Bala, fome, vírus e rivotril na cidade do purgatório, da beleza e do caos

No dia 06 de maio de 2021 os moradores da favela do Jacarezinho, localizada na zona norte da cidade do purgatório, da beleza e do caos, acordaram com a presença de policiais no território. A polícia civil alegou que a operação ocorreu para combater o tráfico de drogas, sendo que após 9 horas de ação …

por em

A extinção do censo demográfico e a negação do Estado Social

No dia 23 de abril, o então secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, informou que o orçamento de 2021 não contará com recursos para a realização do censo demográfico. O referido documento foi sancionado com vetos pelo presidente Jair Bolsonaro, entre os quais encontra-se R$ 7,9 bilhões em despesas discricionárias do …

por em

Violência estrutural e construção da ordem social na Colômbia

Em novembro de 2016, quando o governo nacional colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) assinaram os Acordos de Havana, aventava-se a ideia de diminuição da violência no país andino, dado o fim do conflito armado entre as duas partes. Entretanto, essa esperança não se concretizou. Por um lado, desde 2015 a taxa …

por em

Novo apagão na Ciência brasileira no pior momento da pandemia

Enquanto o trabalho de cientistas ganhou evidência no decorrer da pandemia, fazendo parte do cotidiano brasileiro com as notícias pela busca por vacinas e veiculação dos boletins epidemiológico, pesquisadores e cientistas enfrentam cortes de bolsas e redução dos recursos nas universidades e programas de pesquisas. Mesmo antes de se eleger presidente, Jair Bolsonaro apresentou-se como …

por em

Em tempos de ódio e negacionismo rir é um ato de resistência

Vivemos um período de intensa aridez em nosso país e rir tornou-se um ato de resistência. A aniquilação dos afetos, dos abraços e das confraternizações não são apenas provocados pelo distanciamento social que o cuidado em saúde demanda para enfrentarmos o “não tão novo” coronavírus. A estratégia adotada pelo governo federal segue reafirmando a destruição …

por em

Frigoríficos: a banalização do sofrimento dos trabalhadores

O elevado número de acidentes e doenças relacionados ao trabalho nos frigoríficos é digno de nota no Brasil. O país ocupa, no contexto dos países do G-20 e das Américas, o segundo lugar em mortalidade no trabalho, com 8 mil óbitos a cada 100 mil vínculos de emprego. Entre os setores com destacado aumento do …

por em

O brasileiro não quer uma reforma administrativa

Ao longo dos últimos anos, acompanhamos políticos, economistas e empresários apontarem defeitos e soluções para o Brasil superar a crise fiscal. Medidas de contingenciamento, limitação de gastos e investimentos, redução de direitos trabalhistas e previdenciários foram tomadas dentro de uma agenda tida como a solução dos problemas. Seis anos após a adoção das medidas no …

por em

Professor: uma profissão que pode virar um hobby?

Professor uma profissão que pode virar hobby? A pergunta parece cínica, mas expressa uma preocupação e um risco cada vez mais notório. Como outras profissões, a docência vive hoje uma crise sem precedentes. Há muitos motivos para isso e, como tudo, uma análise profunda do problema deveria incluir o desafio da formação, o desempenho das …

por em

Entulho autoritário é usado para perseguir opositores de Bolsonaro

A discussão sobre a constitucionalidade da Lei de Segurança Nacional (n. 7210/1983) está no centro do debate público atual, tendo em vista seu uso contra opositores do governo Bolsonaro, com destaque para figuras relevantes como Ciro Gomes, Guilherme Boulos e Felipe Neto, dentre outros. A perseguição feita pelo Ministério da Justiça e Polícia Federal, em …

por em

A separação dos poderes e a CPI da pandemia

O plenário do Supremo Tribunal Federal, no dia 14 de abril de 2021, confirmou a liminar concedida pelo ministro Luís Roberto Barroso para determinar ao Senado Federal a instauração de Comissão Parlamentar de Inquérito, com o objetivo de investigar e apurar eventuais ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia da Covid-19 no …

por em

O que há de África no Brasil?

O Brasil não existiria como o conhecemos se não fosse a África. O local onde vivemos surge da ligação de três continentes. Da Europa, nós sabemos quase tudo. E, sem problema algum, nós nos consideramos seus herdeiros. Dos povos originários, nada sabemos, infelizmente (e continuamos, de modo geral, a ignorá-los). O mesmo vale para o …

por em

Totalitarismo neoliberal

Muito já foi escrito e pesquisado sobre a fase neoliberal do capitalismo atual, que se caracteriza como um conjunto de práticas econômicas, sociais e políticas, as quais visam emular em todos os aspectos da sociedade uma dinâmica concorrencial, como se os indivíduos e o Estado fossem empresas, competindo uns com os outros pelo melhor desempenho. …

por em

Paulo Freire: a educação é política

Em setembro próximo comemora-se 100 anos do nascimento de Paulo Freire, inigualável educador brasileiro. Karl Marx afirma que a história se repete primeiro como tragédia e depois como farsa. E é isso que se verifica na relação de Paulo Freire com o Brasil. Contradições da recepção de sua obra: tão lido no mundo todo e …

por em

O Padre Antonio Vieira e a taxação dos ricos

Hoje vivemos em uma crise econômica na qual as elites brasileiras fazem de tudo para não perder seus privilégios. As instituições religiosas conseguiram apoio do governo federal para terem suas dívidas perdoadas continuando, deste modo, isentas de impostos. A burguesia, por sua vez, quer um projeto de privatização e congelamento (em casos extremos, redução) dos …

por em

A matriz ideológica da milícia e o fenômeno bolsonaro

O Rio de Janeiro tem muito a ensinar sobre o fenômeno Bolsonaro para o Brasil, e embora isso seja óbvio, ainda não foi suficientemente levado a sério. Examinar a forma pela qual a milícia se espraiou no estado e como ela se converteu em um discurso que avançou sobre áreas ricas da cidade pode ser …

