Arquivos Acervo Online - Le Monde Diplomatique

O fim das deduções de saúde no IR pode ser um tiro no pé

Com as discussões sobre a reforma tributária surgiu a polêmica de acabar com as deduções de despesas de saúde no Importo de Renda, depois falou-se em colocar um teto. Mas quais os possíveis impactos desta medida para a sonegação? Em economia existe um conceito muito interessante chamado Curva de Laffer. Essa representação faz uma análise …

Desmistificando a reforma da Previdência

Em 2018, o déficit da Previdência (INSS) foi de 194 bilhões de reais. Argumentam os defensores da reforma da Previdência que o país está envelhecendo rapidamente e é um dos poucos do mundo que não exigia idade mínima, que passará a ser de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres, com a aprovação …

Suicídio e a raridade da escuta

A campanha “Setembro Amarelo” ganha cada vez mais visibilidade na prevenção do suicídio. As campanhas de prevenção respondem ao fato de o suicídio ser mundialmente uma questão de saúde pública. São assustadores os dados epidemiológicos especialmente quando vemos que os suicídios aumentam em jovens. E isso parece causar perplexidade maior porque nos soa inconcebível querer …

Desafios quilombolas na luta pela titulação dos territórios

No dia 17 de setembro a 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre (RS), julgará dois recursos que envolvem direitos territoriais da comunidade quilombola Paiol de Telha, localizada em Reserva do Iguaçu (PR). Um dos recursos tratará de possível reintegração de posse em área ocupada pela comunidade desde 2017, …

Reconstruir as instituições e ressuscitar a Constituição Federal

Estamos nas ruínas da democracia. Podemos debater a profundidade do massacre dos valores e dos direitos humanos, da destruição das instituições e do fuzilamento da Constituição Federal. Mas para reconstruir precisamos realizar um mapeamento do desmonte da democracia brasileira. Não é pouca coisa e o processo ainda está vivo. Neste breve artigo, enquanto vivemos no …

Sentidos da aniquilação

“Eu quase que nada não sei. Mas desconfio de muita coisa” Guimarães Rosa   Um dos efeitos colaterais mais extraordinários que a língua humana provoca é o apagamento de sua origem. O sentido das palavras nos é dado como que por mágica e o tomamos como pré-existente a tudo. Esse fenômeno foi nomeado como “esquecimento …

As formas do neoliberalismo autoritário

Pretendia-se que o fascismo tinha morrido no fim da Segunda Guerra Mundial. Talvez esse decreto precipitado de morte tenha sido um grande erro de historiadores e teóricos da política. Se, 85 anos depois, uma forma de poder supostamente abolida volta a excitar as discussões é porque sua duração foi mal avaliada: não era apenas um …

Como a Lava Jato expõe os afetos da Justiça

Nos últimos dias a Vaza Jato trouxe à tona uma série de diálogos que tinham algo em comum: os afetos. As conversas dos envolvidos com a operação Lava Jato, que “avaliam” se o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva teria ou não direito de ir ao velório do irmão e do neto colocam em um …

Previdência, o debate desonesto

O livro de Eduardo Fagnani é muito bem definido nas suas primeiras páginas: “um ato exasperado diante da estúpida imposição de novo retrocesso ao processo civilizatório brasileiro”. Não há melhores palavras para definir o que o autor sente e enfrenta no país nestes tempos sombrios. Depois de décadas de intensa luta, Fagnani escreve um livro …

O tempo que vem e o campo que há no sertão de Bacurau

No espaço entre o eu e o outro cabe uma imensidão. Ou não cabe. Cabe o som que nos rodeia. Também cabe o silêncio. Cabe só um apartamento. Cabe o sertão inteiro. Cabe um Brasil que já não cabe em si. Ou não cabe. Cabe um cachorro no quintal. Cabe um mar com tubarão. Ou …

