Por que o regime sírio sobreviveu - Le Monde Diplomatique

DEZ ANOS DE GUERRA CIVIL

Por que o regime sírio sobreviveu

por Adrien Cluzet
1 de julho de 2021
compartilhar
visualização

Em dez anos, o conflito que devastou a Síria deixou 500 mil mortos e 12 milhões de deslocados. Dado como derrotado em 2011, o presidente Bashar al-Assad foi salvo pelas intervenções militares da Rússia, do Irã e do Hezbollah. Sua sobrevivência deve-se também à solidariedade no seio de sua comunidade, os alauítas, e ao controle absoluto exercido por sua família no país

Em 26 de maio de 2021, o presidente sírio, Bashar al-Assad, foi eleito para um quarto mandato com, segundo os números oficiais, 95,1% dos votos (88% em 2014) e uma participação de 76,4%. O escrutínio ocorreu unicamente nas regiões controladas pelo regime e por seus aliados. Ignorou o Nordeste (zona curda) e a província de …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

Eleições

A política não cabe na urna

Online | Brasil
por Mariana de Mattos Rubiano
IMPACTOS DA CRISE E DA GUERRA NA ECONOMIA CHILENA

Surto inflacionário agrava a crise alimentar

por Hugo Fazio

Junho de 2022: o plano Biden para a América do Sul

Online | América Latina
por Luciana Wietchikoski e Lívia Peres Milani
PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO POLÍTICA E SOCIAL

A reta final da Constituinte chilena

Online | Chile
por David Ribeiro
ARGENTINA

Isso não pode acontecer aqui...

Séries Especiais | Argentina
por José Natanson
RESENHAS

Miscelânea

Edição 180 | Brasil
ENTREVISTA – EMBAIXADORA THEREZA QUINTELLA

Balança geopolítica mundial deve pender para o lado asiático

Edição 180 | EUA
por Roberto Amaral e Pedro Amaral
UMA NOVA LEI EUROPEIA SOBRE OS SERVIÇOS DIGITAIS

Para automatizar a censura, clique aqui

Edição 180 | Europa
por Clément Perarnaud