A decadência do Brasil na saúde global - Le Monde Diplomatique Brasil

UMA ALIANÇA ESPÚRIA ENTRE NEOLIBERALISMO E EXTREMISMO ULTRACONSERVADOR

A decadência do Brasil na saúde global

por Deisy Ventura e Paulo Roberto Trivellato
1 de fevereiro de 2022
compartilhar
visualização

Considerado o país com o pior desempenho diante da pandemia em todo o mundo e criticado pelo absoluto esvaziamento técnico da esfera federal e pela grosseira exploração eleitoral de temas de saúde, o Brasil teve duramente comprometidas sua credibilidade e sua capacidade de influência internacional

Durante mais de duas décadas, o Brasil foi um líder no campo da saúde global, graças à fertilização recíproca entre os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) e da política externa brasileira. O atual governo de extrema direita representa a ruptura dessa tradição democrática, com a perda ou a inversão de protagonismos, a depender …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

Eleições

A política não cabe na urna

Online | Brasil
por Mariana de Mattos Rubiano
IMPACTOS DA CRISE E DA GUERRA NA ECONOMIA CHILENA

Surto inflacionário agrava a crise alimentar

por Hugo Fazio

Junho de 2022: o plano Biden para a América do Sul

Online | América Latina
por Luciana Wietchikoski e Lívia Peres Milani
PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO POLÍTICA E SOCIAL

A reta final da Constituinte chilena

Online | Chile
por David Ribeiro
ARGENTINA

Isso não pode acontecer aqui...

Séries Especiais | Argentina
por José Natanson
RESENHAS

Miscelânea

Edição 180 | Brasil
ENTREVISTA – EMBAIXADORA THEREZA QUINTELLA

Balança geopolítica mundial deve pender para o lado asiático

Edição 180 | EUA
por Roberto Amaral e Pedro Amaral
UMA NOVA LEI EUROPEIA SOBRE OS SERVIÇOS DIGITAIS

Para automatizar a censura, clique aqui

Edição 180 | Europa
por Clément Perarnaud