A malha ferroviária Argentina - Le Monde Diplomatique

O EXPRESSO BUENOS AIRES APITARÁ UM DIA?

A grandeza perdida da malha ferroviária argentina

por Guillaume Beaulande
1 de agosto de 2017
por Daniel Kondo
compartilhar
visualização

Curioso paradoxo das estradas de ferro na América Latina: inicialmente a serviço das metrópoles europeias ávidas por matéria-prima, elas atualmente encarnam uma perspectiva de soberania nacional por meio da integração dos territórios. Só falta deixá-las prontas após longos períodos de gestão privada, sinônimo da deterioração dos equipamentos

Estação Retiro-Mitre,   Buenos Aires. Sob o arco estruturado por um entrelaçamento de ferro e vidro turvo, uma multidão de passageiros se apressa. No calor do verão austral, a maioria está saindo de férias. Diante deles, uma dezena de plataformas vazias e… um único trem. Um perfume de mate – uma infusão local – banha …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

Prefácio à edição brasileira

O liberalismo foi cumplice da escravidão e dos regimes nazifascistas

por Jones Manoel
Romaria pela Ecologia Integral a Brumadinho

Memória, justiça e esperança

Online | Brasil
por Dom Vicente Ferreira
3 anos do crime da Vale em Brumadinho

Enchente de lama tóxica, de impunidade e de contaminação

Online | Brasil
por Marina Paula Oliveira
ENTREVISTA DEBORAH DUPRAT

Sentir sede em frente ao rio

Online | Brasil
por Sabrina Felipe
40 MILHÕES

Encontrar a paz no quarto com cadáveres na sala

Online | Brasil
por Paulo Ferrareze Filho
REFLORESTAMENTO E "CIVILIZAÇÃO ECOLÓGICA"

Civilização ecológica em um só país?

Online | Mundo
por Z Fang do Coletivo Lausan (Hong Kong)
Guilhotina

Guilhotina #151 - Rafael Toitio

Precisamos falar sobre Cuba - Parte III

Atualidades e considerações gerais

Online | Cuba
por Maurício Brugnaro Júnior