A monetização da política - Le Monde Diplomatique Brasil - Acervo Online

YOUTUBERS NA POLÍTICA

A monetização da política

por Erica Malunguinho
19 de maio de 2022
compartilhar
visualização

Projeto de resolução apresentado na Assembleia Legislativa de São Paulo visa regular monetarização obtida por parlamentares em plataformas digitais

Minha experiência na Assembleia Legislativa de São Paulo, que se encerra ao final deste ano, pode ser comparada com a estadia num grande caldeirão. Entre a esperança por uma temperatura acolhedora e o terror da queimadura há quase nada que impeça a transição avassaladora.

Cheguei à política institucional impulsionada pelo atrito entre indignação e a expectativa de mudança e, diante dos novos desafios, me mantenho nesse “mood”. Contudo, um gosto amargo me assola ao notar alguns movimentos pessoais de deputados (isso se aplica a outras instâncias de poder) que, mesmo frente a uma dívida por representação ao seu eleitorado, entregam uma atuação absolutamente centrada em autopromoção e na disseminação de conteúdos cheios de preconceito.

Entre todos os absurdos da atual composição da Alesp, um evidente destaque se sobressai – os áudios misóginos de Arthur do Val. De todo modo, é preciso se atentar a todo cenário pré-estabelecido até que se chegasse ao cume midiático sobre o assunto.

O “Mamãe Falei” faz parte de uma geração de políticos adeptos à ultra personalização de seu suposto trabalho, que se atem à criação e manutenção de uma “persona” midiática, que se sustenta por meio das ferramentas comunicacionais da modernidade. Muito além do desvio de suas funções – de serviço ao povo –, temos aqui um caso em que se faz uso “da coisa pública” como meio para viabilizar o enriquecimento pessoal.

monetização
Arthur do Val, youtuber e ex-deputado, teve seu mandato cassado e ficará inelegível pelos próximos 8 anos depois de declarações misóginas.

Estamos, portanto, ante uma via que unifica a ilegalidade à frágil educação do país, num front perigoso onde a pequena força de discernimento das massas se vê ameaçada por projetos única e exclusivamente publicitários. Vale o adendo: as redes sociais são veículos comunicacionais e devem ser utilizados como tal – o que fere a justiça é a monetização aliada à falsa propaganda, como ocorre no caso do vereador carioca Gabriel Monteiro, hoje réu “vitimado” pela ferramenta que tanto deu suporte à sua jornada política.

Se sabe que, plataformas como o Youtube possuem um sistema de monetização que remunera o usuário a partir de mil inscritos e 4 mil visualizações no canal. O termo “youtuber” já se configura dentro do escopo profissional, em razão da sua viabilidade para a captação de capital.

Entendo que seja necessário voltar ao item básico da política institucional, que se perde no imbróglio das dualidades pós-modernas. Por isso protocolei um projeto de resolução a esse respeito, que foi encaminhado ao julgamento da Comissão de Ética da Alesp. O documento expõe os males dessa monetização da política, que amplia ainda mais a extensa lista de regalias de quem ocupa o cargo público. O político é um servidor do povo, de suas propostas pelo coletivo. Não abramos mão disso.

 

Erica Malunguinho é educadora e ativista cultural. Mestra em Estética e História da Arte, tornou-se a primeira deputada estadual trans eleita no Brasil, em 2018, com mais de 55 mil votos no estado de São Paulo.



Artigos Relacionados

SER AMADO OU SER TEMIDO?

Lula à luz do “Príncipe” de Maquiavel

Online | Brasil
por Railson da Silva Barboza
A SOMBRA DO EXTREMISMO

Encarar o abismo

Online | Brasil
por Marcos Woortmann, Alexandre Araújo e Guilherme Labarrere
REACIONARISMO

Contra Olavo

Online | Brasil
por Felipe Luiz
MERCADO

O governo Lula e a “política” do mercado financeiro

Online | Brasil
por Pedro Lange Netto Machado
NEGLIGÊNCIA

Os Yanomami são um paradigma ético mundial

Online | Brasil
por Jelson Oliveira
APAGÃO JORNALÍSTICO

O escândalo da Americanas: bom jornalismo é ruim para os negócios

Online | Brasil
por Luís Humberto Carrijo
GENOCÍDIO

Extermínio do povo Yanomami e repercussões no direito penal internacional

Online | Brasil
por Sylvia Helena Steiner e Flávio de Leão Bastos Pereira
EDUCAÇÃO

A violência da extrema direita contra professores

Online | Brasil
por Fernando Penna e Renata Aquino