Fórum Mundial da Água

O Le Monde Diplomatique Brasil de março de 2018 traz encartado um suplemento especial produzido pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) para o 8º Fórum Mundial da Água, que acontece em Brasília entre os dias 18 e 23 deste mês. O conteúdo da publicação está disponível no link a …

Cerrado, berço das águas, na rota devastadora do capital

Este artigo foi publicado em uma versão diagramada e encartado na edição de março de 2018 do Le Monde Diplomatique Brasil. Para ler essa versão, com mais detalhes sobre o conflito por água em Correntina, no oeste da Bahia, e a atuação de fundos de pensão internacionais na especulação de terras no Cerrado, clique aqui: …

A escolha dos heróis

Em 22 de janeiro de 2018, os Repórteres sem Fronteiras e a Universal Pictures International levaram convidados ao cinema Publicis Drugstore, na Avenida Champs-Élysées, em Paris. Iam assistir ao lançamento de um filme que “ausculta as noções de verdade e investigação, colocando o jornalismo no centro da intriga”: The Post, de Steven Spielberg, projetado nas …

O que as “batalhas culturais” não são

Em um artigo publicado em janeiro de 2018, Najat Vallaud-Belkacem, ex-ministra da Educação da França, repetiu, depois de muitos outros, que o Partido Socialista perdeu a “batalha cultural” – expressão que aparece quatro vezes no texto.1 Quando François Hollande venceu a eleição presidencial de 2012, o Partido Socialista detinha, no entanto, todas as rédeas do …

Quando a TV quer sangrar a Rússia

Vinte episódios da série norueguesa Occupied já foram exibidos pelo canal público franco-alemão Arte. Ficção ou advertência? Moscou ocupa a Noruega (com a anuência da União Europeia) para garantir a entrega de gás e petróleo desse país. A União Europeia não tem um bom papel na série, mas é a Rússia que invade, manipula, ameaça, …

Longe dos olhos, longe do coração

No dia 2 de novembro de 2017, os ouvintes da programação matutina da France Inter puderam viver um momento radiofônico singular. Em sua crônica semanal, Nicole Ferroni queixou-se que tinha sido convidada a modificar sua intervenção – destinada originalmente ao assédio sexual – em vista dos eventos ocorridos no dia 31 de outubro em Nova …

Em busca da Pachamama

Nos últimos meses de 2017, atravessamos o Atlântico para chegar ao Equador, em busca da Pachamama.1 Em nome dessa divindade ameríndia, indígenas, ativistas ambientais, dirigentes políticos e intelectuais empenham-se em “frear as agressões do capitalismo”,2 principalmente as que envolvem a extração de matérias-primas. “A Pachamama é uma realidade no mundo indígena”, explica Alberto Acosta, com …

Cuba, o país do verde-oliva

Alguns meses depois de assumir a presidência, Donald Trump decidiu anular o “acordo totalmente desigual assinado com Cuba” por seu predecessor Barack Obama em 16 de junho de 2016. O presidente democrata havia considerado ineficaz a estratégia norte-americana de estrangulamento – agressão militar, embargo, rompimento das relações diplomáticas. Melhor seria, segundo ele, normalizar as relações …

O impasse saudita no Oriente Médio

A chave para a especificidade do Oriente Médio não é o islã, mas o petróleo. A riqueza da região do Golfo Pérsico levou o Império Britânico a criar ou consolidar no flanco árabe entidades artificiais em diferentes graus. Os Estados-membros do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) apresentam a particularidade de ter estrangeiros constituindo a …

Praça Tahrir, sete anos depois

Praça Tahrir, uma noite de dezembro. No piso lustrado do edifício Mogamma, um enorme prédio administrativo da década de 1950 construído pela ex-URSS em um pesado estilo soviético, um grupo de jovens anda de skate lançando desafios, sob o olhar de dois policiais indulgentes. Casais de todas as idades, sentados nas muretas de pedra dispostas …

Congresso Nacional Africano, nas origens de um partido-Estado

Famoso por ter se tornado o primeiro bilionário negro da África do Sul, Cyril Ramaphosa foi eleito, em 18 de dezembro de 2017, presidente do Congresso Nacional Africano (CNA). Provavelmente, ele será o próximo presidente da República em 2019, depois do mandato interino que ocupa desde a demissão forçada de Jacob Zuma por corrupção, em …

Por que consumir orgânicos?

