E as transnacionais enfim vão pagar, mas só um pouco...

POR QUE O IMPOSTO UNIVERSAL SOBRE PESSOA JURÍDICA É UM AVANÇO

E as transnacionais enfim vão pagar, mas só um pouco…

por Alain Deneault
1 de julho de 2021
compartilhar
visualização

Muito tímida! Muito dependente da boa vontade de Washington! Muito fácil de ser revertida por uma nova administração! Não faltam motivos para diminuir o imposto universal sobre empresas privadas defendido por Joe Biden. Apesar de suas falhas, contudo, a medida opera uma inversão política fundamental: ela tira das corporações a ideia de que pairavam acima da lei

Em 2017, o Google depositou cerca de 20 bilhões de euros em suas contas nas Bermudas depois de fazê-los passar por vários paraísos fiscais. Neste ano, na França, a transnacional só pagou 14,1 milhões de euros em impostos sobre lucros – uma ninharia para ela. Oficialmente, seus setecentos empregados no país não vendiam nada à …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

Junho de 2022: o plano Biden para a América do Sul

Online | América Latina
por Luciana Wietchikoski e Lívia Peres Milani
PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO POLÍTICA E SOCIAL

A reta final da Constituinte chilena

Online | Chile
por David Ribeiro
ARGENTINA

Isso não pode acontecer aqui...

Séries Especiais | Argentina
por José Natanson
RESENHAS

Miscelânea

Edição 180 | Brasil
ENTREVISTA – EMBAIXADORA THEREZA QUINTELLA

Balança geopolítica mundial deve pender para o lado asiático

Edição 180 | EUA
por Roberto Amaral e Pedro Amaral
UMA NOVA LEI EUROPEIA SOBRE OS SERVIÇOS DIGITAIS

Para automatizar a censura, clique aqui

Edição 180 | Europa
por Clément Perarnaud

Para automatizar a censura, clique aqui

Online | Europa
EMPREENDIMENTOS DE DESPOLUIÇÃO

Música e greenwashing

Edição 180 | Mundo
por Éric Delhaye