Petróleo, a nova atração dos parques naturais africanos

DO CONGO-BRAZZAVILLE AO BOTSWANA, UM DURO CONTRA-ATAQUE AOS ECOLOGISTAS

Petróleo, a nova atração dos parques naturais africanos

Edição 164 | África
por François Misser
1 de março de 2021
compartilhar
visualização

Forçadas a realizar explorações cada vez mais caras em águas ultraprofundas, as empresas petrolíferas tentam atacar a última fronteira terrestre, onde os custos operacionais são mais baixos: parques naturais e reservas de água doce da África. Essa corrida encontra a resistência da sociedade civil e de associações no Norte. A luta, contudo, é muito desigual

Não há muita coisa capaz de conter a fome das companhias petrolíferas. Na África, 71% dos sítios naturais listados como Patrimônio Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) estão sujeitos a concessões minerárias ou petrolíferas.1 A companhia francesa Total, que após uma campanha internacional feita por defensores do meio …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

RESENHAS

miscelânea

Edição 187 | Mundo
AMÉRICA LATINA PROGRESSISTA, UNIDA EM APOIO AO FUNDADOR DO WIKILEAKS

Onde Assange tem amigos

Edição 187 | América Latina
por Meriem Laribi
CINEMA DE IMPACTO

A serviço de boas causas

Edição 187 | Europa
por Pascal Corazza
ALEMANHA ORIENTAL

Uma mina de arte em uma mina de urânio

Edição 187 | Alemanha
por Jens Malling
ROBÔS POR TRÁS DAS CÂMERAS

Os bastidores da vigilância automatizada

Edição 187 | Mundo
por Thomas Jusquiame
O DISCRETO NÃO ALINHAMENTO DO VATICANO

O papa contra as cruzadas ocidentais

Edição 187 | Vaticano
por Timothée de Rauglaudre
ACENTUADA INCLINAÇÃO PARA A EXTREMA DIREITA

Israel, o golpe de Estado identitário

Edição 187 | Israel
por Charles Enderlin
CONFRONTOS ENTRE HINDUS E MUÇULMANOS NO REINO UNIDO

Em Leicester, a sombra de Narendra Modi

Edição 187 | Inglaterra
por Lou-Eve Popper