Simpósio debate as Direitas Brasileiras - Le Monde Diplomatique

DIÁLOGOS

Simpósio debate as Direitas Brasileiras

por da Redação
25 de outubro de 2017
compartilhar
visualização

O objetivo da primeira edição do Simpósio Direitas Brasileiras (Da redemocratização ao Governo Temer) é discutir as ideologias e o  comportamento político dos atores de direita e de suas bases no país desde a redemocratização. O evento contará com quatro grupos de trabalho, nos quais serão discutidos artigos apresentados por pesquisadores/as de diversas instituições e campos disciplinares, além de seis mesas redondas com especialistas que debaterão tópicos mais amplos sobre a atuação das direitas

A  emergência recente de movimentos e grupos de direita de diferentes matizes na esfera pública brasileira vem despertando cada vez mais interesse da mídia, da academia e do público em geral. No entanto, como os estudos sobre as direitas no Brasil, via de regra, são realizados por historiadores, a atuação contemporânea das direitas é um fenômeno ainda pouco explorado em comparação com as pesquisas sobre atuação das esquerdas, o que acaba empobrecendo tanto o debate realizado na academia como o debate público mais geral.

Em anos recentes alguns esforços vem sendo realizados com a intenção de estimular mais discussões sobre a atuação das direitas, entre os quais é possível citar a publicação do livro “Direita Volver! O retorno da direita e o ciclo político brasileiro” em 2015 pela Fundação Perseu Abramo, o Fórum Conservadorismos, Fascismos e Fundamentalismos realizado em agosto de 2016 na UNICAMP, e a Mesa Redonda “A “nova direita” mostra a sua cara: origens, sujeitos e características”, organizada no 40o Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação em Ciências Sociais (ANPOCS) em outubro de 2016. Na esteira destes eventos, também no ano de 2016, no âmbito do Departamento de Ciência Política da USP, durante o VI Seminário Discente de Pós-Graduação em Ciência Política foi organizada a mesa “A direita brasileira pós-redemocratização, a qual deu origem à ideia de articular uma reunião científica formal e especializada para o estudo das direitas com o intuito de reunir um grupo de pesquisadores/as que possa se encontrar periodicamente.

O objetivo da primeira edição do Simpósio Direitas Brasileiras (Da redemocratização ao Governo Temer) é discutir as ideologias e o  comportamento político dos atores de direita e de suas bases no país desde a redemocratização até os dias atuais, tendo em vista o início e a crise da Nova República. Para tanto o evento contará com quatro grupos de trabalho, nos quais serão discutidos artigos apresentados por pesquisadores/as de diversas instituições e campos disciplinares, além de seis mesas redondas com especialistas que debaterão tópicos mais amplos sobre a atuação das direitas. O Simpósio será realizado nos dias 8, 9 e 10 de novembro de 2017 no Prédio de Filosofia e Ciências Sociais localizado na Rua Luciano Gualberto, 315, Cidade Universitária, com apoio e financiamento do Departamento de Ciência Política da Universidade de São Paulo. O evento é público e gratuito e não exige inscrição para participação como ouvinte, com exceção daqueles/as que quiserem receber certificados, para tanto basta enviar um e-mail para simposiodireitas@gmail.com contendo nome completo, RG e o vínculo institucional até o dia 6 de novembro e participar de no mínimo cinco atividades no total.

Para maiores informações visite nossa página oficial http://conferencias.fflch.usp.br/SDB/simposiodireitas
e nos acompanhe via Facebook: https://www.facebook.com/events/1780409362251210/

Programação



Artigos Relacionados

O AGRO NÃO PRODUZ COMIDA, PRODUZ FOME

Por que podemos dizer que agro é fome?

por Yamila Goldfarb
O agro não produz comida, produz fome

As doenças do capitalismo e a luta contra o agronegócio

por Allan Rodrigo de Campos Silva
OPINIÃO

Por que Lula? Nem caserna, nem casa-grande

Online | Brasil
por Berenice Bento
AMAZÔNIA OCUPADA #3

Madeira da Amazônia: normas avançam, mas só 10% da extração é regular

Online | Brasil
por Felipe Betim
CHILE – LIÇÕES DE UMA DERROTA

Jogar o jogo: nove parágrafos para uma nova força transformadora

por Jorge Arrate
O RETUMBANTE TRIUNFO DO REJEITO NO PROJETO CONSTITUCIONAL

No Chile, o futuro que nos escapou

por Álvaro Ramis
QUAL É O PLANO?

Programa de Bolsonaro quase assume a responsabilidade pela tragédia na educação

por Antonio Carlos Souza de Carvalho
GUILHOTINA

Guilhotina #184 - Jorge Chaloub