Podcast Guilhotina #68 – Boaventura de Sousa Santos

Guilhotina

Guilhotina #68 – Boaventura de Sousa Santos

9 de maio de 2020
compartilhar
visualização

Neste episódio entrevistamos Boaventura de Sousa Santos sobre o potencial da pandemia para revelar mecanismos em regra invisíveis de dominação, a incapacidade do capitalismo de oferecer saídas para a crise que não provoquem novas catástrofes, os impactos desiguais do coronavírus nos cidadãos do sul e mais. Ouça em seu player favorito ou nessa postagem!

Bianca Pyl e Luís Brasilino conversam sobre a pandemia de Covid-19 com o pensador português Boaventura de Sousa Santos. Professor titular aposentado da Faculdade de Economia e diretor emérito do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e Distinguished Legal Scholar da Faculdade de Direito da Universidade de Wisconsin-Madison, ele é autor de diversos livros, dentre os quais os mais recentes são “O fim do império cognitivo” (Autêntica, 2019), “Esquerdas do mundo, uni-vos!” (Boitempo, 2018) e as antologias “Construindo as Epistemologias do Sul” (Clacso, 2018). Boaventura lança agora em e-book publicado pela Boitempo o ensaio “A cruel pedagogia do vírus” (https://bit.ly/2WazQyN), tema deste episódio.

Conversamos sobre o potencial da pandemia para revelar mecanismos em regra invisíveis de dominação, a incapacidade do capitalismo de oferecer saídas para a crise que não provoquem novas catástrofes, os impactos desiguais do coronavírus nos cidadãos do sul, a urgência em enfrentar a concentração de renda e as mudanças climáticas, alternativas para o pós-Covid, além dos sui generis desafios da sociedade brasileira, obrigada a lidar com duas crises ao mesmo tempo, a sanitária e a política. Trilha: Cristóvam, “Andrà Tutto Bene”; e Bruce Springsteen, “We shall overcome” (Zilphia Horton, Frank Hamilton, Buy Carawan, Pete Seeger).

Clique na imagem abaixo para ouvir o episódio
(Mídia Ninja)
E para comprar o e-book “A cruel pedagogia do vírus” e outros publicados do autor pela Boitempo clique aqui – e parte do valor será revertido para apoiar o Diplô!

 



Artigos Relacionados

JUSTIÇA AMBIENTAL DEPENDE DA JUSTIÇA RACIAL

O racismo ambiental e climático nas favelas do Rio

Online | Rio de janeiro
por Gabrielle Alves e Mariana de Paula
PRISÕES BRASILEIRAS

Não há perspectiva de normalidade para quem sempre esteve na barbárie

Online | Brasil
por Janine Salles de Carvalho e Giovanna Preti
PRODUÇÃO DE ALIMENTOS

Por que tantos acidentes de trabalho, adoecimentos e mortes em frigoríficos?

Online | Brasil
por Márcia Kamei Lopez Aliaga, Luciano Lima Leivas, Leomar Daroncho, Sandro Eduardo Sardá e Lincoln Roberto Nóbrega Cordeiro
SEGURANÇA PÚBLICA

Racismo e violência letal do Estado: um olhar a partir da Baixada Fluminense

Online | Rio de janeiro
por Adriano Moreira de Araujo
RESENHAS

Miscelânea — Resenhas

Edição 173 | Brasil
ARTES

Alice Neel, na contracorrente

Edição 173 | Mundo
por Marie-Noël Rio
QUANDO O RECENSEAMENTO DA POPULAÇÃO CARCERÁRIA SE TORNA UM DESAFIO DEMOCRÁTICO

Magia da manipulação eleitoral nos Estados Unidos

Edição 173 | EUA
por Charlotte Recoquillon
OS ECOLOGISTAS NO PODER

Diplomacia: dos programas “verdes” à realidade

Edição 173 | Mundo
por Annette Lensing