A miséria do futebol africano - Le Monde Diplomatique

NA COSTA DO MARFIM, A PRECARIEDADE OU O EXÍLIO

A miséria do futebol africano

Edição - 132 | Costa do Marfim
por David Garcia
julho 3, 2018
Imagem por Reuters/Luc Gnago
compartilhar
visualização

Das 32 seleções que disputam a Copa na Rússia, apenas Nigéria e Senegal representam a África subsaariana. O continente não carece de jogadores excepcionais, mas estes são desejados pelos países ricos. Campeões africanos em 2015 e classificados para as últimas três edições do mundial, os marfinenses assistem a esta Copa pela TV. No dia a dia, seus clubes profissionais apenas sobrevivem

 Em Koumassi, comuna a sudeste de Abidjã, o pátio da escola municipal se transforma em campo de treinamento durante as férias escolares. Nessa manhã de abril, os aprendizes de futebol da “academia” Métro Star chutam a bola, sob um calor sufocante. Cofundador dessa academia semelhante a centenas na capital econômica da Costa do Marfim, Aristide …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados