O que aprendi em debates com eleitores de Bolsonaro nas redes sociais

Aprendi que esses eleitores não debatem programas políticos – como muitos brasileiros – mas indivíduos, e estão presos numa lógica que beira a irracionalidade que personifica e individualiza os problemas pautando-se por valores e julgamentos morais carregados de ambiguidades entre um aparente liberalismo, mas em seu conteúdo revela o conservadorismo enrustido, personificado e presente na cultura política brasileira