por em

Crítica da crítica à meritocracia

Não sei quando escutei pela primeira vez na minha vida que o esforço, a disciplina seriam condições primeiras para eu me tornar gente. Na boca de minha mãe saíam palavras encantadas: “você precisa estudar para ser alguém na vida”. Talvez de formas distintas, este mantra possa ser identificado como um dos eixos estruturantes da vida …

por em

O feminismo para os 99% e a interseccionalidade na prática

O quarto debate da série “Feminismo para os 99%” encerrou o ciclo de discussões promovido pela editora Boitempo, viabilizado pela Lei Aldir Blanc e com apoio do Le Monde Diplomatique Brasil. Centralizado no entendimento da interseccionalidade e suas formas de aplicação, a última discussão trouxe o diálogo entre Patricia Hill Collins e Sirma Bilge, autoras …

por em

Os impactos da CPI da Covid no governo

A primeira reunião da CPI da Covid-19 no Senado Federal está agendada esta terça-feira, dia 27 de abril. A comissão foi instalada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, após determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), tendo em vista que todas as exigências para a sua instalação já haviam sido cumpridas pela oposição, sem que o …

por em

A Cúpula Ibero-Americana de Andorra e a pandemia

A 27ª Cúpula Ibero-americana, realizada em Andorra, dia 21 de abril, tratou centralmente da pandemia no conjunto de países que conformam aquele espaço político, que reúne cerca de 20% da população mundial, mas detém nada menos do que 70% das mortes por Covid-19. Chefes de Estado e de governo e vice-presidentes de 18 países participaram …

por em

Meios, fins e anticapitalismo: 99 teses de Brian Massumi

A aproximação entre os meio e fins da revolução anticapitalista é uma constante questão nas discussões e práticas anarquistas ao longo de sua(s) história(s). Este aspecto se faz presente, por exemplo, na discussão entre Emma Goldman e Lenin, na qual a anarquista enuncia que meios libertários levariam a fins libertários, questionando o autoritarismo bolchevique como …

por em

Povos originários, crise global e Cúpula do Clima

Na semana em que o mundo volta os olhos para a Cúpula do Clima, a entrevista com Ailton Krenak no Programa Roda Vida, da TV Cultura, deveria ser vista (e revista) por todos nós como a aula que nos faltou em quase todas as séries dos nossos anos escolares. O diálogo entre a liderança indígena …

por em

SP utiliza entrevista com Mano Brown em aulas da rede pública

Entrevista com Mano Brown publicada no Le Monde Diplomatique Brasil em janeiro de 2018, conduzida por Guilherme Henrique, Henrique Santana e Nadine Nascimento, será utilizada em sala de aula pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. O conteúdo fará parte da disciplina de Português para a 2ª série do ensino médio. O trecho …

por em

O mercado financeiro aterrissa na Amazônia em nome do Clima

Tudo começou com a carta, muito mal recebida, de Jair Bolsonaro ao seu par estadunidense. No documento, o brasileiro faz promessas irrealizáveis nos termos em que foram formuladas. Além disso, são apresentados números fantasiosos sobre os índices de queimadas e desmatamento na Amazônia, bem como sobre os esforços do seu governo para combatê-los. A verdade …

por em

A busca pela verdade deve ser feita no processo histórico

O conceito de ‘verdade’ está bastante presente em nosso cotidiano. A crítica literária estadunidense Michiko Kakutani identifica a morte da verdade em parte pelo pensamento pós-moderno que nega “a existência de uma realidade objetiva”[1]. Em “A morte da verdade”, a autora demonstra como o discurso da direita que elegeu Donald Trump presidente dos Estados Unidos …

por em

Mulheres negras estão cansadas de serem silenciadas

Mulheres negras estão cansadas de serem silenciadas. As lutas que fazem parte da vivência da mulher negra na sociedade se dão todos os dias da semana, 24 horas por dia. Carolina Maria de Jesus, em seu livro “O Quarto dos Despejos”, dizia que seu sonho era escrever e tinha raiva dos políticos e patrões porque …

por em

A saída justa da crise é verde, nos alimenta e gera futuro com reparação histórica

A pandemia de coronavírus descortinou a crise humanitária que vivemos há séculos na América Latina. A adoção de medidas sanitárias como o “fique em casa, se puder” para diminuir o contágio da Covid-19 apontou os holofotes para as milhares de vida em risco em razão da falta de comida e moradia, da má infraestrutura no …

por em

Que país é esse?

Nas favelas, no Senado Sujeira pra todo lado Ninguém respeita a Constituição Mas todos acreditam no futuro da nação (Que país é esse? Renato Russo)   Art. 196. A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e …

por em

O Mercosul aos 30 anos: ajustes e reflexão em um cenário de incertezas

No dia 26 de março de 2021, o Tratado de Assunção completou trinta anos. Naquela mesma data, em 1991, Fernando Collor de Mello e seus congêneres da Argentina, Carlos Saúl Menem; do Uruguai, Luis Alberto Lacalle; e do Paraguai, Andrés Rodríguez Pedotti, assinaram o acordo que deu vida ao Mercado Comum do Sul (Mercosul). O …

por em

A desigualdade agrária no brasil: o caso do Centro Paulo Freire

As desigualdades sociais atravessaram o curso da história brasileira. Desde a invasão portuguesa até os dias atuais, a maioria da população sempre enfrenta imensos e complexos entraves para a efetivação de sua cidadania plena. Isto porque, a gênese civilizacional brasileira é marcada pela opressão e pela segregação, além de pautada pelos interesses da elite rural, …

por em

Neorrurais: os imigrantes da utopia

Novos rurais ou neorrurais. Os adeptos do neorruralismo. Mais uma tribo pós-moderna? De onde vem esse povo; ou melhor, pra onde vai? Primeiro vamos olhar a definições de neorrurais e de neorrualismo, que já são objeto de estudos de alguns pesquisadores, muitos deles da área da Geografia. O geógrafo espanhol Joan Nogué i Font, em …

por em

PL retira pausas térmicas dos trabalhadores de frigoríficos

Estamos vivendo, em razão da pandemia de Covid-19, o maior colapso da saúde pública, e possivelmente, a maior crise sanitária da história do Brasil, com a média móvel superior a 2.500 mortes ao dia e possibilidade de atingirmos, em curto período de tempo, a triste marca de 500 mil óbitos. Mas o país corre mais …

por em

Mais da agenda econômica do “velho normal” no pós-Covid-19?

