Jogando pesado - Le Monde Diplomatique

ARGENTINA

Jogando pesado

por Eric Toussaint
1 de fevereiro de 2002
compartilhar
visualização

Entre 1980 e dezembro de 2000, o FMI colocou 71,3 bilhões de dólares à disposição dos países latino-americanos, que tiveram que lhe pagar 86,7 bilhões. O que significa um lucro de 15,4 bilhões de dólaresEric Toussaint

Considerando toda a América Latina, de 1980 a 2000, os credores privados receberam em pagamento 192 bilhões de dólares a mais do que a quantia que haviam emprestado. Os anos 1999 e 2000 foram particularmente rentáveis: os países latino-americanos pagaram 86,2 bilhões de dólares a mais do que receberam em novos empréstimos nesses dois anos.

Ao contrário do que normalmente se pensa, o Fundo Monetário Internacional não ajuda os países endividados por uma questão de generosidade. Paga-se um preço alto por suas intervenções. Entre 1980 e dezembro de 2000, o FMI colocou 71,3 bilhões de dólares à disposição dos países latino-americanos, que tiveram que lhe pagar 86,7 bilhões. O que significa um lucro de 15,4 bilhões de dólares1

De 1982 a 2000, a América Latina pagou a seus credores 1,45 trilhão de dólares, ou seja, mais de quatro vezes o volume total de sua dívida em 1982.
(Trad.: Jô Amado)

1 – In World Bank, ed. World Development Indicators 2001,



Artigos Relacionados

ELEIÇÕES 2022

Voto útil: o chamado ao primeiro turno em 2022

Online | Brasil
por Luísa Leite e Alexsandra Cavalcanti
CORTE INTERNACIONAL DE JUSTIÇA

Uma escolha nada difícil

Online | Brasil
por Guilherme Antonio de A. L. Fernandes
CENÁRIO LATINO-AMERICANO

Os desafios da “nova Onda Rosa” na América do Sul

Online | América Latina
por João Estevam dos Santos Filho
AUTOCRATIZAÇÃO

Erosão democrática no Brasil de Bolsonaro

Online | Brasil
por Carolina Azevedo
GUILHOTINA

Guilhotina #185 - José Celso Cardoso Jr. e Monique Florencio de Aguiar

DEMOCRACIA AMEAÇADA

Três dimensões para pensar a eleição mais importante da Nova República

Online | Brasil
por João Rafael Gualberto de Souza Morais
Qual é o plano?

A guerra às drogas precisa parar. Os presidenciáveis estão preparados para essa conversa?

por Juliana Borges
O AGRO NÃO PRODUZ COMIDA, PRODUZ FOME

Cozinhas Populares apontam caminhos para a soberania alimentar

por Campanha Periferia Viva