As frações burguesas e o governo Bolsonaro - Le Monde Diplomatique

DIREITA NEOFASCISTA VERSUS DIREITA TRADICIONAL

As frações burguesas e o governo Bolsonaro

por André Flores Penha Valle e Octávio Fonseca Del Passo
1 de julho de 2021
compartilhar
visualização

A conjuntura pandêmica é marcada pela polarização entre a direita neofascista, ou bolsonarista, e a oposição de direita, ou direita tradicional. A análise de documentos e declarações de capitalistas e associações empresariais na imprensa indica que esse conflito exprime uma divisão das frações burguesas em torno da política sanitária. Por outro lado, também indica sua unidade em torno da política econômica, o que explica o caráter vacilante da direita tradicional e os limites de sua ação oposicionista ao governo

Bolsonarismo, frações burguesas e a pandemia O bolsonarismo, como fenômeno político, é um movimento reacionário de massas das classes médias e da pequena burguesia, que persegue a mudança do regime político. Esse movimento, de caráter neofascista, atua para difundir o negacionismo em relação ao coronavírus, por meio de um discurso conspiracionista que apresenta a pandemia …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

Junho de 2022: o plano Biden para a América do Sul

Online | América Latina
por Luciana Wietchikoski e Lívia Peres Milani
PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO POLÍTICA E SOCIAL

A reta final da Constituinte chilena

Online | Chile
por David Ribeiro
ARGENTINA

Isso não pode acontecer aqui...

Séries Especiais | Argentina
por José Natanson
RESENHAS

Miscelânea

Edição 180 | Brasil
ENTREVISTA – EMBAIXADORA THEREZA QUINTELLA

Balança geopolítica mundial deve pender para o lado asiático

Edição 180 | EUA
por Roberto Amaral e Pedro Amaral
UMA NOVA LEI EUROPEIA SOBRE OS SERVIÇOS DIGITAIS

Para automatizar a censura, clique aqui

Edição 180 | Europa
por Clément Perarnaud

Para automatizar a censura, clique aqui

Online | Europa
EMPREENDIMENTOS DE DESPOLUIÇÃO

Música e greenwashing

Edição 180 | Mundo
por Éric Delhaye