Como sabemos, diferentemente de outras crises econômico-financeiras e de insuficiência de demanda, tais como a crise do subprime de 2007-2008, a atual crise econômica mundial, iniciada em 2020, foi causada por um choque exógeno. A pandemia de Covid-19 afetou não somente a demanda efetiva, mas, principalmente, o lado da oferta, uma vez que as medidas …

por em

Precisamos entender a África

No imaginário ocidental, a palavra “África” constantemente evocou um cenário exótico de savanas áridas habitadas por animais selvagens, homens primitivos e lugares inusitados prontos para serem desbravados. O estereótipo de um continente dominado por lugares difíceis e inóspitos, ocupado por tribos e vilarejos pobres, ainda predomina na cabeça de muitos que não conhecem a diversidade …

por em

Por que o caso de Isa Penna é pedagógico para a política brasileira

Nem só de tragédia e retrocesso vive o Brasil. No início deste mês algo inédito aconteceu na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp): a suspensão, por seis meses, do deputado Fernando Cury, que, em pleno plenário, assediou sexualmente a colega Isa Penna. Graças à mobilização primorosa da sociedade civil, pela primeira vez um caso do …

por em

A vida, a saúde e a educação são mesmo consideradas essenciais no estado de São Paulo?

Temos vivido, no Brasil, um contexto gravíssimo durante a pandemia. A banalização das mortes em massa, descalabros políticos em âmbito federal e negligência em muitos estados e municípios. Em fevereiro e no início de março de 2021, naturalizaram-se também as mortes de estudantes e professoras(es), em escolas do estado de São Paulo, descaso agora confirmado …

por em

Rivalidades inflamadas pela ultradireita

Em 2017, logo após a vitória de Trump nas eleições dos EUA, Nancy Fraser publicou um artigo intitulado “O fim do neoliberalismo progressista”. A filósofa mostrou que os governos de Bill Clinton e Barack Obama ajudaram a construir uma aliança peculiar: de um lado, setores hegemônicos de movimentos sociais e, de outro, Wall Street, Hollywood …

por em

A falta de visão futura da ação pública e a incerteza do presente na construção da cidade

O planejamento urbano no Brasil, representado pelo Plano Diretor, está a exigir uma revisão radical, ou seja, pela raiz. Todos os seus pressupostos precisam ser questionados. Todos, sem exceção. A partir desse questionamento, é fundamental que o conteúdo do Plano Diretor e seus métodos sejam redefinidos de baixo para cima. […]. Os problemas e suas …

por em

A reforma sindical na era Lula: pontos e contrapontos

É inegável a contribuição do movimento sindical brasileiro para a chegada do Partido dos Trabalhadores à presidência do Brasil, bem como para sua permanência no poder ao longo de treze anos. Nesse sentido, vale mencionar a relação de proximidade entre a formação e fortalecimento do PT e do movimento sindical, uma vez que o partido …

por em

O Brasil dos contrastes extremos

O isolamento social é a única arma que temos para segurar a disseminação do coronavírus enquanto a vacina não está acessível para toda a população, isso é o que mostra a prática ao redor do mundo e é a recomendação da Organização Mundial de Saúde. Mas ela só é possível se for acompanhada pela proteção …

por em

Sobre 1º de maio

Em 1º de maio de 1886, teve lugar a segunda greve geral nacional dos Estados Unidos, de proporções até então inauditas, já que apenas em Londres uma greve da mesma magnitude havia ocorrido 56 anos antes. A greve conseguiu reunir além dos trabalhadores, sindicalistas, socialistas e anarquistas, um sem-número de simpatizantes sob a pauta da …

por em

Da crise da Ciência à crise da razão: por que vivemos tempos sombrios?

A ciência moderna apropriou-se de um estilo de investigação calcado na ideia de que seria possível construir uma aliança entre o homem e a natureza, vínculo este que poderia apaziguar nossa gélida solidão no universo. Assim, a partir de um ponto de vista estritamente materialista, encontraríamos o tão esperado conhecimento objetivo e, consequentemente, a razão …

por em

Um país de órfãos

Iniciamos 2021 com a expectativa de que tudo poderia mudar e melhorar. Nos enganamos. Temos experimentado um aprofundamento na proliferação, contaminação e morte por Covid-19, uma enorme lentidão na disponibilização e aplicação da vacina, sem falar da alta na ocupação de leitos e ausência de insumos para atender os doentes. Chegamos ao mês de abril …

por em

Tragédia e farsa no Rio Verde, um território caiçara na Jureia

Na região da Jureia, estado de São Paulo, caiçaras se aliaram a ambientalistas na luta contra políticas desenvolvimentistas que ameaçavam a área mais bem preservada de Mata Atlântica do Brasil. As comunidades caiçaras apoiaram, em 1986, a criação de Estação Ecológica sobre um vasto território tradicional, convencidas de que ali se instituiria um santuário ecológico …

por em

Os negacionistas de grife

“Negacionismo é a escolha de negar a realidade como forma de escapar de uma verdade desconfortável. Trata-se da recusa em aceitar uma realidade empiricamente verificável, sendo essencialmente uma ação que não possui validação de um evento ou experiência histórica. Na ciência, o negacionismo é definido como a rejeição de conceitos básicos, incontestáveis e apoiados por …

por em

Os zoos são lógicos?

