Dos crimes e discursos de ódio no contexto eleitoral

VIOLÊNCIA POLÍTICA

Dos crimes e discursos de ódio no contexto eleitoral

por Claudia Maria Dadico
1 de setembro de 2022
compartilhar
visualização

A estigmatização, a desumanização e a fabricação de inimigos e bodes expiatórios são técnicas discursivas conhecidas dos regimes nazistas e fascistas, os quais assumiram o poder pelo voto. Atribuir as causas de todas as mazelas a determinadas pessoas é muito mais fácil do que chamar para si a responsabilidade e dedicar-se ao estudo das causas de problemas complexos

A análise dos crimes e discursos de ódio no contexto eleitoral requer, como pressuposto, um consenso mínimo acerca desses conceitos e, mais especificamente, de que ódio se está a falar. É frequente no debate jurídico o recurso a explicações e análises do ódio levando em conta perspectivas individuais, como algo que se aprende, como emoção, …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

AMAZÔNIA OCUPADA #3

Madeira da Amazônia: normas avançam, mas só 10% da extração é regular

Online | Brasil
por Felipe Betim
CHILE – LIÇÕES DE UMA DERROTA

Jogar o jogo: nove parágrafos para uma nova força transformadora

por Jorge Arrate
O RETUMBANTE TRIUNFO DO REJEITO NO PROJETO CONSTITUCIONAL

No Chile, o futuro que nos escapou

por Álvaro Ramis
QUAL É O PLANO?

Programa de Bolsonaro quase assume a responsabilidade pela tragédia na educação

por Antonio Carlos Souza de Carvalho
GUILHOTINA

Guilhotina #184 - Jorge Chaloub

VIOLÊNCIA

O Brasil armado por Bolsonaro e seus legados

Online | Brasil
por Bruno Langeani
ELEIÇÕES 2022: A MÍDIA COMO PALANQUE I

Apresentadores de programas policialescos apostam na reeleição

Online | Brasil
por Tâmara Terso
RECIFE E REGIÃO METROPOLITANA

A ausência de políticas públicas e as consequências na vida das famílias atingidas pelas chuvas

Online | Brasil
por Neilda Pereira