Como a história se apropriou das lutas de Martin Luther King

Como a história se apropriou das lutas de Martin Luther King

por Henrique Santana
24 de abril de 2018
compartilhar
visualização
Cinquenta anos depois da morte de um dos maiores ativistas da história dos EUA, grande parte de seus ideias políticos parecem ter sido usurpados pela história, transformados pela mitologia que se construiu em torno de sua militância.

Em abril de 1968, Martin Luther King foi assassinado por um defensor da segregação racial. Cinquenta anos depois, a história oficial atém-se à imagem do pastor negro que lutava pelos direitos civis. Um patriota trabalhando pela reconciliação nacional.

Mas esta narrativa ofusca os verdadeiros ideias políticos e sociais de King, transformados pela mitologia que se construiu em torno de sua militância.

• Leia a reportagem completa: diplomatique.org.br/o-ultimo-combate-de-martin-luther-king/l

• Gosta dos nossos vídeos, inscreva-se no nosso canal:youtube.com/diplobrasil?sub_confirmation=1



Artigos Relacionados

GUILHOTINA

Guilhotina #178 - Josué Medeiros

Direito à Educação

“A sociedade quer ver meninos na educação – meninas, em casa"

por Andressa Pellanda
“SÓ O INIMIGO NÃO TRAI NUNCA”

Bolsonaro, o autossabotador

Online | Brasil
por Rômulo Monteiro Garzillo
DIREITO À CIDADE

Metrópoles pós-pandemia exigem novas políticas públicas

por Gilberto Corso Pereira e Claudia Monteiro Fernandes
EXTREMA DIREITA MUNDIAL

Bolsonarismo e o terrorismo estocástico

Online | Brasil
por Rudá Ricci e Luís Carlos Petry
COMPLEXO DO ALEMÃO

As ineficiências da democracia e das operações policiais nas favelas

Online | Brasil
por Mirna Wabi-Sabi
Opinião

O que esperar da progressão de regime sem as “saidinhas”?

Online | Brasil
por Maria Carolina de Moraes Ferreira e João Gilberto Silva de Abreu
GUILHOTINA

Guilhotina #177 - Flávia Rios