A hecatombe dos pequenos comércios - Le Monde Diplomatique

A hecatombe dos pequenos comércios

por Francesca Lancini
8 de janeiro de 2018
compartilhar
visualização

Apenas 4 quilômetros separam o subúrbio popular de Cesano Boscone do “bairro do design” de Milão. Esse curto trajeto permite conhecer os diferentes estratos da cidade contemporânea e observar um fenômeno que devasta a Itália desde a crise de 2008: os comércios de vizinhança, característicos das cidades transalpinas, estão desaparecendo

Na porta fechada da banca de jornal de Cesano Boscone, uma frase escrita com tinta vermelha reaparece três vezes interpelando quem passa: “Aluguem-me!”. O convite soa como uma tentativa desesperada de fugir da paisagem desolada desse subúrbio, integrado em 2014 à área metropolitana de Milão (Lombardia), uma entidade que agrupa 134 comunas e 3 milhões …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

Eleições 2022: a mídia como palanque

Internet abre espaço para a diversidade de perfis, mas impulsiona velhas práticas

Online | Brasil
por Tâmara Terso
A CRISE DA CULTURA

Lei Aldir Blanc: reflexões sobre as contradições

por Rodrigo Juste Duarte, com colaboração de pesquisadores da rede do Observatório da Cultura do Brasil
AMÉRICA DO SUL

A “nova onda rosa”: um recomeço mais desafiador

Online | América Latina
por Cairo Junqueira e Lívia Milani
CORRUPÇÃO BOLSONARISTA

Onde está o governo sem corrupção de Bolsonaro?

Online | Brasil
por Samantha Prado
CONGRESSO NACIONAL

Financiamento de campanhas por infratores ambientais na Amazônia Legal

Online | Brasil
por Adriana Erthal Abdenur e Renata Albuquerque Ribeiro
EDITORIAL

Só existe um futuro para o Brasil, e ele passa pela eleição de Lula neste domingo

Online | Brasil
por Le Monde Diplomatique Brasil
UMA ENCRUZILHADA SE APROXIMA

Os militares e a última palavra da legitimidade das urnas

Online | Brasil
por Julia Almeida Vasconcelos da Silva
ELEIÇÕES 2022

Voto útil: o chamado ao primeiro turno em 2022

Online | Brasil
por Luísa Leite e Alexsandra Cavalcanti