 alguns previam mesmo um arroubo de orgulho. Afinal, como os Estados Unidos exibiam seu …

Quão obscurantista é o emplasto filosófico de Olavo de Carvalho?

Dimitrius Dantas, do jornal O Globo, convidou a mim e a dois colegas, Maria de Lourdes Borges, da UFSC, e Maurício Keinert, da USP, para assistirmos a uma das aulas de Olavo de Carvalho e darmos nossa opinião. A matéria, publicada no dia 10 de Fevereiro, ficou interessante e gerou alguma polêmica[1], chegando até mesmo …

Pulp fiction: tempos de Bolsonaro

Pulp: revista ou livro sensacionalista, que é geralmente publicado e impresso em material de segunda classe. Nada melhor para falar do governo Bolsonaro e de seus personagens do que o termo pulp. Na película de Quentin Tarantino, dois gângsteres estão indo recuperar uma maleta de um sócio que contrariou o chefe do grupo. Enquanto Jules …

Brasil: o desenvolvimento interditado

O reconhecimento da importância da atividade de pesquisa e desenvolvimento (P&D) e da inovação para o desenvolvimento é um dos raros consensos em economia. Embora haja discordância a respeito dos fatores que determinam o nível de P&D em cada país, há evidências robustas a respeito do impacto positivo da intensidade de pesquisa (P&D em relação …

Sobre Damares Alves, o bode expiatório de Bolsonaro

A ideologia machista e misógina, que o movimento feminista e o público mais consciente vêm combatendo ao longo da história, foi elevada ao patamar de bandeira na gestão do presidente Jair Bolsonaro.  Seu ministério tem apenas três mulheres. Uma delas, a ministra Damares Alves, tornou-se o bode expiatório do Planalto, a mais achincalhada entre todos …

MISCELÂNEA

<LIVROS>   SUPER-HOMEM E O ROMANTISMO DE AÇO Rogério de Campos, Veneta Em 2018, o Super-Homem completou 80 repetitivos anos como o famoso valentão de cueca por cima das calças que está sempre disposto a restabelecer a ordem entre os terráqueos, descendo a porrada em criminosos e inimigos da liberdade. Lançado de maneira despretensiosa pela …

Chile e Argentina selam pacto contra o novo “inimigo interno”

No último dia 21 de dezembro foi condenado a nove anos e um dia de prisão o líder mapuche Facundo Jones Huala, julgado na província de Valdívia, Chile. O lonko (cabeça) Jones Huala não é, porém, mais um preso político mapuche. Extraditado pelo governo argentino depois de uma série de arremetidas repressivas no território mapuche …

COP24: Os povos indígenas em um apelo global

Katowice, Polônia – Diante dos retrocessos na área ambiental e de direitos humanos no Brasil anunciados pelo novo governo, a delegação indígena do Brasil e parceiros da sociedade civil foram à 24ª Conferência Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP24), que terminou no último fim de semana, para alertar sobre os riscos à conservação …

Guilhotina #03 | Jessé Souza

Neste episódio, Luís Brasilino, Cristiano Navarro e Taís Ilhéu, da redação do Le Monde Diplomatique Brasil, e o jornalista convidado Igor Ojeda conversam com o sociólogo Jessé Souza, ex-presidente do Ipea e professor titular de sociologia da Universidade Federal do ABC. Jessé é autor de mais de 20 livros, entre os quais “A classe média …

Nova Constituição de Cuba

Cuba se prepara para aprovar uma nova Constituição que trará importantes novidades ao país, como mudanças importantes na estrutura do Estado, entre as quais maior autonomia aos municípios, novas formas de economia mista e o reconhecimento da união homoafetiva. A atual Constituição foi aprovada em 1976 e revela forte influência das Cartas Magnas dos países …

A democracia do amor

Li em algum lugar que o amor é o teatro dos ricos e o circo dos pobres. Em verdade, não sei se eu li, ou se vi em uma dessas séries de TV por assinatura. Certo é que tenho pensado nisso e me intriga o fato do amor da classe média não ter sido inscrito …

Mídia, Justiça e empresários do Brasil, uma fábrica de demagogos

Com a mão no peito, a mídia, a Justiça e os empresários brasileiros lamentam o tamanho da corrupção. Há três anos, eles a transformaram no principal problema do país. Sua preocupação é tamanha que, em 2016, reuniram suas forças – sem se preocupar com vozes dissonantes – para sustentar a medida mais drástica que se …

A cultura sobrevive!

