Agronegócio e mídia brasileira: onde duas monoculturas se conectam

Em letras garrafais, o prefixo “Agro” ocupa espaço em um conjunto de peças publicitárias exibidas há cerca de dois anos na emissora de maior audiência do país, a Rede Globo, exaltando principalmente produtos voltados para exportação e a produção agrícola em massa. Em uma dessas propagandas, a voz de um narrador introduz o vídeo com …

por em

A mídia antipetista: quem está por trás do portal “O Antagonista”?

Nestas eleições de 2018, o portal O Antagonista ganhou destaque ao se prestar ao serviço de “assessoria de imprensa” informal da candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República. Como ele é um dos dez sites noticiosos brasileiros mais acessados em 2017, é pertinente investigar seu papel na ascensão da extrema-direita no país, assim …

por em

Regulação da mídia: a invisibilidade de uma agenda essencial à democracia

Enquanto o Brasil se mobiliza nas mais polarizadas eleições desde a redemocratização, uma agenda passa ao largo da preocupação de eleitores, autoridades e especialistas: a regulação dos meios de comunicação. Das candidaturas, apenas duas (Fernando Haddad, do PT, e Guilherme Boulos, do PSOL) trazem propostas sobre a regulação do setor com vistas à promoção da …

por em

Na internet, a combinação de novas e velhas formas de concentração

Diante de um sistema de mídia altamente concentrado em diversos países do mundo, a internet foi saudada nos anos 1990 como a grande esperança para a circulação plural de vozes no espaço público e a garantia da liberdade de expressão. A aparente horizontalidade da comunicação estabelecida através da rede mundial de computadores e a ilusão …

por em

O que as afinidades políticas revelam sobre o negócio da comunicação no Brasil

As eleições de 2018 se aproximam e o Brasil mergulha cada vez mais em uma grave crise político-econômica. O mesmo Congresso que serviu de arena para o afastamento da primeira presidenta eleita da história do país, Dilma Rousseff, sob a acusação não comprovada de prática das chamadas “pedaladas fiscais”, serve agora de anteparo de salvação …

por em

Mídia, religião e política: igrejas cristãs intensificam presença na esfera pública

Ao assumir a presidência da Câmara dos Deputados, em 2015, o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ex-membro da igreja Sara Nossa Terra e atual integrante da Assembleia de Deus Ministério Madureira, afirmou que “aborto e regulação da mídia só serão votados passando por cima do meu cadáver”. A frase diz muito sobre a forma como …

por em

Igrejas cristãs no topo da audiência

A utilização das mídias por igrejas no Brasil não é um fenômeno novo, mas tem crescido e atingido novos patamares. Hoje, a mídia religiosa não é composta apenas por veículos de nicho. Os conteúdos religiosos circulam cada vez mais nos grandes meios de comunicação, seja naqueles que se definem como religiosos, seja nos veículos de …

por em

Quem controla a notícia no Brasil?

Os veículos de grande circulação costumam declarar em suas linhas editorais que buscam informar de modo isento, apartidário e plural. Alguns de seus manuais ainda advogam a necessidade de independência dos interesses de grupos econômicos e políticos e de separação entre conteúdo jornalístico e publicitário, notícia e opinião. No entanto, como apurou a pesquisa Monitoramento …

por em

Investigando os donos da mídia no Brasil pós-golpe

Uma mídia com elevada concentração de propriedade e de audiência, sob crescente controle religioso, com influentes afiliações políticas e guiada por interesses econômicos de grandes grupos. Gravíssima falta de transparência na propriedade e na distribuição da publicidade governamental, concentrada, sobretudo a partir do governo de Michel Temer, nos meios simpáticos à agenda de reformas do …

por em