“Instituições que desempenham importante papel na conservação e preservação das espécies”. “Centros que permitem a educação e lazer ambiental”. Em qualquer zoológico que se visita, essas são frases são reproduzidas e repetidas como um mantra. No entanto, você já se perguntou o que elas realmente significam? Antes de discutirmos esse ponto, precisamos entender como surgiram …

por em

As relações centro-periferia e a questão da vacina

O avanço da vacinação contra a Covid-19 tem sido caracterizado pelo ritmo acelerado de imunização dos países desenvolvidos, em comparação com os subdesenvolvidos e em desenvolvimento. Desse modo, a campanha de vacinação contra a Covid-19 no Reino Unido foi iniciada em 8 de dezembro de 2020 e o país já conta com 46,7% de sua …

por em

A cultura está em todos os lugares

Em 2004 eu cheguei em São Paulo vindo de Pernambuco. A viagem de ônibus durou em torno de 38 horas, passando por Alagoas, Sergipe, Bahia e Minas Gerais até chegar no Tietê, em um “pequeno mapa do tempo”, aquele da canção de Belchior. Um amigo me esperaria na rodoviária, mas quando desci do ônibus ele …

por em

Feminismo e solidariedade em torno da luta contra uma opressão comum

Dentre as mesas que integram o ciclo de debates “Feminismo para os 99%”, idealizado pela Editora Boitempo, a discussão sobre “Feminismo, corpos e territórios” posicionou Preta Ferreira e Judith Butler lado a lado para apontar, dentre outros temas, as mazelas vividas por diferentes grupos dentro da luta contra o patriarcado. Mediado pela escritora e cientista …

por em

Desastre, choque e melancolização no combate à pandemia

Uma questão que se coloca desde o avanço da Operação Lava Jato e do impeachment de Dilma Rousseff se refere à natureza do neoliberalismo no Brasil: comportaria ele um núcleo autoritário? O país vive, desde 2016, uma espiral de reformas estruturais, sob a égide da Lei do Teto de Gastos. Essa lei foi a alavanca …

por em

A crise do neoliberalismo pede a construção de um feminismo anticapitalista

A atual crise do neoliberalismo pede a construção de um feminismo anticapitalista. Esse é o tópico central da análise apresentada no manifesto Por um feminismo para os 99%, escrito por Cinzia Arruzza, Tithi Bhattacharya e Nancy Fraser. A obra foi publicada no Brasil em 2019 e, ao longo do mês de março, deu o tom …

por em

Marguerite Duras e o cinema de renúncia ao entretenimento

Passados 25 anos da morte de uma das maiores escritoras da literatura francófona, Marguerite Duras, seu público leitor desconhece o cinema que ela produziu enquanto se licenciava, voluntariamente, do laborioso trabalho da escrita de romances. Ao todo foram dezenove filmes, uma produção prolífica nos anos 1970 e 1980. Nenhum filme, contudo, atraiu o interesse do …

por em

Notas sobre o licenciamento ambiental de projetos minerais estratégicos

Em 24 de março, o presidente da República, juntamente com os ministros da Economia e de Minas e Energia, assinou o Decreto 10.657/2021, que instituiu a política de apoio ao licenciamento ambiental de projetos de investimentos para a produção de minerais estratégicos. Este decreto vem na esteira da Lei 13.334/2016, que definiu que entidades estatais …

por em

Os imigrantes da “geração Windrush” e o surgimento da música negra no coração do Império Britânico

Em junho de 2020, em meio à maior crise sanitária em escala global dos últimos cem anos, alastrou-se por todo o mundo, de forma virulenta, uma onda de protestos antirracistas. O motivo disparador foi o assassinato cruel de George Floyd, cometido pela polícia estadunidense na cidade de Mineápolis, no dia 25 de maio. As imagens …

por em

A reforma ministerial no campo da “segurança” e suas consequências

É evidente que o conjunto das alterações ministeriais anunciadas na última segunda (29/03) tem relação com a pressão de setores empresariais e do capital financeiro, articulados pelo centrão. Eles estão sendo estrangulados pela piora do diálogo com os EUA e do comércio exterior em geral, com ênfase na crise dos insumos da vacina (em especial …

por em

Bolsonaro sem Trump: um balanço das relações bilaterais na conjuntura atual

O início da administração de Joe Biden tem um significado importante para o Brasil. Esse significado está ligado à tentativa frustrada do governo Bolsonaro de apoiar as relações bilaterais com os estadunidenses a partir de pontes com o ex-presidente Donald Trump e com o movimento de extrema-direita que o sustentava. Assim, cabe a pergunta: o …

por em

Política externa no centro do debate: ela é política pública?

Para se responder à pergunta proposta, algumas considerações sobre política externa precisam ser apresentadas, a fim de melhor compreender a interface envolvendo política pública e política externa. A política externa é considerada assunto de Estado, desassociada, à primeira vista, da política doméstica. Essa nada mais é que qualquer movimento político interno relacionado ao governo e …

por em

Considerações sobre câmbio e juros a partir da Teoria Moderna da Moeda

As mídias sociais pegaram fogo quando foi anunciada a elevação da meta para a taxa básica de juros brasileira (a Selic) de 2% a.a. para 2,75% a.a. pelo Copom (Comitê de Política Monetária). Como a vida nas redes sociais depende da velocidade de reação. em detrimento da reflexão cuidadosa e construtiva, acabou inviabilizado o debate …

por em

Como é uma história branca?

Nos últimos cinco séculos, o mundo se configurou para contar a história da humanidade por um viés partidário da supremacia e da exclusão. Supremacia de quem? Da Europa e de seus povos brancos sobre o restante, os excluídos. No momento atual de nossa existência, ainda vivemos sob as lógicas de uma história branca, e que …

por em

O que esperar das eleições no Peru?

O contexto político O primeiro passo no caminho da desestabilização foi dado em 2016, quando Keiko Fujimori perdeu a presidência por menos de 1% dos votos, mas seu partido conquistou a maioria no Congresso. De saída, a filha do ditador Alberto Fujimori prometeu marcação cerrada contra o presidente eleito, Pedro Pablo Kuczynski, ou PPK. Em …

por em

Sonia Guajajara e a luta das mulheres indígenas por espaço na política institucional

Sonia Guajajara é um dos maiores nomes da luta indígena da atualidade. Hoje coordenadora executiva da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), Sonia tem marcado os últimos anos de luta e organização política no país, inclusive sendo a primeira mulher indígena a participar de uma chapa presidencial nas eleições de 2018 – ao lado …

por em

Consciência histórica para quê?

