Como Hollywood constrói heróis enquanto apaga histórias

Como Hollywood constrói heróis enquanto apaga histórias

por Henrique Santana
28 de março de 2018
compartilhar
visualização
A escolha narrativa de Spielberg, o diretor do filme, esconde os verdadeiros protagonistas da história para a construção de falsos heróis

The Post, o novo filme de Spielberg, indicado em duas categorias do Oscar de 2018 – incluindo melhor filme – é a demonstração perfeita da capacidade do cinema de construir heróis e organizar o esquecimento coletivo. Como diretor, Spielberg optou por delegar o protagonismo da trama à uma empresária da mídia estadunidense e deixar o verdadeiro herói renegado ao papel de coadjuvante.

• Leia a crítica completa em: diplomatique.org.br/escolha-dos-herois/



Artigos Relacionados

ARQUITETURA

Brasília: imagens de Três Poderes

Online | Brasil
por Adalberto da Silva Retto Júnior
DISPUTA EM ABERTO

O papel vindicado pelos trabalhadores plataformizados na atual agenda de governo

Online | Brasil
por Gabriela Neves Delgado e Bruna Vasconcelos de Carvalho
PUNITIVISMO

Sobre morfinas, terrenos e o 8 de janeiro

Online | Brasil
por Hamilton Gonçalves Ferraz e Pedro Amorim
CAPITAL ESPECULATIVO

Globalização e Forças Armadas

Online | Mundo
por Antônio Carlos Will Ludwig
MIGRANTES VENEZUELANOS

Impressões do campo em Roraima

Online | Brasil
por Sofia C. Zanforlin
PARA COMPREENDER O NEOFASCISMO

O "fascismo eterno", revisitado

Online | Brasil
por Liszt Vieira
POVOS INDÍGENAS PÓS GOVERNO BOLSONARO

O Brasil verde-amarelo é um país sem cor

Online | Brasil
por Vinício Carrilho Martinez e Márcia Camargo
DIREITO À CIDADE

Inovação como integrante de um projeto social e político emancipatório

por Regina Tunes