A devastação do Cerrado segue sendo ignorada pela sociedade

Nasci em 1952, na comunidade de Pedreiras, município de Caxias, no Maranhão. Cresci vendo minha mãe de palmeira em palmeira colhendo e quebrando o nosso sustento. Era do coco babaçu que minha família vivia. Foi do coco babaçu que aprendi que, além de dona Selvina, outra mãe também fazia parte de mim: a mãe palmeira. …

Uma relação de amor e ódio entre democracia e capitalismo

Como é possível que, depois do movimento Occupy Wall Street, totalmente contrário às elites financeiras dos EUA, um magnata como Donald Trump tenha vencido as eleições? Como o filho de um presidente declara que, “por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos”? A explicação deve levar em consideração o …

A fome, o analfabetismo e a questão racial nas raízes do Brasil

Segundo o relatório da FAO-ONU, 2018, o Brasil possui mais de 5 milhões de pessoas em estado de desnutrição. Em 2017 a situação de fome/desnutrição significou a morte de 15 pessoas por dia no país. O percentual de mulheres em idade reprodutiva com anemia foi de 27,2%. No mundo, entre os/as que não comem ou …

Petróleo, guerra e corrupção: para entender Curitiba

Os norte-americanos costumam festejar as duas grandes gerações que marcaram sua história de forma definitiva: a geração dos seus founding fathers, responsável pela criação do seu sistema político, na segunda metade do século XVIII. E a geração dos seus robber barons, responsável pela criação do seu capitalismo monopolista, na segunda metade do século XIX. Dentro …

A busca por um messias e nossas raízes autoritárias

Louco, sim, louco, porque quis grandeza Qual a Sorte a não dá. Não coube em mim minha certeza; Por isso onde o areal está Ficou meu ser que houve, não o que há. D. Sebastião, rei de Portugal No excerto do poema D. Sebastião, Rei de Portugal, do poeta português Fernando Pessoa, o eu – …

Templos indígenas da Amazônia estão ameaçados

Sob a espuma agitada do conjunto de cachoeiras que formam o Salto Augusto, localizado no rio Juruena, estado de Mato Grosso, emergem as cosmologias das etnias Rikbaktsa, Apiaka e outros grupos indígenas não contatados. Este enclave, que forma parte do Parque Nacional do Juruena, abraça diversos vestígios arqueológicos ainda pouco estudados e possui uma diversidade …

O escracho de Bolsonaro e o bom-senso de Macron

Enquanto o mundo pega fogo, às vezes literalmente, Macron e Bolsonaro armaram seu pequeno circo. Expressando a política como espetáculo, esta fogueira de vaidades mostra o político como celebridade, versão contemporânea da história feita por heróis. Discute-se a rinha entre os dois, enquanto a Amazônia queima. O enredo é conhecido: em julho, Macron ameaçou anular …

Recessão global e possíveis impactos para o Brasil

Recentemente vários países estão preocupados com a possibilidade de uma recessão global ou ao menos uma desaceleração mais forte. Quais são os motivos? E como poderia afetar o Brasil? Inicialmente é importante pontuar alguns fatores de instabilidades econômicas globais.  A guerra comercial entre China e EUA geram muita instabilidade e queda dos investimentos internacionais, bem …

Presos em greve nos Estados Unidos

De 21 de agosto a 9 de setembro de 2018, os presos dos Estados Unidos foram convocados a participar de uma greve nacional por diversos meios de ação, como paralisações trabalhistas, protestos e, principalmente, greves de fome. A escolha dessas duas datas é significativa: em 21 de agosto rememora-se o assassinato de George Jackson, importante …

Relação entre Estados e empresas petrolíferas nos EUA e Grã-Bretanha

Recentemente, o Ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou um amplo pacote de privatizações e sinalizou que até o final do governo quase todo o sistema estatal produtivo, incluindo a Petrobras, deveria ser vendido à iniciativa privada. Tais afirmações reacenderam o debate sobre o papel público da Petrobras e as vantagens/desvantagens de uma possível privatização. Esse …