Um mundo sem história? Um “mundo sem história?”¹,perguntou o filósofo alemão Hans-Georg Gadamer em 1972. Observando a sociedade, ele notou o entusiasmo que temos em relação à ideia de progresso, o motor do pensamento científico. A excitação provocada pelos ideais de progresso contém a busca pela novidade, pela simples satisfação em ter o novo. Os …

por em

Da teologia capitalista aos “dummies”

A vida sucumbe ao capital. Uma religião. O sagrado desce do altar. Torna-se um kitsch, estrutura de mau gosto que apela para satisfações fugazes, como a gigante Estátua da Liberdade decorando o templo de um empresário, que se fantasia de verde e amarelo enquanto organiza carreatas contra o lockdown. A religião com seus fiéis em …

por em

A performance fúnebre de um autoritário empoderado

Uma das principais características da resposta do Brasil à Covid-19 é a estratégia do presidente Jair Bolsonaro de transferir a culpa da crise sanitária e econômica para os governadores e chamar para si o crédito pelo auxílio emergencial. Paradoxalmente, o presidente abusa do poder de centralizar em si a resposta à Covid-19. Ora alinhando essa …

por em

Docentes náufragos na pandemia e as “bolinhas Wilson” na tela

No filme Náufrago[1], o personagem de Tom Hanks, Chuck Nolan, passa por uma catarse durante seu tempo em uma ilha deserta, depois que seu avião cai no Pacífico Sul. Há problemas causando sofrimento o tempo todo, por exemplo para encontrar comida; há ferimentos com risco de vida; e há solidão. Muita solidão! A analogia que …

por em

Mês de março e a cor da morte

Estamos nos últimos dias do mês de março de 2021 e ainda nos perguntamos: “Quem mandou matar Marielle e Anderson”? Após três anos do assassinato da vereadora carioca não há notícias sobre os mandantes e motivos do crime. Nesse período, suas pautas e lutas ganharam dimensão internacional. Apesar de seu extermínio ter motivações políticas, é …

por em

Intervenção no 8 de Março

No dia 8 de março, um fato curioso e criativo convidou transeuntes a se indagarem a respeito de um elemento simbólico: um verde intenso vestia estátuas em diversas cidades brasileiras. Esse ato inventivo chamou atenção ao capturar representações históricas de cada territorialidade com pañuelos verdes. Estátua Liberdade, no Rio de Janeiro; Clarice Lispector, em Recife; …

por em

A Lei de Segurança Nacional e o governo dos homens

Franz Neumann não via os magistrados alemães da virada do século XIX para o XX com bons olhos. “O juiz desse período”, sustentou, “exibia todas as características de sua classe de origem: ressentimento contra o trabalhador manual, reverência para com o trono e o clero, e uma completa indiferença pelo capitalismo financeiro”. E mais: “Representavam …

por em

A visão dos indígenas do Alto Rio Negro sobre a pandemia e o clima

Estamos vivendo um momento muito tenso e triste no mundo, no Brasil, no Amazonas, em São Gabriel da Cachoeira e nas comunidades indígenas da região do Alto Rio Negro. No final de dezembro de 2020, voltei à minha comunidade em Assunção do Içana, localizada no rio Içana, afluente do rio Negro. São dois dias de …

por em

A responsabilidade pela anulação de processos da Operação Lava Jato

No último dia 8 de março, foi proferida decisão monocrática pelo ministro Edson Fachin do Supremo Tribunal Federal, a anular todos os processos da 13ª Vara Federal de Curitiba (PR) movidos contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em razão da absoluta incompetência do juízo. No dia seguinte, o ministro Gilmar Mendes pôs em …

por em

O estado da qualidade do ar no Brasil: lições e caminhos para o avanço

Em meio à pandemia de Covid-19 um outro inimigo invisível também segue nos impedindo de respirar: a poluição atmosférica. O ar já pode ser considerado tóxico quando os gases ou partículas presentes na atmosfera causam efeitos danosos à saúde humana, à fauna e à flora, mesmo em baixas concentrações. Contudo, no Brasil, tanto em nível …

por em

Análise do discurso de Lula

O discurso do Lula foi emocionante. Sentimos alívio pelas críticas ao movimento político partidário da Lava Jato que condenou Lula sem provas, barrou sua candidatura, protegeu a corrupção dos aliados do PSDB e destruiu as empreiteiras nacionais, abrindo espaço para a expansão das empresas americanas no mercado africano e asiático. O Brasil retrocedeu tanto que …

por em

Migrar é um direito humano, e não deve ser um direito exclusivo das elites globais

Em 14 de fevereiro de 2021, a cidade de Assis Brasil, no Acre, ganhou destaque no noticiário nacional. Um grupo de aproximadamente trezentos imigrantes, majoritariamente haitianos, ocupou a Ponte da Integração, ligação entre o Brasil e o Peru, localizada no município acreano de pouco mais de 7 mil habitantes. Os manifestantes exigiam o direito de …

por em

Precisamos falar sobre Felipe Neto

Em dezembro de 2020, a imprensa revelou mais uma ação do governo federal envolvendo monitoramento da liberdade de expressão: uma lista elaborada pela empresa BR+ Comunicação elencou os nomes de 81 personalidades, classificadas entre “detratores”, “neutros informativos” e “favoráveis”. Entre os “detratores” estava Felipe Neto, o influenciador digital com maior número de seguidores no Brasil. …

por em

O curioso caso dos “criminosos” que lutaram pela democracia

Em tempos de Vaza Jato, no qual juiz e promotor se confundem, combinam provas, as teses e retiram o sigilo judicial de interceptações telefônicas para fazer valer interesses políticos pessoais ou a favor de um determinado grupo, tornando a Constituição Federal letra morta, acontecimentos recentes indicam que esse comportamento não é uma exceção, mas, na …

por em

Reflorestar o pensamento: a saída feminista é coletiva e anticapitalista

“A transformação só vem a partir do coletivo com consciência política e ecológica. Precisamos de coragem para romper com o neoliberalismo, empatia e sensibilidade para reflorestar o mundo, começando por reflorestar o pensamento”. Com essa fala Sonia Guajajara fechou o debate “Feminismo, comuns e ecossocialismo”, ao lado da autora Silvia Federici e da mediadora Bruna …

por em

A agricultura familiar em tempos de pandemia

Small is beautiful (Ser pequeno é ser bonito), traduzido para o português: “O negócio é ser pequeno”. Este foi o título do livro escrito em 1972, por Ernst Friedric Schumacher, num estudo sobre uma economia que leva em conta a pessoa. Nele, o economista e filósofo escreve “O cultivo e a expansão das necessidades é …

por em

O bolsonarismo e a Jurisdição Constitucional: por que tanto ódio?