A agricultura orgânica remete às práticas que procuram favorecer a preservação dos ecossistemas e a equidade na classe dos agricultores. É sobretudo a ausência de pesticidas sintéticos que reduz consideravelmente seu impacto no ambiente e na saúde. Fabricadas em laboratório, as moléculas que compõem os produtos fitossanitários acompanharam o aumento da produção agrícola em todo …

A medicalização da experiência humana

Diante da realidade do “sofrimento psíquico” – uma das mais importantes patologias modernas –, entrou em ação, há algumas décadas, uma maquinaria diagnóstica nunca antes vista, cujo objetivo é explorar esse enorme mercado potencial. Para isso, foi necessário primeiro substituir a grande psiquiatria europeia, que, graças a observações clínicas múltiplas e coerentes, reunidas durante os …

Jair Bolsonaro: o candidato da (in)segurança pública

De todos os presidenciáveis para as eleições de 2018, Jair Bolsonaro é aquele que busca de maneira mais enfática se apresentar como o candidato capacitado a solucionar o problema da violência que assola o país. Na ausência de um programa, é possível recorrer ao farto material disponível na internet, de modo a antecipar aquilo que …

A contrarrevolução no Brasil

Está em curso no Brasil um movimento contrarrevolucionário, contra a sociedade democrática. Não é um movimento contra uma “revolução”, mas um movimento em moldes “revolucionários” – revolução não é necessariamente de esquerda! – que recorre à ruptura e não exclui o uso da violência. A contrarrevolução é preventiva: volta-se contra mudanças democráticas, pacíficas e ordeiras, …

Quando os ilegalismos ultrapassam as fronteiras dos espaços populares

O que mudou na história recente do Brasil, quando a gestão diferencial de ilegalismos que transformou favelas e periferias em espaços de indeterminação,1 onde os direitos da população são sistematicamente violados, desborda as fronteiras dos espaços populares e atinge a “cidade” formal e outros segmentos populacionais? O que mudou quando os jogos de poder passaram …

A Justiça no centro da crise política

Hoje, praticamente todos os temas políticos debatidos no país passam pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Efeito, entre outras questões, do que a academia chama de “judicialização da política”.1 O fato é que a Constituição Federal de 1988 desenhou um modelo de sistema de justiça com um protagonismo ímpar. De todos os integrantes desse sistema, que …

Poder Judiciário: a ponta de lança da luta de classes

O golpe de 2016 representou um duríssimo revés na percepção até então dominante de que a democracia brasileira, mesmo com todos os seus problemas e aos trancos e barrancos, caminhava para sua “consolidação”. Não foi apenas porque as classes dominantes abandonaram o respeito às regras do jogo e decidiram virar a mesa quando perceberam que, …

De mal a pior

Chega a ser desesperador. O Executivo, o Legislativo e o Judiciário se alinharam com a oligarquia financeira e estão destruindo o Brasil e nossa democracia. No plano econômico estão destruindo os instrumentos para uma política econômica soberana e, em suas próprias palavras, essa verdadeira quadrilha, sem plano algum de governo, declara: “Vamos privatizar tudo que …

A ofensiva geral

Um ex-ministro da Economia socialista que, mais tarde, fundou um partido liberal à sua imagem e semelhança explicou certa vez a arte e o modo de criar uma sociedade de mercado: “Não tentem avançar passo a passo. Definam claramente seus objetivos e se aproximem deles em saltos qualitativos, para que os interesses de classe não …