Mais-valia e previdência social

O Estado (poder público) é apropriador de mais-valia (sintética e resumidamente, lucro) pelo viés fiscal: ele recolhe os impostos e ainda administra empresas públicas. O Estado também é o garantidor da mais-valia privada do povo, do povo detentor de capital. E por capital não devemos entender, apenas dinheiro. Capital é isso, mas também são as …

Quebrada: São Paulo na visão dos cria

Vivemos em uma sociedade narrada pela imagem, por aquilo que se vê. Isso aprendemos desde muito cedo, na escola, nos livros didáticos, nos símbolos, gestos, nos álbuns de família, nos filmes, novelas e tudo aquilo que nos é ofertado para estimular nosso repertório. Entretanto, há uma seleção visual que nos é negada: a nossa versão …

O “Future-se” no capitalismo dependente brasileiro

A marca característica fundamental das economias dos países periféricos ou “em desenvolvimento” é, desde sempre, a dependência. São economias capitalistas cujas dinâmicas e trajetórias são fortemente condicionadas e restringidas pelo processo de acumulação de capital no plano mundial – que lhes impõem a necessidade de adaptar suas estruturas produtivas internas às exigências dos países dominantes. …

Esquerda reconciliada

Estupefatas, assim se encontram as esquerdas brasileiras. Sua relativa paralisia já ocupa a atenção de analistas e inaugura uma usina de reflexões que promete dissecar um defunto ainda quente. A dormência deve incomodar a quem traz em seu DNA o compromisso com a mudança. No entanto, o incômodo de fato precisa ser outro. Vive-se desde …

Ação desastrosa da Prefeitura empareda moradias na região da Luz

Jaqueline saiu por volta das 7 horas para levar, à pé, o filho à escola – localizada na região da Luz. Quando voltou, às 7:30, seu imóvel estava lacrado com tudo dentro: roupas, móveis e todos os produtos do seu pequeno comércio que fica no térreo do mesmo prédio. Jaqueline mora com seu filhos, marido …

A Amazônia e o óleo que inflama o fogo

Por trás do crescente interesse da comunidade internacional em torno da devastação e das queimadas na Amazônia há mais do que a preocupação com a preservação do meio ambiente e da floresta. Nos últimos anos, os rios e mares que orbitam o perímetro amazônico tem sido objeto de disputas petrolíferas cada vez mais intensas, por …

Amazônia e uma pós-verdade inconveniente

Em 2016, a Universidade de Oxford elegeu a pós-verdade como palavra do ano. O termo, segundo o Oxford Dictionaries (2016), denota “circunstâncias nas quais fatos objetivos têm menos influência em moldar a opinião pública do que apelos à emoção e a crenças pessoais”. A pós-verdade ganha destaque com o que estamos vendo na Amazônia. Mas …

O “necroambiente” brasileiro e a política da devastação

O Estado brasileiro tem sido palco de inúmeros entreveros e discussões acaloradas no âmbito internacional em razão da recente postura governamental de descaso, flexibilização e falta de compromisso com a legislação nacional e acordos internacionais em matéria de conservação e desenvolvimento do meio ambiente. A relevância da conservação e desenvolvimento sustentável dos recursos naturais foi …

Herzer queria que as pessoas fossem mais humanas

“Vi a lenta corrupção, Vi o olhar do corruptor, Vi uma vida na destruição Eu vi o assassinato do amor” (Trecho do poema “A Gota de Sangue”, Anderson Herzer, A queda para o alto, 1982)   Para Jaques Ranciére, um dos mais importantes pensadores contemporâneos, a política da literatura não diz respeito à política dos …

A pejotização como via para a terceirização de indivíduos

Como se não bastasse o avanço da terceirização, avolumam-se casos de pejotização, uma forma controversa de “terceirização individual” como mecanismo de composição da força de trabalho. A terceirização é uma política organizacional convencionalmente utilizada nas relações de trabalho há muito tempo. Ferramenta estratégica da gestão empresarial ou mais uma articulação de precarização do trabalho social …