Ser artista no Brasil raramente é uma escolha. Na maioria das vezes é uma vocação. Mesmo com todas as dificuldades que o meio cultural enfrenta, os artistas persistem. Ensaiam dia e noite, dão aula no dia seguinte, se aventuram na iluminação, escrevem, dirigem espetáculos. Apresentam-se no palco, nas salas, nas ruas. Onde houver público. Se …

O que resta da democracia: Ampliação da justiça militar e a impunidade no Brasil.

Na ultima semana, a rejeição do habeas corpus e a posterior prisão de Lula da Silva tomaram o cenário politico e todas as capas de jornais, nacionais e internacionais. Mas no mesmo dia da decisão do Supremo Tribunal Federal sobre o HC, um evento importantíssimo foi deixado de lado pela mídia e precisamos falar dele. …

Brasil é vice-líder mundial em reestatização da água

Poucas pessoas sabem, mas o Brasil é vice-líder em reestatização de água e saneamento no mundo, com 78 casos confirmados, ante 106 na França, o país campeão, segundo balanço do Transnational Institut (TNI). São 77 municípios do Tocantins e mais Itu, no estado de São Paulo. O motivo é recorrente: baixos investimentos e insatisfação com …

“A intervenção é uma farsa, assim como a UPP”

“Quantos são?”, pergunta Carolina de Oliveira Lourenço, em alusão ao número de jornalistas que estão do lado de fora, antes de abrir o portão, em uma rua pacata no bairro de São Francisco, em Niterói, no Rio de Janeiro. “Três”, responde seu empresário, que rapidamente volta ao celular para continuar a negociação que envolve uma …

A intervenção civil-militar e o cerco à democracia

A quarta-feira de cinzas para a democracia foi de chumbo. Voltamos do Carnaval com uma intervenção federal no comando da segurança pública do Rio de Janeiro. Entregue ao General do Comando Militar do Leste, Walter Souza Braga Netto, as Forças Armadas assumem, de forma temporária, a segurança interna do estado com poder de governo. Basta …

Criminalização da política e criminalidade violenta

O avanço exponencial da criminalidade violenta, que se verifica no país desde 2017, guarda relação com o processo de criminalização da política. Se esta não chega a ser uma hipótese original, a reflexão sobre o nexo entre os dois fenômenos ainda está por ser feita, e na verdade é tarefa urgente, diante do risco da …

As cidades serão o palco da renovação política no Brasil

Desde as jornadas de junho de 2013, o Brasil passa por um momento de ebulição de um sem-número de grupos, coletivos e movimentos da sociedade civil que buscam mobilizar esforços em torno de uma agenda chamada de “renovação política”. A exemplo do que acontece em outros países da América Latina e da Europa, os novos …

Parque Bixiga, patrimônio de São Paulo

No jornal O Estado De São Paulo de 05/12/17, Gabriel Rostey sugere uma boa discussão sobre o imbróglio acerca dos terrenos pertencentes hoje ao Grupo Silvio Santos (SS) no histórico Bairro do Bexiga, propondo o impasse como oportunidade de discussão sobre o desenvolvimento da cidade e não uma simples “briga de comadres”, entre Silvio Santos …

Entrevista com Manuela d’Ávila

Ouça: http://trepamuleke.com/podcast/drops-trepa-4-entrevista-com-manuela-davila/ Nesta edição do podcast Trepa Muleke você ouve uma entrevista exclusiva com Manuela D’Ávila, pré-candidata pelo PCdoB – Partido Comunista do Brasil à presidência do Brasil. Entre os assuntos em pauta: neutralidade de rede, tecnologia, desenvolvimento nacional, retirada de direitos sociais, golpe e suas consequência. A conversa foi realizada no último sábado na …

E agora?

Com a condenação de Lula fica cada vez mais evidente a falência das instituições democráticas. A politização do Judiciário transformou-o num poderoso instrumento de perseguição política. Os demais poderes da República se alinham e se calam, em cumplicidade de classe social. O que vai acontecer com o Brasil, agora que nossa democracia foi suspensa, que …

Último dia do nosso crowdfunding

No último dia  da nossa campanha de financiamento coletivo aproveite nossas promoções, recompensas especiais e super limitadas. Para alcançar nossa meta, contamos com a parceria da editora Veneta e a solidariedade de artistas gráficos que assinam as ilustrações que marcaram os dez anos do Le Monde Diplomatique Brasil. As recompensas gráficas são quatro reproduções impressas …

Uma fábrica do consentimento

O Estado francês planeja enterrar os dejetos mais perigosos da cadeia nuclear na comuna de Bure, no nordeste do país. No laboratório subterrâneo, cientistas e engenheiros testam as propriedades do confinamento em argila. Na superfície, os especialistas em relações públicas preparam a opinião local Nos anos 1980, a Agência Nacional para a Gestão dos Dejetos …

