Os desafios das frentes

Frentes
O cenário para 2021 é sombrio. A lentidão na produção das vacinas e negligência do governo no enfrentamento da pandemia anunciam o agravamento da catástrofe social que vivemos, com o desemprego, a elevação da pobreza e da miséria, a volta da fome e a produção de mortes. O quadro assume tons dramáticos diante da popularidade de Bolsonaro e das perspectivas de reeleição em 2022, que deve representar um sinal verde para o fechamento do regime respaldado pela aprovação das urnas. Diante disso, criamos este espaço para discutir as perspectivas de formação de uma frente.

01 de março 2021

A opção trágica e violenta pela não ruptura. Até quando?

A história de um povo pode e deve ser contada por vários olhares e sujeitos. Afinal de contas, são vários sujeitos políticos que interagem com in...

por José Antonio Moroni

Monstros, utopias esmaecidas e a unidade contra a putrefação do Estado

Numa certa parte dos seus Quaderni, Gramsci, do fundo do cárcere, lembrou aos seus camaradas – com uma parábola moral sobre o “libertinismo” ...

por Tarso Genro

Unidade, programa e bandeiras para enfrentar a crise

Com a chegada à Presidência da República de Jair Bolsonaro, expressão de uma corrente neofascista que se insurge contra a democracia e os direitos conquistados na Constituição de 1988, abriu-se o debate no campo progressista em relação à tática mais adequada para enfrentar os retrocessos em curso no país. A eleição de uma figura que faz apologia ao golpe de 1964 e defende o regime militar que vigorou até 1985 acendeu na memória ...

por João Paulo Rodrigues

Um novo projeto de país não é uma escolha

A crise sanitária que atinge o Brasil e o mundo trouxe novos paradigmas para a existência humana. Como já dizia Milton Nascimento, “nada será co...

por Natalia Szermeta

Para seguir em frente

No debate sobre os caminhos de superação da catástrofe política na qual vivemos desde 2016, há algumas disjuntivas relevantes que dificultam cons...

por Silvia Camurça

Três ilusões e o caminho da derrota: notas sobre a conjuntura

Na história das organizações políticas da classe trabalhadora, em momentos de transição geracional e derrota estratégica, é comum uma “crise...

por Jones Manoel

Agir levando em conta a diferença para criar laços democráticos

Um dos aspectos cruciais do fascismo é sua concepção do que é o povo. Para os adeptos dessa ideologia, o povo é um conjunto homogêneo, sem confl...

por Ana Caroline Azevedo, Annie Oviedo, Gabriel Vaz de Melo, Juliana Afonso, Letícia Birchal Domingues e Mário Corrêa

O processo social não se resolve na disputa eleitoral quando não enseja a rupt...

A frente política finalmente se pôs de pé, no Congresso Nacional, mas puxada pela extrema direita, para dar sustentação ao seu governo. Não nasc...

por Pedro Amaral e Roberto Amaral

O desenvolvimento por meio de uma causa

O Brasil vive um momento diferente de tudo que já vimos. Em 1964, tínhamos uma ditadura que alijou a oposição, perseguiu, matou, torturou e implan...

por Carlos Lupi

Diante da tragédia, o movimento negro reage, em nome da maioria

Quando, em 18 de outubro de 2018, ocupamos o Teatro Oficina em São Paulo, com mais de mil pessoas para o debate “No país da escravidão, de que fa...

por Douglas Belchior

Especiais relacionados

A crise da cultura

Nesta série publicaremos a apuração que mostra o impacto da pandemia nos setores culturais. Revelamos o sofrimento silencioso de trabalhadores que paralisaram suas ati...

Amazônia em conflito

A Amazônia Legal brasileira está em conflito. Comunidades e povos tradicionais, sejam urbanos ou do campo, têm seus direitos desrespeitados e são inseridos em situaç...

Direito à Educação

Nesta série, publicaremos textos de educadoras/es, pesquisadoras/es e ativistas que tratam do direito à educação. A diversidade de temas abordados terá em comum a ne...

Mídia e pandemia: a democracia sob ataque

As crises ampliadas pela pandemia impactaram também o direito à comunicação. Em 2020, intensificaram-se as violações a direitos humanos na radiodifusão e ataques a...