Liberdade como fundamento, igualdade como tática, fraternidade como estratégia

Relembrando uma fábula de La Fontaine, alguns ratos se esgueiravam furtivos pelos cantos de uma grande casa, mas nela, havia um gato indiscutivelmente rápido e que caçava aqueles que se aventuravam a sair muito longe da toca. O conselho das ratazanas se reuniu para discutir o que eles poderiam fazer e um ratinho teve a …

As disputas monetárias internacionais e a posição do Brasil

“É óbvio que profundas mudanças exigem a adaptação de organizações financeiras internacionais e repensar o papel do dólar, que se transformou em um instrumento de pressão do país e de emissão sobre o resto do mundo.” Vladimir Putin   Nos últimos anos, pesquisadores e parte da mídia descobriram a relação entre guerras e moedas. Embora …

Do reconhecimento à superação da fome

Ao declarar que no Brasil não se passa fome por não ver “gente pobre pelas ruas com físico esquelético”, Jair Bolsonaro reforçou mais um senso comum que pesa sobre essa temática. É verdade que pouco depois o presidente voltou atrás e disse que alguns passam fome no país, mas fez questão de ressaltar que não …

O risco à inovação e o descaso com a vida

“Pouca saúde e muita saúva os males do Brasil são” (Mário de Andrade – Macunaíma) Desde o século XIII quando Edward Jenner desenvolveu a primeira vacina, a imunização representa uma estratégia eficaz, de excelente relação custo-benefício, de fácil implementação para enfrentar problemas de saúde da população e reduzir indicadores de mortalidade. Essa estratégia, porém, depende …

Discriminação de motoristas de aplicativos e o direito à cidade

Recentemente, surgiu uma nova denúncia de discriminação e violência lgbtfóbica cometida por motorista da Uber. O caso ganhou repercussão a partir das redes sociais de Clarice Falcão, atriz e cantora que denunciou em sua conta de Twitter a agressão sofrida por Célio Júnior, roteirista. Ele relatou o comportamento lgbtfóbico violento do motorista, que teria chegado …

A burocracia, coitada, é mesmo a última a saber?

“O Direito constitucional passa, o direito administrativo permanece”. A frase de Otto Mayer, escrita em 1924, é retomada por Gilberto Bercovici ao analisar a persistência da estrutura administrativa de 1967 após a ditadura militar. A reflexão, que poderia parecer datada, renova-se atualíssima. No Brasil do bolsonarismo, em que o Judiciário se imbricou em um projeto …

O fim da eleição e a continuidade das tensões na Guatemala

A ebulição social experimentada pela Guatemala diante da intensa agenda de mobilizações registradas nos últimos meses contrastou com a baixa participação dos eleitores no segundo turno das eleições presidenciais que confirmou a vitória do conservador Alejandro Giammattei, do partido Vamos. Com isso, acabou, mais uma vez, as chances de Sandra Torres tornar-se a primeira mulher …

A mestiçagem a partir de Portinari

Em 1934, Candido Portinari transformou em protagonista de uma tela um homem mestiço. À época, o Brasil tinha pouco mais de quarenta anos de uma liberdade racial questionável, milhas e milhas distante dos conceitos de justiça e de igualdade. Uma das muitas romantizações que a história ficcionalizou sobre o processo de colonização do nosso País …

A institucionalização das desigualdades e o populismo xenofóbico

Desde o dia 22 de julho, a Folha de S. Paulo (2019) vem publicando semanalmente uma série de reportagens especiais sobre a desigualdade global. A despeito da ausência de proposições óbvias para mitigar o problema – tributação progressiva, taxação de heranças e grandes fortunas, combate à evasão de divisas e aos paraísos fiscais etc. –, …

Para pensar com Hannah Arendt

Nos últimos dias, o presidente Jair Bolsonaro criticou a postura da Ordem dos Advogados do Brasil no caso de Adélio Bispo e não perdeu a oportunidade de comentar que sabia como o pai do atual presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, tinha desaparecido na ditadura militar, afirmando que lhe contaria se ele quisesse saber. Seu …