Desde a eleição de Jair Bolsonaro é possível perceber, sobretudo nos perfis e páginas de direita nas redes sociais, crescentes discursos de ódio envolvendo a atividade jurisdicional do Supremo Tribunal Federal (STF). No entanto, pouco se discutiu o porquê de tanta indignação com a Corte Constitucional. Em uma primeira análise, é possível observar que o …

por em

Quando uma chantagem vira norma constitucional

A covid-19 ceifou a vida de mais de 270 mil pessoas no Brasil, destruiu famílias, arrasou a economia e levou milhares de brasileiros à pobreza extrema. Segundo o IBGE, o ano de 2021 começou com 27 milhões de pessoas na miséria. Nas grandes cidades, homens, mulheres, crianças e idosos disputam um lugar nas calçadas, à …

por em

O Acordo de Escazú: promessa de um novo regionalismo sustentável?

A cooperação regional na América Latina e Caribe anda em baixa, com organizações intergovernamentais, tais como a Organização dos Estados Americanos (OEA) e o Mercosul, praticamente paralisadas ou atuando muito aquém das suas capacidades devido a divergências políticas entre Estados-membros e à falta de recursos. No entanto, mesmo diante de um contexto de retrocessos, uma …

por em

Por trás do “Tik Tok vs Instagram”: soft power e a disputa da realidade

Cada vez mais evidentes, ainda em 2021, as tensões entre China e Estados Unidos têm se manifestado em diversas frentes. A disputa “Tik Tok vs. Instagram”, por exemplo, é um dos muitos reflexos através dos quais as duas potências correm pela hegemonia no Sistema Internacional. Se entre os países, a eleição de Joe Biden desacelera …

por em

A volta de Lula: emoções e primeiras reflexões

Impossível analisar a reviravolta política desta semana sem misturar emoções e reflexões. Já o impacto da decisão de Fachin de anular as sentenças contra Lula, seguida dos votos de Gilmar Mendes e Lewandowski condenando a quadrilha de Curitiba, seria suficiente para deixar de alma lavada as pessoas comprometidas com o Estado democrático de direito. Mas …

por em

A “mexidinha” de Bolsonaro na Petrobras

Depois de pressão dos caminhoneiros por causa de abusivos e sucessivos aumentos no preço dos combustíveis, Bolsonaro anunciou, no último dia 19 de fevereiro de 2021, a substituição de Roberto Castello Branco pelo general Joaquim Silva e Luna no comando da Petrobras e deu mote para enorme confusão. A grande mídia passou a divulgar, enfaticamente, …

por em

A trajetória de luta contra a mineração na comunidade Taquaril dos Fialhos

Em meados de 1910, Pedro e sua esposa Luzia chegaram à comunidade Taquaril dos Fialhos, localizada às margens da Serra Geral (a popular Serra do Salto), no município de Licínio de Almeida, a 750 km da capital Salvador, no sudoeste da Bahia. Eles tiveram nove filhos, que cresceram, casaram-se e fizeram da comunidade um território …

por em

Passando a boiada sobre os direitos indígenas

No momento em que o Brasil registra recordes consecutivos de mortes pela covid-19, o governo federal avança na prática das criminosas diretrizes formuladas pelo ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles na malfadada reunião ministerial que veio a público no dia 22 de maio do ano passado, com a saída do ex-ministro Sérgio Moro do governo. …

por em

Os riscos das tecnologias digitais: do campo ao garfo

O avanço das tecnologias digitais sobre todos os terrenos da vida humana é uma realidade incontornável já há algumas décadas. Apesar da nitidez em que se nota a marcha das tecnologias digitais nos centros urbanos, ainda não está de todo claro o impacto que essas tecnologias terão no campo. De acordo com o relatório Digital …

por em

O que quer o governo com a reforma administrativa?

A PEC 32/2020, a chamada reforma administrativa, se aprovada, transformará profundamente o serviço público como o conhecemos hoje, afetando os servidores atuais, os futuros e, claro, toda a sociedade. Para além de uma suposta necessidade de aperto de cintos (dos servidores e da sociedade) em que se baseia a reforma, quais as outras intenções do …

por em

O arauto do caos e a personalidade fascista

A maior parte dos brasileiros está sofrendo de uma profunda tristeza. Muitos perderam entes queridos, muitos ainda vão perder alguém. A maioria sente medo, cansaço, angústia e aflição por não aguentar mais as restrições, as dificuldades e a ameaça imposta à vida cotidiana. O outrora cantado em prosa e verso país da alegria (talvez por …

por em

O ovo se transformou em serpente

Em 2018, às vésperas da eleição para presidente, escrevi um texto intitulado “O ovo da serpente e a eleição para presidente”. Um pouco mais de dois anos de governo de Jair Bolsonaro, transcrevo-o abaixo quase que integralmente e, ao seu final, evidencio a situação na qual nos encontramos hoje: No atual processo eleitoral, há um …

por em

Pobres mais pobres, ricos mais ricos

O enfrentamento da pobreza e das desigualdades seguirá sendo um dos maiores desafios da humanidade no período pós-Covid-19. Já eram antes da pandemia, como revelam os compromissos assumidos para redução da fome e da pobreza em 2000 na Agenda de Desenvolvimento do Milênio, e depois reiterados na Agenda dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações …

por em

‘Culpar as vítimas pelo abuso sexual é parte de um mecanismo de defesa psíquico’

