A burguesia francesa se recompõe em Versalhes

“NÃO VOU VOTAR COMO A MINHA FAXINEIRA”

A burguesia francesa se recompõe em Versalhes

Edição 181 | França
por David Garcia
1 de agosto de 2022
compartilhar
visualização

O coração da direita francesa sempre bateu em Versalhes. Ele bate sobretudo por Emmanuel Macron, com quem o prefeito da cidade se parece. Encarnação do bloco burguês, ele navega com elegância entre uma extrema direita católica assombrada pelo islã e as classes superiores preocupadas com espaços verdes, ciclovias e peças de Molière

François de Mazières, prefeito de Versalhes desde 2008, é apaixonado pelo ciclismo e pela arquitetura. Sexagenário com ares de estudante esperto, ele lidera uma cruzada contra a feiura urbana e contra a reputação conservadora de sua cidade. No entanto, na eleição presidencial deste ano, o candidato de extrema direita Éric Zemmour obteve ali 18% dos …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

ARQUITETURA

Brasília: imagens de Três Poderes

Online | Brasil
por Adalberto da Silva Retto Júnior
DISPUTA EM ABERTO

O papel vindicado pelos trabalhadores plataformizados na atual agenda de governo

Online | Brasil
por Gabriela Neves Delgado e Bruna Vasconcelos de Carvalho
PUNITIVISMO

Sobre morfinas, terrenos e o 8 de janeiro

Online | Brasil
por Hamilton Gonçalves Ferraz e Pedro Amorim
CAPITAL ESPECULATIVO

Globalização e Forças Armadas

Online | Mundo
por Antônio Carlos Will Ludwig
MIGRANTES VENEZUELANOS

Impressões do campo em Roraima

Online | Brasil
por Sofia C. Zanforlin
PARA COMPREENDER O NEOFASCISMO

O "fascismo eterno", revisitado

Online | Brasil
por Liszt Vieira
POVOS INDÍGENAS PÓS GOVERNO BOLSONARO

O Brasil verde-amarelo é um país sem cor

Online | Brasil
por Vinício Carrilho Martinez e Márcia Camargo
DIREITO À CIDADE

Inovação como integrante de um projeto social e político emancipatório

por Regina Tunes