Invisíveis no Bel Paese: o drama dos apátridas da Itália

A primeira vez que eu descobri que uma pessoa poderia não ter nacionalidade alguma foi na Itália. Estava jantando com amigos em um restaurante, no Norte do país, quando conhecemos um senhor de etnia rom, da ex-Iugoslávia, que nos contou sobre sua difícil condição como apátrida (apolide em italiano). A palavra italiana na verdade deriva …

Poder econômico e corrupção para além da Operação Lava Jato

O poder econômico e a corrupção política são faces de uma mesma moeda, a bem da verdade: o capitalismo acontece naquela antessala mal iluminada, em horários duvidosos, onde se encontram os donos do dinheiro e os donos do poder. A negociação de decisões do Executivo, do Legislativo ou do Judiciário como barganha para interesses de …

Tecnologia a favor dos migrantes

Migrantes, solicitantes de refúgio e deslocados internos raramente dispõem de canais confiáveis de informação e comunicação. Chegar em um novo destino pode ser frustrante, e a tecnologia pode oferecer alívio. Como afirmou um migrante venezuelano na fronteira do Brasil, “ter uma conexão de celular não é só útil pelas aplicações práticas, como acessar informações ou  …

O homem bestial

“O Estado não é uma ampliação do círculo familiar, uma integração de certos agrupamentos, de certas vontades particularistas, de que a família é o melhor exemplo”  Sérgio Buarque de Holanda, Raízes do Brasil O homem bestial – que encontra sua manifestação plena no presidente da República, sua prole e seus acólitos – é uma degeneração do …

Free the diet! Liberem a dieta!

Em terras tupiniquins, na década de 1960, aconteceu a mais peculiar demonização de um alimento – a do leite materno. Com o suporte de estudos científicos apoiados pelas indústria alimentar e pela agricultura moderna baseada na extensiva monocultura de grãos  – base da ração que promovia o aumento da produção de leite bovino – pediatras …

“Future-se” indica a refuncionalização das universidades e institutos federais

Abstraindo a polêmica sobre a originalidade do nome do projeto “Programa Institutos e Universidades Inovadoras” – FUTURE-SE, o presente texto – notas e pontuações preliminares – tem como objetivos subsidiar um estudo mais sistemático sobre o mesmo e indicar os aspectos mais relevantes do referido Projeto de Lei (PL) que, por seu teor, exigem o …

Days Gone e a representação anarquista no mundo dos games

Como afirma a professora Lucia Leão “alguns jogos parecem ser criados como propostas subversivas e funcionam como elementos desestabilizadores”. Em seguida, a professora da PUC-SP, especialista em mídia e tecnologia, em um texto que analisa a lógica subversiva dos games, salienta que “a game art se desvela como uma intervenção lúdica de alto poder político. …

Habitação em São Paulo: a truculência dos cortes no auxílio aluguel

Na manhã de 22 de julho de 2019, a Prefeitura de São Paulo anunciou um corte no pagamento do auxílio aluguel de 4.879 famílias à revelia das assistentes sociais responsáveis pelo acompanhamento do serviço junto aos beneficiários. O Ministério Público de São Paulo questionou a ação, em 30 de julho, por meio da promotoria de Justiça …

O esculacho nosso de cada dia

Praticamente todos os dias somos surpreendidos com acintes de pessoas que, a princípio, deveriam preocupar-se com o bem-estar de qualquer brasileiro/a. São expressões e frases que demonstram uma visão de mundo enviesada para o aproveitamento individual, sempre, e para os “iguais”, sempre que possível. Nós, ou melhor, eu, quando ouço alguns comentários do governo, sinto …

A universidade contra a barbárie e o obscurantismo

Desde o início do governo de Jair Bolsonaro as universidades federais têm sofrido ataques sistemáticos, primeiro com acusações de que são antros ideológicos de esquerda, depois espaço de balbúrdia, um celeiro de incompetência e irrelevância científica e, agora, exemplo de má gestão. A solução para tudo isso se apresenta com o nome de Future-se, o …