Toda vez que um caso de abuso ou violência sexual é denunciado publicamente por uma mulher, algo se repete. Por um lado, declarações de acolhimento e apoio à vítima; de outro, tenta-se questionar e desmentir não só o relato da vítima, como a própria vítima em si. Para a psicanalista Myriam Uchitel, membro do Departamento …

por em

Ensaio fotográfico | Vacinação contra a covid-19 em aldeias do Maranhão

Maroquinha Neto Bernardinho Guajajara tem aproximadamente 47 anos e 14 filhos. Enquanto alguns eram vacinados, outros procuraram o colo da mãe com medo e vergonha do homem branco. Na luta contra a Covid-19 em território indígena, primeiro pedimos ao cacique autorização para entrar na aldeia, depois os enfermeiros percorrerem as casas para convencer os maiores …

por em

O Brasil precisa pagar sua dívida com a escola pública

A pandemia está em seu estado mais tão crítico no Brasil. Os serviços de saúde de vários estados estão à beira do colapso ou já atingiram ocupação máxima. Faltam leitos, faltam remédios e profissionais estão esgotados. Aumenta o tempo médio de internação em Unidades de Terapia Intensiva, crescem os números de casos e de mortes …

por em

Nos labirintos das exclusões

O labirinto em que entramos não apresenta uma saída em curto prazo e o horizonte denota que, por ora, o atual governo continuará a produzir aberrações. Entre elas, o visível aumento do preconceito e da discriminação de todos os tipos. Aliás, nem mesmo um impeachment seria suficiente para mudar rapidamente esse cenário. Charles Baudelaire cunhou o …

por em

Igualdade de gênero não é um luxo, é tão crucial quanto pão

As lutas do mundo pela igualdade e pela construção de uma sociedade mais justa e digna para todas e todos passam necessariamente pelas lutas feministas e antirracista. É o que nós, mulheres da rede da Campanha Nacional pelo Direito à Educação*, viemos afirmar neste 8M de histórica calamidade humanitária. O dia das mulheres não é …

por em

1984, linguagem, política e desgoverno Bolsonaro

“A Novafala foi concebida não para ampliar, e sim restringir os limites do pensamento, e a redução a um mínimo do estoque de palavras disponíveis era uma maneira indireta de atingir esse propósito” – George Orwell     Construção do inimigo no outro, seção destinada a expressar o ódio ao adversário, a figura de um …

por em

Não à chantagem da PEC Emergencial!

A fome ronda os brasileiros. Antes da pandemia já tínhamos 15 milhões de brasileiros e brasileiras vivendo abaixo do nível de pobreza. Especialistas afirmam que, com o agravamento da crise econômica e social pela crise sanitária, esse número teria dobrado. Com isso, 30 milhões de irmãos e irmãs nossos e nossas estão passando fome neste …

por em

Democracia encurralada

Com tal conceito – democracia encurralada – tento qualificar a gravidade política da atual situação brasileira, à beira do fascismo e da barbárie. Para definir deste modo o quadro atual, faço um resumo de minha hipótese central de analista do processo democrático que vivemos desde que a ditadura militar deu lugar a uma solução política …

por em

A pós-graduação brasileira e o BBB

Uma nova onda tomou o Brasil no início de fevereiro. Ou melhor, uma velha onda que se apresenta como nova a cada começo de ano, ao longo das duas últimas décadas. Na virada para o século XXI, a Rede Globo apostaria em um reality-show de magnitude tal que, com um formato muito bem-sucedido, mas incorporando …

por em

Onde o bolsonarismo comprou, mas não levou

No Brasil, dois sistemas de relações sociais se encontram e invariavelmente se chocam diariamente nos nossos vários cotidianos: o primeiro, dos indivíduos, é aquele em que reina a lei, a regra impessoal, a formalidade igualitária entre sujeitos de inspiração republicana, em que o que há é sempre a pura aplicação da norma. O segundo, das …

por em

Aruká Juma: a morte de um povo

Muitos de nós ainda não tínhamos escutado falar do povo Juma até semana passada, quando o último ancião do seu povo, Aruká Juma, veio a falecer por complicações da covid-19, o que na prática significa a extinção do seu povo. Os Juma, moradores da Terra Indígena Juma, em Roraima, eram 15 mil pessoas no começo …

por em

A pandemia e os novos padrões de relacionamento internacional

A pandemia do novo coronavírus, como acontece com as grandes crises mundiais, ao explicitar as mazelas do mundo contemporâneo, aprofundando tendências já manifestas no campo das relações internacionais (RI), entendidas como relações entre nações, revela claramente que os homens fazem parte de um único e mesmo universo. Nesse sentido, as transformações que se anunciam na …

por em

Destruir o mito da crise fiscal para defender o SUS

O Brasil inicia o segundo ano da pandemia da Covid-19 debatendo a proposta de emenda constitucional de número 186. Nela constam medidas drásticas de arrocho fiscal sob a desculpa de que é preciso reverter o supostamente insustentável endividamento do governo brasileiro. A grande mentira contada à população é que o governo não tem mais dinheiro …

por em

Evento promove ciclo de debates e curso sobre pensamento feminista negro

De 8 de março a 12 de abril, será realizado, de maneira virtual, o curso “Introdução ao pensamento feminista negro” e o ciclo de debates internacional “Por um feminismo para os 99%”. A programação conta com 24 pensadoras e ativistas de 5 diferentes nacionalidades. Todas as atividades são gratuitas e sem necessidade de inscrição prévia. …

por em

Ultraconservadores e Campanha da Fraternidade: lógica do confronto

Há mais de cinquenta anos a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), órgão colegiado da igreja católica, propõe à sociedade brasileira refletir sobre temas nevrálgicos que permeiam as mais diversas realidades do país. Conhecida como Campanha da Fraternidade, essa iniciativa aponta horizontes de atuação para serem discutidos pela extensa geografia católica, durante os quarenta …

por em

Ainda há o que ser dito sobre auxílio emergencial e renda mínima?

Em meio às discussões em torno da provável “segunda onda” do auxílio emergencial, é possível notar que a tragédia social que nos atormenta, há mais de um ano, alcançou um nível que já nos permite enxergar alguns quase-consensos em torno dos quais tem sido pensado o combate à pandemia e às suas consequências. Um deles …

por em

Como os povos indígenas estão respondendo à Covid-19?

