Federico Fellini e a magia perdida do cinema - Le Monde Diplomatique

MAIOR QUE O CINEMA

Federico Fellini e a magia perdida do cinema

por Martin Scorsese
2 de agosto de 2021
compartilhar
visualização

Em outros tempos, multidões febris apressavam-se nas salas de cinema para ver o último filme de Jean-Luc Godard, Agnès Varda ou John Cassavetes. Transformado em divertimento visual, o cinema perdeu sua magia, analisa Martin Scorsese. Com esta homenagem a Federico Fellini, o cineasta procura recuperá-la

A câmera em movimento está pesada no ombro de um jovem, ou de um adolescente fora de moda, que anda em direção a oeste em uma rua movimentada do Greenwich Village. Debaixo do braço, ele carrega livros, na outra mão segura um exemplar do semanário Village Voice. Ele avança apressado, ultrapassando homens de casaco e …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

RESENHAS

miscelânea

Edição 187 | Mundo
AMÉRICA LATINA PROGRESSISTA, UNIDA EM APOIO AO FUNDADOR DO WIKILEAKS

Onde Assange tem amigos

Edição 187 | América Latina
por Meriem Laribi
CINEMA DE IMPACTO

A serviço de boas causas

Edição 187 | Europa
por Pascal Corazza
ALEMANHA ORIENTAL

Uma mina de arte em uma mina de urânio

Edição 187 | Alemanha
por Jens Malling
ROBÔS POR TRÁS DAS CÂMERAS

Os bastidores da vigilância automatizada

Edição 187 | Mundo
por Thomas Jusquiame
O DISCRETO NÃO ALINHAMENTO DO VATICANO

O papa contra as cruzadas ocidentais

Edição 187 | Vaticano
por Timothée de Rauglaudre
ACENTUADA INCLINAÇÃO PARA A EXTREMA DIREITA

Israel, o golpe de Estado identitário

Edição 187 | Israel
por Charles Enderlin
CONFRONTOS ENTRE HINDUS E MUÇULMANOS NO REINO UNIDO

Em Leicester, a sombra de Narendra Modi

Edição 187 | Inglaterra
por Lou-Eve Popper