Quando o direito dos estrangeiros se torna a regra para todos

NA FRANÇA, LEIS RESTRITIVAS ANULAM A TEORIA DO “APELO AO VENTO”

Quando o direito dos estrangeiros se torna a regra para todos

Edição 178 | França
por Vincent Sizaire
3 de maio de 2022
compartilhar
visualização

Complicado e flutuante, o direito dos estrangeiros na França é pouco conhecido, o que permite à extrema direita denunciar uma pretensa indulgência do Estado. Um exame mais minucioso mostra, contudo, uma legislação cada vez mais dura e que por vezes serve de laboratório: certas medidas restritivas, de início experimentadas com os migrantes, terminaram estendidas ao conjunto da população

A ideia foi tão martelada durante a campanha presidencial francesa que seria possível não considerá-la verdadeira: a França seria um “saguão de estação ferroviária”, um “hotel” onde qualquer estrangeiro pode deixar no chão suas malas e se beneficiar de um sistema social generoso. “Todo mundo entra na França, ninguém sai”, indignava-se o presidente do Rassemblement …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

RESENHAS

Miscelânea

Edição 180 | Brasil
ENTREVISTA – EMBAIXADORA THEREZA QUINTELLA

Balança geopolítica mundial deve pender para o lado asiático

Edição 180 | EUA
por Roberto Amaral e Pedro Amaral
UMA NOVA LEI EUROPEIA SOBRE OS SERVIÇOS DIGITAIS

Para automatizar a censura, clique aqui

Edição 180 | Europa
por Clément Perarnaud

Para automatizar a censura, clique aqui

Online | Europa
EMPREENDIMENTOS DE DESPOLUIÇÃO

Música e greenwashing

Edição 180 | Mundo
por Éric Delhaye
NA FRANÇA, A NOVA UNIÃO POPULAR ECOLÓGICA E SOCIAL

Os bárbaros estão em nossas portas!

Online | França
por Pauline Perrenot e Mathias Reymond
“NO TOPO, O PODER CORROMPIDO; NA BASE, A LUTA INTRÉPIDA”

A revolta popular no Sri Lanka

Edição 180 | Sri Lanka
por Éric Paul Meyer
COMO ESCOAR O TRIGO DA UCR NIA

No front dos cereais

Edição 180 | Ucrânia
por Élisa Perrigueur