Por que o regime sírio sobreviveu - Le Monde Diplomatique

DEZ ANOS DE GUERRA CIVIL

Por que o regime sírio sobreviveu

por Adrien Cluzet
1 de julho de 2021
compartilhar
visualização

Em dez anos, o conflito que devastou a Síria deixou 500 mil mortos e 12 milhões de deslocados. Dado como derrotado em 2011, o presidente Bashar al-Assad foi salvo pelas intervenções militares da Rússia, do Irã e do Hezbollah. Sua sobrevivência deve-se também à solidariedade no seio de sua comunidade, os alauítas, e ao controle absoluto exercido por sua família no país

Em 26 de maio de 2021, o presidente sírio, Bashar al-Assad, foi eleito para um quarto mandato com, segundo os números oficiais, 95,1% dos votos (88% em 2014) e uma participação de 76,4%. O escrutínio ocorreu unicamente nas regiões controladas pelo regime e por seus aliados. Ignorou o Nordeste (zona curda) e a província de …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

ARQUITETURA

Brasília: imagens de Três Poderes

Online | Brasil
por Adalberto da Silva Retto Júnior
DISPUTA EM ABERTO

O papel vindicado pelos trabalhadores plataformizados na atual agenda de governo

Online | Brasil
por Gabriela Neves Delgado e Bruna Vasconcelos de Carvalho
PUNITIVISMO

Sobre morfinas, terrenos e o 8 de janeiro

Online | Brasil
por Hamilton Gonçalves Ferraz e Pedro Amorim
CAPITAL ESPECULATIVO

Globalização e Forças Armadas

Online | Mundo
por Antônio Carlos Will Ludwig
MIGRANTES VENEZUELANOS

Impressões do campo em Roraima

Online | Brasil
por Sofia C. Zanforlin
PARA COMPREENDER O NEOFASCISMO

O "fascismo eterno", revisitado

Online | Brasil
por Liszt Vieira
POVOS INDÍGENAS PÓS GOVERNO BOLSONARO

O Brasil verde-amarelo é um país sem cor

Online | Brasil
por Vinício Carrilho Martinez e Márcia Camargo
DIREITO À CIDADE

Inovação como integrante de um projeto social e político emancipatório

por Regina Tunes