A União Democrata Cristã, ou a direita alemã elástica

UM PARTIDO FRAGILIZADO PELO FIM DO GOVERNO MERKEL

A União Democrata Cristã, ou a direita alemã elástica

Edição 169 | Alemanha
por Rachel Knaebel
2 de agosto de 2021
compartilhar
visualização

Fragilizada pela frieza de seu candidato, Armin Laschet, diante das inundações que abalaram a Alemanha em julho, a União Democrata Cristã aproxima-se sem entusiasmo das eleições de 26 de setembro. Após dezesseis anos no poder, sua figura de proa, a chanceler Angela Merkel, se retira, e o partido procura um novo impulso entre a onda conservadora e a abertura ao centro

Em seu escritório, Joe Chialo nos mostra um cartaz: o da campanha da União Democrata Cristã da Alemanha (Christlich Demokratische Union, CDU) para as eleições na Alemanha Ocidental em 1957. Viam-se ali o rosto redondo de Ludwig Erhard, chanceler entre 1963 e 1966, com os cabelos loiros penteados para trás, a gola do terno preto …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

Eleições 2022: a mídia como palanque

Internet abre espaço para a diversidade de perfis, mas impulsiona velhas práticas

Online | Brasil
por Tâmara Terso
A CRISE DA CULTURA

Lei Aldir Blanc: reflexões sobre as contradições

por Rodrigo Juste Duarte, com colaboração de pesquisadores da rede do Observatório da Cultura do Brasil
AMÉRICA DO SUL

A “nova onda rosa”: um recomeço mais desafiador

Online | América Latina
por Cairo Junqueira e Lívia Milani
CORRUPÇÃO BOLSONARISTA

Onde está o governo sem corrupção de Bolsonaro?

Online | Brasil
por Samantha Prado
CONGRESSO NACIONAL

Financiamento de campanhas por infratores ambientais na Amazônia Legal

Online | Brasil
por Adriana Erthal Abdenur e Renata Albuquerque Ribeiro
EDITORIAL

Só existe um futuro para o Brasil, e ele passa pela eleição de Lula neste domingo

Online | Brasil
por Le Monde Diplomatique Brasil
UMA ENCRUZILHADA SE APROXIMA

Os militares e a última palavra da legitimidade das urnas

Online | Brasil
por Julia Almeida Vasconcelos da Silva
ELEIÇÕES 2022

Voto útil: o chamado ao primeiro turno em 2022

Online | Brasil
por Luísa Leite e Alexsandra Cavalcanti