Guilhotina #185 - José Celso Cardoso Jr. e Monique Florencio de Aguiar

GUILHOTINA

Guilhotina #185 – José Celso Cardoso Jr. e Monique Florencio de Aguiar

Guilhotina | Brasil
29 de setembro de 2022
compartilhar
visualização

Bianca Pyl e Luís Brasilino recebem o economista José Celso Cardoso Jr. e a antropóloga Monique Florencio de Aguiar, organizadores, com Frederico Barbosa da Silva e Tatiana Lemos Sandim, do livro “Assédio institucional no Brasil: avanço do autoritarismo e desconstrução do Estado”

Bianca Pyl e Luís Brasilino recebem o economista José Celso Cardoso Jr. e a antropóloga Monique Florencio de Aguiar, organizadores, com Frederico Barbosa da Silva e Tatiana Lemos Sandim, do livro “Assédio institucional no Brasil: avanço do autoritarismo e desconstrução do Estado”, lançado em maio e publicado pela Editora da Universidade Estadual da Paraíba, em parceria com a Associação dos Funcionários do Ipea. A obra, disponível para download, reúne reflexões e estudos de campo que identificam no assédio institucional um método do governo Bolsonaro para destruir políticas públicas e acelerar processos de “desrepublicanização” e “desdemocratização” do Estado e da sociedade brasileiros. Falamos sobre o conceito de assédio institucional e sua diferença em relação ao assédio moral, o assédio como método do governo e projeto político, os impactos nas instituições de fomento à ciência e em outras áreas da administração pública federal, o clima de medo, mecanismos de opressão para moldar a burocracia, a destruição da democracia e neoliberalismo, perspectivas pós-eleitorais e muito mais.

José Celso é doutor em Desenvolvimento pelo Instituto de Economia da Unicamp e desde 1997 é técnico de planejamento e pesquisa do Ipea. Atualmente, exerce a função de presidente da Afipea-Sindical, o Sindicato Nacional dos Servidores do Ipea.

Monique é graduada em Ciências Sociais, mestre e doutora em Antropologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF), possui pós-doutorado pela UFRJ e pela Unesp, integra o Laboratório de Cultura, Etnicidade e Desenvolvimento da UFRJ e é professora visitante na Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

 

Links: Guilhotina #77 – João Cezar de Castro Rocha; Guilhotina #86 – Carla Borges e Tatiana Merlino ; Mapa da censura – Movimento Mobile ; Pesquisa SouCiência: Mais ricos são os mais favoráveis a cortes no financiamento da ciência e universidades ; e Nota Técnica 1556/2020 da CGU.

Trilha: BaianaSystem, Elza Soares e Virgínia Rodrigues, “Libertação” (Russo Passapusso); e The Fireman, “Sing the changes” (Paul McCartney).



Artigos Relacionados

INVERTENDO O ALVO E MIRANDO NO SISTEMA DE JUSTIÇA

O que faz o caso Luana Barbosa tão assustador?

Online | Brasil
por Vários autores
RESENHAS

Miscelânea

Edição 185 | Mundo
O QUE ESTÁ POR TRÁS DOS BONS SENTIMENTOS

Os usos da compaixão

Edição 185 | Mundo
por Évelyne Pieiller
COMO OS ESTADOS PARTILHAM AS ÁGUAS MARÍTIMAS

Direito do Mar balança, mas não avança

Edição 185 | Mundo
por Didier Ortolland
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A reforma devora seus filhos

Edição 185 | França
por Simon Arambourou e Grégory Rzepski
CUSTO EXORBITANTE DA LIBERALIZAÇÃO

O choque elétrico europeu

Edição 185 | Europa
por David Garcia
NÚPCIAS DO NEOLIBERALISMO COM A EXTREMA DIREITA

Na Itália, a linguagem dupla de Giorgia Meloni

Edição 185 | Itália
por Hugues Le Paige
GUERRA NA UCRÂNIA EMBARALHA AS CARTAS DO ANTIGO BLOCO SOVIÉTICO

A ladainha húngara

Edição 185 | Hungria
por Corentin Léotard