O espectador impaciente - Le Monde Diplomatique

CINEMA

O espectador impaciente

por Gérard Mordillat
julho 3, 2018
Imagem por Reprodução
compartilhar
visualização

O cinema se transformou em uma lâmpada que se acende e apaga, um espelho giratório parecido com o que Franz Mesmer utilizava para hipnotizar seus pacientes. Trata-se de encher os olhos do espectador e da espectadora para que não vejam mais nada; e encher seus ouvidos para que não ouçam mais nada.

No cinema, o espectador contemporâneo é uma pessoa apressada. É preciso que a ação comece desde a primeira imagem do filme, que as sequências se encadeiem com a velocidade de uma metralhadora pesada, que os planos se sucedam ao ritmo do bater de asas de um beija-flor. O espectador e a espectadora contemporâneos são crianças …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados