O calcanhar de aquiles do sistema nuclear francês - Le Monde Diplomatique

A ASSOMBROSA VULNERABILIDADE DAS FUNDIÇÕES DE CREUSOT

O calcanhar de aquiles do sistema nuclear francês

maio 3, 2017
compartilhar
visualização

Nos próximos cinco anos, 53 dos 58 reatores que formam o parque atômico francês ultrapassarão quarenta anos de funcionamento. Será necessário prorrogar esse tipo de geração de energia para além da duração prevista na concepção do sistema e substituir as centrais pela nova geração, chamada EPR, ou abandonar progressivamente a energia nuclear?

Agnès Sinaï

O bloco de aço de 23,2 centímetros de espessura e 4,72 metros de diâmetro desempenha um papel crucial no confinamento das centrais termonucleares. No tanque ou recipiente que abrigam o núcleo do reator acontece a fissão controlada de urânio em água sob alta pressão. Uma fissura ou uma ruptura brutal da calota no fundo do …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados


Edições Anteriores