Desde o primeiro caso de Covid-19 confirmado no Brasil, no dia 26 de fevereiro de 2020, as populações indígenas e suas organizações estão em estado de atenção para os riscos da entrada do vírus de alto potencial letal em suas comunidades. O sinal de alarme passou a soar mais forte no dia primeiro de abril …

por em

Quem produz e quem se apropria: o poder do rentismo

Em termos econômicos, produzir e extrair constituem dinâmicas diferentes. Os magnatas das arábias se entopem de dinheiro vendendo o petróleo que nunca tiveram de produzir, inclusive repassando para corporações transnacionais a tarefa da extração, comercialização e transporte. Estão vendendo o futuro dos seus países, dilapidando recursos naturais de que as próximas gerações irão precisar, e …

por em

Gaia, neoliberalismo e o vírus pedagogo

Vários acontecimentos em nosso planeta têm nos revelado fatos interessantes sobre o futuro da humanidade. Como diz Boaventura de Sousa Santos1, o vírus causador dessa pandemia não deve ser encarado como um mero inimigo, mas como um “agente pedagógico”, que nos traz um alerta de nossas ações antrópicas não estão mais sendo suportadas. Pensando no …

por em

Ensaio fotográfico Vila Socó – Cubatão

As longas chaminés industriais sempre fizeram parte do cenário da cidade de Cubatão, em especial da antiga Vila Socó. Exatos 37 anos após a tragédia ocorrida entre os dias 24 e 25 de fevereiro de 1984, seus moradores ainda lembram com detalhes do que ocorreu naquela madrugada, quando o fogo acordou quase toda a comunidade. …

por em

Queremos voltar ao ensino presencial

Vivemos um dos maiores desafios de nossa geração: lidar com a pandemia de Covid-19 e seus efeitos terríveis, inclusive na Educação. Nós, professoras e professores, trabalhamos exaustivamente noite e dia para nos adaptar a condições dificílimas de trabalho – imprescindíveis no combate à disseminação do vírus. Com a determinação da volta às aulas presenciais, precisamos …

por em

O elo entre a crise do Rioprevidência e a privatização da Cedae

O banco francês BNP Paribas, um dos cinco maiores do mundo, é o elo entre a crise do Rioprevidência – fundo previdenciário dos servidores do estado do Rio de Janeiro -, e a privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae). Sérgio Cabral (MDB) e Luiz Fernando Pezão (MDB) hipotecaram …

por em

Filosofia e Ciência: um antídoto contra o negacionismo e suas variantes

Ao longo dos últimos doze meses nossa atenção tem se voltado, quase que exclusivamente, para a pandemia de Covid-19 que ainda atravessamos. Com reflexos talvez impensáveis em nossas vidas, seus efeitos escancaram nossas fragilidades, as desigualdades sociais e estruturais, além dos evidentes efeitos da apropriação e transformação que impomos ao meio ambiente. Em tempos de …

por em

O longo conflito do Ocidente com o Irã: qual o interesse dos EUA hoje?

Depois da Primeira Guerra Mundial, a dissolução do Império Turco-Otomano criou um imenso vácuo de poder no Oriente Médio que logo foi ocupado pelo domínio da França e Inglaterra, as nações vencedoras da guerra. Durante o conflito envolvendo a Tríplice Entente e a Tríplice Aliança, a Inglaterra contou com a ajuda das Revoltas Árabes para …

por em

Por um feminismo sindical ou um sindicalismo feminista?

Em O feminismo é para todo mundo: políticas arrebatadoras, bell hooks (com as iniciais em minúsculo por exigência da própria autora) afirma que o feminismo não deve ser um movimento exclusivo das mulheres, mas pode ser dos homens também. De forma muito didática a autora procura aproximar o feminismo das camadas populares a fim de …

por em

A revolução antirracista não será televisionada

Inicialmente aclamado por ser o Big Brother Brasil (BBB 21) com o maior número de participantes negros em suas 21 edições, o reality show global deste ano parecia nos entregar, de forma inédita, uma promessa de representatividade. Entretanto, uma análise mais apurada do programa, abre espaço para reflexões quanto a outros propósitos menos nobres ou …

por em

Por que não podemos ser frágeis?

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU) estamos na década internacional de afrodescendentes (entre 2015 e 2024). Ao longo desse período e, principalmente no ano de 2020, observamos uma série de levantes sociais pelo mundo, as e os negros, a comunidade LGBTQIA+ e as mulheres gritam e lutam por seus direitos, mas algo …

por em

Existem realmente vantagens na judicialização das políticas públicas?

O questionamento acima necessita de uma resposta que abranja os pontos positivos e negativos da judicialização no âmbito das políticas públicas e, ainda por cima, carece de explicações iniciais e introdutórias sobre o Direito. Não se pretende, neste artigo, apresentar o que significa e o que representa o Direito dentro da sociedade em que estamos …

por em

Vacinas, Pantagruel e a diplomacia da saúde de Brics

Há cinco anos, como se recordará, em setembro de 2015, os líderes do mundo se reuniram para por fim aos enormes desafios que permaneciam sem solução na agenda global: a fome, a pobreza extrema, a degradação do meio ambiente, doenças emergentes e re-emergentes, instabilidade econômica produzida por diversos choques, conflitos generalizados. Com os resultados aquém …

por em

Crise ecológica e superação do capitalismo

Para a maioria dos brasileiros (77%), proteger o meio ambiente é prioridade, mesmo que signifique menos crescimento econômico e geração de empregos. A população está preocupada com o aquecimento global e o impacto das queimadas nos biomas do país. É o que mostra a pesquisa realizada pelo Ibope por encomenda do Instituto de Tecnologia e …

por em

Karol Conká e a “nova esquerda”: um prato cheio para conservadores

Talvez uma das maiores controvérsias das forças políticas brasileiras desde a redemocratização seja a definição de uma agenda mínima, um pacto em prol de um país inegavelmente rico, mas ainda marcado por uma profunda desigualdade social. Uma agenda que vise, sobretudo, as populações historicamente marginalizadas, as quais compõem a ampla maioria do povo brasileiro. Contudo, …

por em