“Os extremos se encontram...” - Le Monde Diplomatique

GÊNESE DE UM LUGAR-COMUM

“Os extremos se encontram…”

por Constantin Brissaud
Abril 2, 2019
Imagem por Laura Erber
compartilhar
visualização

A fórmula está tão banalizada que poderíamos acreditar que ela está firmemente fundada na geometria: tanto num círculo como na política, os extremos se aproximam. Desde a Revolução Francesa, esse pseudoteorema serve como arma de desqualificação em massa, cuja lista de vítimas não para de crescer

Um pequeno jogo muito popular no debate político contemporâneo consiste em identificar um ponto comum entre dois indivíduos ou duas correntes a priori opostos para não dar razão a nenhum deles e condená-los num mesmo movimento. A França Insubmissa e o Rassemblement National (RN, antiga Frente Nacional) criticam ambos os tratados europeus? Essa é a …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados