Finlândia e Suécia quebram o ideal nórdico - Le Monde Diplomatique

DA NEUTRALIDADE SOCIAL-DEMOCRATA AO MILITARISMO NEOLIBERAL DA OTAN

Finlândia e Suécia quebram o ideal nórdico

por Heikki Patomäki
2 de junho de 2022
compartilhar
visualização

Ao atacar a Ucrânia para impedi-la de um dia ingressar na Otan, o presidente russo, Vladimir Putin, precipitou a adesão da Suécia e da Finlândia à Aliança Atlântica. O abandono da neutralidade, aclamada pela população há parcos seis meses, leva os dois países nórdicos a abdicar de algo que fazia parte de sua identidade e de sua excepcionalidade

Durante a Guerra Fria, os países nórdicos eram amplamente percebidos como um modelo de sociedade esclarecida e antimilitarista, comprometida com a justiça social e moralmente superior aos dois polos opostos da modernidade: os Estados Unidos e a União Soviética. As duas encarnações mais celebradas desse modelo foram por muito tempo a Suécia e a Finlândia. …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

Eleições

A política não cabe na urna

Online | Brasil
por Mariana de Mattos Rubiano
IMPACTOS DA CRISE E DA GUERRA NA ECONOMIA CHILENA

Surto inflacionário agrava a crise alimentar

por Hugo Fazio

Junho de 2022: o plano Biden para a América do Sul

Online | América Latina
por Luciana Wietchikoski e Lívia Peres Milani
PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO POLÍTICA E SOCIAL

A reta final da Constituinte chilena

Online | Chile
por David Ribeiro
ARGENTINA

Isso não pode acontecer aqui...

Séries Especiais | Argentina
por José Natanson
RESENHAS

Miscelânea

Edição 180 | Brasil
ENTREVISTA – EMBAIXADORA THEREZA QUINTELLA

Balança geopolítica mundial deve pender para o lado asiático

Edição 180 | EUA
por Roberto Amaral e Pedro Amaral
UMA NOVA LEI EUROPEIA SOBRE OS SERVIÇOS DIGITAIS

Para automatizar a censura, clique aqui

Edição 180 | Europa
por Clément Perarnaud