Eu só quero EDUCAÇÃO – e ser feliz! - Le Monde Diplomatique

ESCOLAS OCUPADAS EM SÃO PAULO

Eu só quero EDUCAÇÃO – e ser feliz!

por Guilherme Henrique de Souza
9 de dezembro de 2015
compartilhar
visualização

Hoje, diversos meios estão abrindo seus espaços para que estudantes possam falar sobre a experiência de luta contra o projeto de reorganização de escolas em São Paulo. Os textos serão reunidos pela hashtag #ocupaestudantes. Leia a seguir texto de Guilherme Henrique de Souza, estudante da E.E. Miss BrowneGuilherme Henrique de Souza

 

 

 

 

 

 

Para mim a música é a forma mais fácil, rápida e efetiva de passar uma mensagem para o mundo. E dessa vez eu não quero só deixar a mensagem do refrão, que às vezes cola na cabeça das pessoas e faz a gente ficar famosinho na galera. Quero mostrar a realidade dos alunos. A nossa realidade nesses dias de ocupação.

Com essa paródia quero passar o que realmente vivemos e passamos para lutar por uma educação melhor na nossa e nas demais escolas de São Paulo e (por que não?) do Brasil. Quero mostrar o que a mídia não mostrou, o que quem não colou, não viu, o que quase a gente não acreditou que podia.

 

Eu só quero EDUCAÇÃO

Andar tranquilamente na ESCOLA onde eu Estudo, é!

E poder me orgulhar

E ter a consciência que o ESTUDANTE tem o seu lugar.

 

(fé em Deus, DJ)

 

Eu só quero é EDUCAÇÃO

Andar tranquilamente na Escola onde eu ESTUDO, é!

E poder me orgulhar

E ter a consciência que o ESTUDANTE tem o seu lugar

 

Mas eu só quero é EDUCAÇÃO, EDUCAÇÃO, EDUCAÇÃO, EDUCAÇÃO, onde eu ESTUDO, ham.

E poder me orgulhar e ter a consciência que o ESTUDANTE tem o seu lugar.

 

Minha cara autoridade, já sabemos o que fazer

Nem vem com violência

Não tememos mais você

 

Pois aqui a gente luta

Luta pela Educação

E apesar do desrespeito a gente segue na labuta

 

Tristeza e alegria aqui caminham lado a lado

O protesto é pacífico

E a gente tá ligado

A gente vem gritando

Mas nossa voz não é ouvida

Só por bomba da PM e porrada dos polícia

 

Enquanto rico estuda numa escola grande e bela,

O pobre é humilhado, esculachado na Escola

 

Só peço a autoridade um pouco mais de atenção

Queremos ser ouvidos pra toda decisão

 

A gente tá lutando pelo direito de estudar

E cuidando da escola como aqui nunca se viu

 

Aqui na nossa escola

Eu só vejo arrumação

Ela tá muito linda, organizada e muito bela

 

Antes de tudo isso não sentia nem saudade

Agora quero mais é colar com as amizades

O gringo vem pra escola e não sabe o que rola

Só digo me pergunta que te explico nessa hora

 

 

É…

 

O estudante brasileiro vem passando um sufoco

Mas hoje descobrimos que a gente é muito forte

 

Se o governo não faz nada

A gente faz tudo junto aqui

E digo a vocês que o futuro vai surgir

 

Eu só quero é EDUCAÇÃO

Andar tranquilamente na ESCOLA onde eu Estudo, é

 

E poder me orgulhar

E ter a consciência que o ESTUDANTE tem o seu lugar.

Guilherme Henrique de Souza, de 15 anos, é estudante da E.E. Miss Browne (São Paulo-SP).



Artigos Relacionados

GENOCÍDIO

Extermínio do povo Yanomami e repercussões no direito penal internacional

Online | Brasil
por Sylvia Helena Steiner e Flávio de Leão Bastos Pereira
EDUCAÇÃO

A violência da extrema direita contra professores

Online | Brasil
por Fernando Penna e Renata Aquino
CONJUNTURA POLÍTICA

Pensando o 8 de Janeiro

Online | Brasil
por Coletivo Desmedida do Possível
CONJUNTURA POLÍTICA

Brasil como laboratório da insurreição fascista - II

Online | Brasil
por Augusto Jobim do Amaral
CONJUNTURA POLÍTICA

Brasil como laboratório da insurreição fascista – I

Online | Brasil
por Augusto Jobim do Amaral
BRASIL E AMÉRICA DO SUL

Uma década de desestabilização e guerra híbrida

Séries Especiais | América Latina
por André Luís André
SANEAMENTO BÁSICO

Mil razões para pedir desculpas

Online | Brasil
por Vicente Andreu
DADOS OFICIAIS DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA

A comprovação indiscutível do não acesso à justiça por brasileiras violentadas

Online | Brasil
por Vários autores