O destino da garota desconhecida

Não se pode acusar o cinema de ter passado ao largo dos reveses recentes no mundo do trabalho. A precarização das relações produtivas e o desemprego maciço ganharam as telas em filmes como Recursos humanos (Cantet, 1999), Segunda-feira ao sol (Aranoa, 2002), As neves do Kilimanjaro (Guédiguian, 2011) e A lei do mercado (Brizé, 2015). …

por em

Na Guiana Francesa, a corrida do ouro… e da Bíblia

Com reivindicações próprias, as organizações indígenas estiveram plenamente presentes na movimentação social ocorrida na primavera deste ano na Guiana Francesa. Sentindo-se esquecidos pelas autoridades públicas, os seis povos originários do território (entre 10 mil e 20 mil pessoas, segundo estimativas) convivem de perto com traficantes de ouro e sofrem a devastação do garimpo, tanto ambiental …

por em

O governo Temer na economia: conjuntura, estrutura e “fracasso”

No fim de abril de 2017, os sinais da conjuntura econômica eram dúbios, mas não autorizavam grande otimismo. Beneficiados por uma mudança metodológica (usual, mas desta vez muito mal esclarecida) relativa aos setores de comércio e serviços, os indicadores antecedentes apontavam para um encerramento da recessão no primeiro trimestre. Por outro lado, os dados de …

por em

A racionalidade de Pyongyang

A retomada da tensão na Península Coreana, que se seguiu ao desfile militar espetacular organizado por Pyongyang e ao envio de uma frota ao largo de sua costa por Washington, não foi em si uma novidade. O que na realidade se revela novo é que a demonstração de força era um blefe: o porta-aviões e …

por em

Uma estrela chamada Clarice Lispector

Comecemos pelo fim. Dois volumes de correspondências publicados no Brasil, ambos traduzidos entre 2015 e 2016 para o francês,1 permitiram aos admiradores de Clarice Lispector se aproximar intimamente da romancista intangível nascida Chaya Pinkhasovna Lispector, no dia 10 de dezembro de 1920, em Tchetchelnik, Ucrânia. Desembarcada no Nordeste brasileiro aos 2 anos de idade com …

por em

Refugiados, um bom negócio

Como em todos os salões internacionais, os estandes estão cobertos de cartazes com cores vivas, fotografias atraentes e recepcionistas bem vestidas. Homens elegantes de terno trocam ostensivamente seus cartões de visita. Entre os displays, grandes maquetes de contêineres com design impecável; cidades em miniatura nas quais reinam a ordem e a limpeza. “Posso lhe enviar …

por em

Crime e reformas nas Filipinas

Eleito em primeiro lugar por causa de um programa de combate à insegurança e à corrupção, o presidente Rodrigo Duterte lançou-se em uma guerra antidrogas de intensidade inédita nas Filipinas. Batizada de Double Barrel (Cano Duplo), a campanha teve como resultado, entre 1º de julho de 2016 e janeiro de 2017, a morte de mais …

por em

A culpa é do juiz!

Levando-se em conta o surgimento de novos problemas a respeito do estado de direito na Polônia, a Comissão decidiu dirigir recomendações complementares ao governo polonês”, declarou Frans Timmermans, primeiro vice-presidente do Executivo de Bruxelas, em 21 de dezembro de 2016. “A independência do Poder Judiciário toma uma importância capital […]. A Comissão não fará concessões …

por em

Crise sistêmica

Agora que todos os partidos políticos, o Executivo e o Legislativo (e logo mais o Judiciário) são denunciados por práticas de corrupção, vai se caracterizando uma crise sistêmica do sistema político, capturado pelos interesses das grandes empresas. Embora 70% dos brasileiros considerem a democracia o melhor sistema de governo, apenas 32% apoiam a democracia que …

por em

Onde foi parar o nosso dinheiro?

Por desgraça, em economia a gente tem de fazer as contas. E no Brasil recente as contas não batem. As pessoas tendem a ter certa alergia aos números. Mas não há como entender as pragas que nos assolam sem se dar conta dos números. Francamente, eles não são complicados, apenas a escala é maior. Temos …

por em

Terceirização e suas consequências no Brasil

O esgotamento do modelo fordista de organização da produção e do trabalho a partir da década de 1970 foi acompanhado pelo acirramento da competição intercapitalista e, por consequência, pela experimentação de diferentes iniciativas patronais visando a um novo padrão produtivo e laboral. Com o recente movimento da desglobalização provocado pela crise internacional de 2008, ainda …

por em

Trump encarna o senhor da guerra

Desencadeados em 7 de abril em represália a um ataque químico assassino atribuído ao regime de Damasco pela maior parte dos membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas, os bombardeios lançados de navios de guerra norte-americanos contra uma base aérea na Síria foram apresentados nos meios de comunicação como a primeira ação militar “real” …

por em

O calcanhar de aquiles do sistema nuclear francês

O bloco de aço de 23,2 centímetros de espessura e 4,72 metros de diâmetro desempenha um papel crucial no confinamento das centrais termonucleares. No tanque ou recipiente que abrigam o núcleo do reator acontece a fissão controlada de urânio em água sob alta pressão. Uma fissura ou uma ruptura brutal da calota no fundo do …

por em

A fábrica de indesejados

Campos de refugiados internos ou externos, acampamentos de migrantes, zonas de espera para pessoas com pendências, campos de trânsito, centros de retenção ou de detenção administrativa, centros de identificação e de expulsão, pontos de passagem fronteiriços, centros de acolhimento de pessoas em busca de asilo, “guetos”, “jungles”, “hot spots”… Essas palavras ocupam o cotidiano de …

por em

O candidato da mídia

Duas semanas antes do primeiro turno da eleição presidencial francesa, em abril, Emmanuel Macron, de 39 anos, sai com sua esposa de uma livraria do Boulevard Saint-Germain aberta até tarde da noite. Eles cruzam com estudantes ocupados em colar cartazes do líder do movimento En Marche!. A conversa começa na ausência lamentada do candidato no …

por em

Dubiedade econômica da Frente Nacional

O programa da Frente Nacional (FN)? “O Medef está na antessala”, denuncia a Confederação Geral do Trabalho (CGT). Não teríamos a mesma ideia lendo o presidente do Movimento das Empresas da França (Medef), Pierre Gattaz, que condena na FN uma ambição inspirada na de François Mitterrand em 1981, quando ele pretendia “romper com o capitalismo”. …

por em

Na cozinha do mercado eleitoral

Considerada capaz de “reunir” uma maioria de “cidadãos” em torno de grandes temas unificadores, a eleição, para os partidos, consiste sobretudo em adicionar partes do mercado democrático – empregados, funcionários públicos, executivos etc. – em quantidade suficiente para conquistar ou conservar o poder. Em resumo, para constituir uma coalizão politicamente majoritária.1 Como os estados-maiores dividem …

por em