Congresso Nacional Africano: nas origens de um partido-Estado

NA ÁFRICA DO SUL, HERDEIRO DE MANDELA TEM SUA REVANCHE

Congresso Nacional Africano, nas origens de um partido-Estado

Edição - 128 | África do Sul
por Sabine Cessou
2 de Março de 2018
compartilhar
visualização

Depois de longos meses de negociações e nove pedidos de impeachment pelo Parlamento, o presidente sul-africano, Jacob Zuma, implicado em diversos escândalos de corrupção, acabou renunciando no dia 14 de fevereiro. O Congresso Nacional Africano, verdadeiro partido-Estado, enfrenta graves tensões internas que fragilizam a hegemonia conquistada com o fim do apartheid, em 1991

Famoso por ter se tornado o primeiro bilionário negro da África do Sul, Cyril Ramaphosa foi eleito, em 18 de dezembro de 2017, presidente do Congresso Nacional Africano (CNA). Provavelmente, ele será o próximo presidente da República em 2019, depois do mandato interino que ocupa desde a demissão forçada de Jacob Zuma por corrupção, em …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

Brasil - Itália

Reflexões sociológicas da quarentena

Online | Brasil
por Leonardo José Ostronoff e Massimo Bonato
luta contra o coronavírus

A queda de braço entre governadores e Bolsonaro

Online | Brasil
por Débora Prado e Cairo Junqueira
Autoritarismo

Jair Bolsonaro: massa, vírus e poder

Online | Brasil
por Fábio Zuker
Capistalismo em debate

Nancy Fraser: “O neoliberalismo não se legitima mais”

por Nádia Junqueira Ribeiro e Nathalie Bressiani
Jair Bolsonaro

O impeachment e a luta do povo

Online | Brasil
por Fábio Palácio
Covid-19

O que é o vírus e quem nós somos?

Online | Brasil
por Vinícius Mendes
Desmonte

Comunicação pública perto do fim

Covid-19

Pandemia e a globalização da saúde no Reino Unido e Itália

Online | Itália
por Isabela Paschoalotto Marques e Rodrigo Francisco Maia