Um sobrevivente do inferno

“Quantas vezes eu pensei em me jogar daqui…”, diz a voz grave que ecoa de um som altíssimo, vinda de um Passat Variant que sobe a Rua Adoasto de Godói, no Capão Redondo, bairro da zona sul de São Paulo. O carro arranca, e a poeira que se descola do asfalto embaça a visão do …

Árvores de dinheiro

No coração da Granite Mountain, a alguns quilômetros de Salt Lake City, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, também chamada de Igreja Mórmon, protege em um quarto-forte seu tesouro: 3,5 bilhões de imagens de documentos familiares compilados em microfilmes. Esses documentos trazem informações sobre a genealogia de mais de 5 bilhões …

2017, o ano das bruxas em ação

Era o dia seguinte ao 8 de Março de 2017 e à greve geral convocada pelas mulheres contra o atual governo, cuja crise institucional se arrasta desde a retirada da presidenta Dilma Rousseff da Presidência da República. Caminhava por uma calçada estreita no centro do Rio de Janeiro quando cruzaram comigo dois homens. De um …

Our Revolution

  Ao final da campanha presidencial de Bernie Sanders, nos Estados Unidos, em 2016, ficou a pergunta: o que fazer com milhões de pessoas que se engajaram em sua campanha e abraçaram suas propostas de transformação social que tinham como prioridade enfrentar o rentismo e melhorar a qualidade de vida dos norte-americanos, especialmente dos mais …

Seleção de estágio para estudantes de jornalismo

EDITAL DE ESTÁGIO – JORNALISMO O Le Monde Diplomatique Brasil está selecionando estudantes que estejam cursando faculdade de comunicação social/jornalismo e que morem na Grande São Paulo para estagiar em sua redação. O período de contratação dura até o fim do ano de 2018. A carga horária é de 25 horas semanais e o período …

Um ano de menos segurança e menos desenvolvimento no Brasil

Este foi um ano de alguns tombos graves no Brasil. Chegamos ao fim de 2017 com a sensação de que muito do que foi construído a duras penas está se deteriorando. Se tomamos o Rio de Janeiro como exemplo, foram anos tentando montar uma estrutura social de apoio mútuo entre medidas de garantia da paz …

Ensino mercantil e demissão em massa de professores no ensino superior privado

Em dezembro de 2011 publiquei aqui no Le Monde Diplomatique Brasil o artigo “Da educação mercadoria à educação vazia” apontando o crescimento vertiginoso  do ensino superior privado no Brasil. Naquele momento apontava os riscos da falta de regulação associada ao lobby dos empresários do setor junto a parlamentares na formulação de regras favoráveis a seus …

América do Sul: a nova roupagem da Operação Condor

  Ollanta Humala, ex-presidente do Peru por um partido de esquerda, é preso em julho de 2017. O atual presidente, Pedro Pablo Kuczynski, de centro esquerda, sofre processo de impeachment que abre caminho para a candidata da direita, Keiko Fujimore. Os dois foram denunciados pela Lava Jato por corrupção vinculada à Odebrecht. No Chile, Michelle …

Dias de luta e fúria popular contra a OMC e a Reforma da Previdência na Argentina

Chegamos na cidade autônoma de Buenos Aires, Argentina, e nos deparamos com muitas reformas na cidade e no país, vias fechadas pelo centro da cidade e o debate político estava quente. O taxista nos informou que estava acontecendo o encontro da Cúpula Mundial da OMC (Organização Mundial do Comércio), e que havia muitos protestos a …

Saúde mental: uma canetada não apaga 30 anos de luta

A Política Brasileira de Saúde Mental, que vem se constituindo ao longo dos últimos 30 anos com a chamada Reforma Psiquiátrica, veio substituir o modelo desumano e perverso de internação em manicômios, de características opressivas, excludentes e reducionistas. Substituiu o internamento de pessoas submetidas aos mais aterrorizantes tratamentos, em condições desumanas, pelo atendimento nos Centros …

Evasão fiscal, desigualdades tributárias e a desilusão com os processos democráticos

O fim de ano está  quente para os que habitam o andar de cima. A investigação global “Paradise Papers” jogou luz sobre as atividades offshore de diversas empresas e notáveis da política, da mídia e do mercado. Durante um ano, a investigação conduzida pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ), com arquivos obtidos pelo jornal …

E se, em vez de votar, os eleitores dessem notas aos candidatos?

Na ampla sala da Bolsa de Estrasburgo, por ocasião do primeiro turno da eleição presidencial francesa, em 13 de abril de 2017, os eleitores votam duas vezes. Após cumprirem suas obrigações enquanto cidadãos, são convidados a preencher duas cédulas do que seriam eleições alternativas: a primeira permite atribuir uma nota a cada candidato (voto por …