A África através do espelho distorcido das mídias francesas

FALTA DE INTERESSE, DISTANCIAMENTO, RIGOR, PRESSÕES...

A África através do espelho distorcido das mídias francesas

Edição 182 | França
por André-Michel Essoungou e Fanny Pigeaud
1 de setembro de 2022
compartilhar
visualização

Ignorância? Oficialismo acrítico? Patriotismo equivocado? A mídia francesa abraça facilmente o discurso oficial quando se trata da África. As intervenções militares seriam assim “úteis” e “desinteressadas”. Esse tratamento tendencioso torna compreensível o fracasso de operações como Barkhane ou a crescente impopularidade de Paris no continente

A grande mídia francesa pode se libertar dos relatos oficiais quando se trata da África? Seu modo de tratar o tema do franco CFA [Communauté Financière Africaine], a moeda corrente pilotada por Paris e utilizada por catorze países da África Ocidental e Central, é edificante. Em 21 de dezembro de 2019, o jornal Le Monde …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

O AGRO NÃO PRODUZ COMIDA, PRODUZ FOME

Por que podemos dizer que agro é fome?

por Yamila Goldfarb
O agro não produz comida, produz fome

As doenças do capitalismo e a luta contra o agronegócio

por Allan Rodrigo de Campos Silva
OPINIÃO

Por que Lula? Nem caserna, nem casa-grande

Online | Brasil
por Berenice Bento
AMAZÔNIA OCUPADA #3

Madeira da Amazônia: normas avançam, mas só 10% da extração é regular

Online | Brasil
por Felipe Betim
CHILE – LIÇÕES DE UMA DERROTA

Jogar o jogo: nove parágrafos para uma nova força transformadora

por Jorge Arrate
O RETUMBANTE TRIUNFO DO REJEITO NO PROJETO CONSTITUCIONAL

No Chile, o futuro que nos escapou

por Álvaro Ramis
QUAL É O PLANO?

Programa de Bolsonaro quase assume a responsabilidade pela tragédia na educação

por Antonio Carlos Souza de Carvalho
GUILHOTINA

Guilhotina #184 - Jorge Chaloub