O euro, muito forte, muito fraco ou muito dependente?

ECONOMIA

O euro, muito forte, muito fraco ou muito dependente?

por Renaud Lambert
25 de dezembro de 2022
compartilhar
visualização

A mídia tradicional sempre vê a economia pelo ângulo da meteorologia: uma sucessão de fenômenos cujas causas não adiantaria determinar. É o que acontece com o valor das moedas, que passaria por períodos de mau tempo, seguidos de calmarias e até mesmo de raios de sol. No entanto, uma delas se distingue pelo acúmulo contínuo de nuvens: o euro

As autoridades monetárias europeias às vezes lembram Calimero, o herói de um desenho animado criado nos anos 1960. Ao longo dos episódios, o pintinho preto que tinha no alto da cabeça a metade de uma casca de ovo se debatia contra um mundo que julgava hostil. “É realmente muito injusto!”, concluía sistematicamente, com erros de …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

SER AMADO OU SER TEMIDO?

Lula à luz do “Príncipe” de Maquiavel

Online | Brasil
por Railson da Silva Barboza
A SOMBRA DO EXTREMISMO

Encarar o abismo

Online | Brasil
por Marcos Woortmann, Alexandre Araújo e Guilherme Labarrere
REACIONARISMO

Contra Olavo

Online | Brasil
por Felipe Luiz
MERCADO

O governo Lula e a “política” do mercado financeiro

Online | Brasil
por Pedro Lange Netto Machado
NEGLIGÊNCIA

Os Yanomami são um paradigma ético mundial

Online | Brasil
por Jelson Oliveira
APAGÃO JORNALÍSTICO

O escândalo da Americanas: bom jornalismo é ruim para os negócios

Online | Brasil
por Luís Humberto Carrijo
GENOCÍDIO

Extermínio do povo Yanomami e repercussões no direito penal internacional

Online | Brasil
por Sylvia Helena Steiner e Flávio de Leão Bastos Pereira
EDUCAÇÃO

A violência da extrema direita contra professores

Online | Brasil
por Fernando Penna e Renata Aquino