As ilusões do decrescimento - Le Monde Diplomatique

COMBATE ÀS MUDANÇAS CLIMÁTICAS

As ilusões do decrescimento

por Leigh Phillips
1 de dezembro de 2020
compartilhar
visualização

Para alguns ecologistas, a crise ambiental atingiu um nível tal que uma única solução se impõe: o decrescimento. Segundo eles, as mudanças climáticas não provêm de um modo de produção guiado pelo mercado e, portanto, irracional: elas decorrem do crescimento, que infla a demanda energética e trava o objetivo de descarbonizar a economia. Como a redução da produção de bens produziria o efeito inverso, seria conveniente cortar a atividade. Uma análise coberta de dificuldades

Às vezes esquecemos que os seres humanos nem sempre são impotentes perante os desequilíbrios que eles provocam. Nos anos 1980, a ameaça ecológica se encarnava no “buraco da camada de ozônio”, esse gás que nos protege dos raios solares, mas cuja presença se reduzia na atmosfera. Anunciador de cânceres de pele, epidemias de imunodeficiência, degradação …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

Guilhotina especial

Barcarena e os impactos socioambientais da mineração

GUILHOTINA

Guilhotina #178 - Josué Medeiros

Direito à Educação

“A sociedade quer ver meninos na educação – meninas, em casa"

por Andressa Pellanda
“SÓ O INIMIGO NÃO TRAI NUNCA”

Bolsonaro, o autossabotador

Online | Brasil
por Rômulo Monteiro Garzillo
DIREITO À CIDADE

Metrópoles pós-pandemia exigem novas políticas públicas

por Gilberto Corso Pereira e Claudia Monteiro Fernandes
EXTREMA DIREITA MUNDIAL

Bolsonarismo e o terrorismo estocástico

Online | Brasil
por Rudá Ricci e Luís Carlos Petry
COMPLEXO DO ALEMÃO

As ineficiências da democracia e das operações policiais nas favelas

Online | Brasil
por Mirna Wabi-Sabi
Opinião

O que esperar da progressão de regime sem as “saidinhas”?

Online | Brasil
por Maria Carolina de Moraes Ferreira e João Gilberto Silva de Abreu