O triunfo dos supermercados no Brasil da fome - Le Monde Diplomatique

QUANDO A DISTRIBUIÇÃO ORIENTA A PRODUÇÃO

O triunfo dos supermercados no Brasil da fome

por João Peres e Victor Matioli
3 de maio de 2021
compartilhar
visualização

Hoje, as grandes redes de supermercados são garantia de encontrar o preço mais baixo, porque elas têm a condição de espremer os fornecedores, levando-os inclusive a prejuízos e falências. Mas não sabemos se estaríamos pagando mais barato caso não existissem. Elas remoldaram nosso sistema alimentar de uma forma tão profunda que é impossível restituir as variáveis que nos permitiriam fazer essa conta

Primeiro de março de 2021. As ações do Assaí, braço de atacarejo do Grupo Pão de Açúcar, estreiam na Bolsa de Valores com 385% de valorização. Três semanas depois, o rival Carrefour responde, anunciando a compra do Big (ex-Walmart) por R$ 7,5 bilhões. Não há mais dúvida: estamos diante da terceira fase da guerra fria …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

Eleições 2022: a mídia como palanque

Internet abre espaço para a diversidade de perfis, mas impulsiona velhas práticas

Online | Brasil
por Tâmara Terso
A CRISE DA CULTURA

Lei Aldir Blanc: reflexões sobre as contradições

por Rodrigo Juste Duarte, com colaboração de pesquisadores da rede do Observatório da Cultura do Brasil
AMÉRICA DO SUL

A “nova onda rosa”: um recomeço mais desafiador

Online | América Latina
por Cairo Junqueira e Lívia Milani
CORRUPÇÃO BOLSONARISTA

Onde está o governo sem corrupção de Bolsonaro?

Online | Brasil
por Samantha Prado
CONGRESSO NACIONAL

Financiamento de campanhas por infratores ambientais na Amazônia Legal

Online | Brasil
por Adriana Erthal Abdenur e Renata Albuquerque Ribeiro
EDITORIAL

Só existe um futuro para o Brasil, e ele passa pela eleição de Lula neste domingo

Online | Brasil
por Le Monde Diplomatique Brasil
UMA ENCRUZILHADA SE APROXIMA

Os militares e a última palavra da legitimidade das urnas

Online | Brasil
por Julia Almeida Vasconcelos da Silva
ELEIÇÕES 2022

Voto útil: o chamado ao primeiro turno em 2022

Online | Brasil
por Luísa Leite e Alexsandra Cavalcanti