Duas décadas de guerra por nada - Le Monde Diplomatique

AFEGANISTÃO: O FRACASSO E O CAOS

Duas décadas de guerra por nada

Edição 170 | Afeganistão
por Martine Bulard
1 de setembro de 2021
compartilhar
visualização

As imagens de civis se agarrando a aviões norte-americanos para deixar Cabul e de talibãs instalando-se no gabinete presidencial ficarão para sempre como símbolos de uma guerra invencível. Os insurgentes chegaram ao poder depois de uma campanha-relâmpago porque souberam se instalar no país (pág. 14). Exausta após décadas de guerra, a população almeja a paz, como testemunha nosso enviado especial (pág. 26); de seu lado, os países vizinhos apressam-se a negociar (pág. 28). O balanço humano, financeiro e democrático é devastador e inapelável (abaixo)

Nunca um país mereceu tanto seu epíteto – “cemitério dos impérios” – do que o Afeganistão. Depois de expulsar os mongóis e os persas, ele botou para correr de seu território o império britânico no século XIX, o soviético no século XX e o norte-americano no século XXI. Os Estados Unidos, ao fim da guerra …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

Guilhotina

Guilhotina #165 - Bianca Alves e Ticiana Oppel

EDUCAÇÃO

Professores de faculdades privadas: categoria em extinção?

Online | Brasil
por Andrea L. Harada Sousa, Gabriel Teixeira e Plínio Gentil
ESTRUTURAS DE PODER

A “anatomia” de uma democracia de truculência no Brasil

Online | Brasil
por Lucas Louback Silva
AS FACES DO DIREITO À COMUNICAÇÃO NO BRASIL

Violações na mídia e as conquistas do movimento pelo direito à comunicação

por Mabel Dias
PRISÕES

Quando encontrei João Marcos

Online | Brasil
por João Marcos Buch
NEOFASCISMO

Trump e Bolsonaro: ecos da mesma lógica

Online | Mundo
por Rafael R. Ioris e Roberto Moll Neto
MEIO AMBIENTE

Risco de extinção da Amazônia?

Online | Brasil
por Liszt Vieira
CAMPO

O agronegócio, antítese do desenvolvimento nacional

Online | Brasil
por Raimundo Silva